A QUEM INTERESSA OS transgênicos: 
AOS CONSUMIDORES, AOS AGRICULTORES OU APENAS A ALGUMAS MULTINACIONAIS,  QUE POSSUEM UM MILIONARIO ESQUEMA DE LOBBY  NOS GOVERNOS E NA IMPRENSA?
 
 
Alguns dados revelados por especialistas durante o Seminario internacional de Transgênicos realizado na Camara dos Deputados, Brasilia, dias  19-20 de março e que os grandes jornais brasileiros, que apoiam os transgênicos, escondem da população:
 
1. Cerca de 99% da area cultivada atualmente no mundo, com sementes transgênicas  estão em apenas quatro países: Estados Unidos, Canada, Argentina e China.
 
2. Já existem legislação federal em 30 países, PROIBINDO O CULTIVO DE transgênicos.
 
3. Na maioria dos países do mundo, existe legislação que obriga as empresas colocarem no rótulo, se o produto tem componente transgênico, quando é acima de 5%.
 
4. Em toda Europa, por acordo na comunidade eocnomica europeia é proibido cultivar sementes transgênicas, e as mercadorias importadas que tem componentes transgênicos tem uma regulamentação rigorosa, que exige total transparencia para os consumidores.
 
5.Cerca de 80% dos consumidores da Europa se recusam a consumir produtos com transgênicos.
 
6. O que está mais crescendo em todo mundo não é o cultivo de transgenico, mas sim o cultivo de agricultura organica, sem nenhum componente de agrotoxico ou transgenico.   Estima-se que até 2005 cerca de  um quarto (25%) de toda agricultura mundial ja seja organica.
 
7. No Brasil, segundo o IDEC (instituto de defesa do consumidor) cerca de 67% dos consumidores se recusam a consumir mercadorias, se tomarem conhecimento que são transgênicos.
 
8. Se o Governo brasileiro liberar o cultivo de transgênicos, cerca de cinco empresas transnacionais dominarão por completo todo mercado de sementes de milho, soja, trigo, algodão.. colocando em risco nossa soberania alimentar que estará dependente da boa vontade dessas empresas que controlarão as sementes em todo pais.
 
9. Durante o Governo FHC, a Monsanto recebeu um emprestimo a baixos juros, de recursos da SUDENE (que deveria ser para combater a pobreza) no valor de 250 milhões de dolares, da epoca, para construir sua fabrica de veneno de Glifosato, no polo de Camaçari-BA. A Fábrica já estã funcionando.  O Glifosato é a principal materia prima do herbicida Round-up  vendido de forma casada com a semente de soja trasngênica round-up.   Ou seja o proprio governo FHC promoveu a possibilidade de liberação dos transgênicose financiou a fabrica de venenos.
 
10. Se a SUDENE tivesse utilizado aqueles recursos para construção de cisternas domesticas no semi-arido nordestino, poderia ter atendido a um milhão de familias e resolvido definitivamente o problema do abastecimento de agua potavel para todas as familias do Nordeste.
 
Joao pedro stedile, dirigente do MST e da Via campesina

Leia Mais:

Banco Central     Associe-se

Orgânico