Contaminação por agrotóxico terá multa maior, anuncia Waldir


Jorge Franco

Membro titular da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, o deputado federal Waldir Neves (PSDB-MS) anunciou que a CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) aprovou substitutivo de seu colegiado ao Projeto de Lei 2938/04 que aumenta a multa para empresas, técnicos e agricultores responsa´veis pela contaminação de alimentos e produtos por agrotóxicos.

O deputado federal do PSDB de Mato Grosso do Sul explicou que como o projeto tramita em caráter conclusivo, será enviado diretamente para o Senado se não houver recurso para votação em plenário.

O texto, que altera a Lei dos Agrotóxicos (7.802/89), recebeu parecer favorável do deputado Marcelo Ortiz (PV-SP). De acordo com o substitutivo, a multa será de R$ 10 mil quando a infração for cometida por agricultor pessoa física, e de até R$ 100 mil quando praticada por empresa ou responsável técnico.

A pena será sucessivamente dobrada nas reincidências. Atualmente, a Lei dos Agrotóxicos prevê a multa baseada em um indexador, o chamado MVR (Maior Valor de Referência), que já foi extinto. Com isso, as multas têm sido arbitradas pela Justiça em "valores irrisórios", como apontou o autor da proposta original, deputado Dr. Rosinha (PT-PR).

O substitutivo determina ainda que o empregador, o profissional responsável ou o prestador de serviço que, intencionalmente, deixar de promover as medidas necessárias de proteção à saúde e ao meio ambiente ficará sujeito a pena de reclusão de dois a quatro anos. Em caso de culpa, a pena será de um a três anos de reclusão.

Fonte: Jornal Midiamax em 01/06/2007 08:03


Leia Mais:



SIGA NOS

-->