logomarca

Brasil e Israel reforçam parceria em biológicos


A meta é crescer mais de 300% em 2021 com uso de inoculante micorrízico


A israelense Groundwork BioAg e seu distribuidor exclusivo no Brasil, a NovaTero BioAg, anunciam mais um ano de fortes resultados em torno do aumento de rendimento dos agricultores que aplicaram o inoculante micorrízico Rootella BR, em campos de milho e soja, elevando o padrão do uso de insumos biológicos no país.

A utilização do bioinsumo, tanto no tratamento de sementes quanto em sulco de plantio, fez crescer a produtividade de híbridos de milho entre 8% e 39% e das cultivares comerciais de soja entre 5% e 22%, nas últimas três safras em vários tipos de solos e condições climáticas em todo o país.

 

O Rootella BR é o primeiro e único inoculante micorrízico com registo comercial definitivo no Brasil, um dos mais importantes mercados de insumos biológicos no mundo, com uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 34% entre 2018-2020. Esse mercado brasileiro deverá apresentar um CAGR de dois dígitos nos próximos anos.

 

Há mais de três anos no mercado nacional, as vendas do inoculante no Brasil cresceram de 50% a 80% ao ano, desde a comercialização preliminar em 2018, proporcionando um aumento anual consistente no período de 2019-2021.

 

“O Brasil continua a ser uma parte chave da estratégia global da Groundwork BioAg. Com a contínua expansão do mercado global, estamos no caminho certo para cumprir nossa missão de levar micorriza – “a Rainha dos Biológicos” – à agricultura convencional e ajudar a proteger nosso planeta”, diz o Dr. Yossi Kofman, cofundador e CEO da Groundwork BioAg.

 

“Como os agricultores visam reduzir o impacto das alterações climáticas na produção agrícola, antecipamos um aumento na adoção de tecnologias sustentáveis, como a nossa bioplataforma micorrízica à escala comercial, para apoiar práticas agrícolas regenerativas bem como convencionais”, afirma.

 

As micorrizas aumentam naturalmente a qualidade e a rentabilidade das lavouras, reduzem a dependência do fósforo e melhoram a retenção de carbono no solo. “Desde que começamos a utilizar o Rootella BR em nosso tratamento de sementes, começamos a observar, ao longo dos ciclos de cultivo, que as plantas eram mais saudáveis, as raízes eram maiores e os grãos eram melhores do que nas parcelas não tratadas. Tipicamente, é difícil ver uma diferença imediata e contínua nas plantas com outros produtos”, relata Gilberto Matanna, um conhecido agricultor de soja e trigo no município de Sertão, no Rio Grande do Sul.

 

“Com a soja, tivemos um aumento de rendimento de nove sacos por hectare (13,2%) e, no trigo, tivemos um aumento de rendimento de 9,3 sacos por hectare (21%)”, acrescenta o produtor rural.

 

Durante os últimos três anos, a parceria exclusiva da NovaTero BioAg com a Groundwork BioAg agregou valor para os agricultores brasileiros, ao proporcionar acesso a esse inoculante natural e rentável, “plantando uma bandeira” desses produtos biológicos no mercado brasileiro, que soma mais de R$ 1 bilhão (mais de US$ 190 milhões).

“Com base no desempenho consistente dos produtos biológicos no campo, os agricultores de todo o Brasil estão se beneficiando da formulação exclusiva do Rootella BR, que vem assegurando um aumento significativo do rendimento e um retorno completo do investimento”, comenta Bernardo Arnaud, chairman da NovaTero BioAg,

 

ressaltando que “construímos uma forte rede de revendedores em todo o País, que estão ajudando os agricultores a acessarem nossa bioplataforma sustentável”.

“Quando começamos, todos disseram que seria impossível fazer disso um nome familiar para os agricultores brasileiros. Agora, o Rootella BR é reconhecido como um dos insumos biológicos mais versáteis do País e vamos crescer mais de 300% em 2021”, estima Arnaud.

 

Fonte:Agrolink em 05-08-2021

Leia Mais: