Controle de cochonilha e pulgão com folhas de girassol

Itália proibe agrotóxicos neonicotinóides associados à morte de abelhas

Os neonicotinóides já estão proibidos em quatro países europeus.

O "Ministero del Lavoro della Salute e delle Politiche Sociali" determinou a imediata suspensão da aplicação de diversos neonicotinóides no tratamento de sementes. Foram suspensos os produtos clothianidin, imidacloprid, fipronil ethiamethoxam. Em paralelo à proibição, o governo italiano iniciou um programa de avaliação e monitoramento das causas do recente colapso de colônias, matando milhões de abelhas. Por HenriqueCortez*, do EcoDebate.

Os neonicotinóides clothianidin and imidacloprid já haviam sido proibidos na Alemanha e Eslovênia em maio passado. A França já havia proibido a aplicação em girassóis desde 1999.

As duas substância sâo produzidas pela Bayer CropScience e, em 2007, geraram uma receita de 800 milhõe de euros.

Em agosto a ONG Coalition against BAYER Dangers apresentou denúncia contra Werner Wenning, presidente do Conselho de Administração da Bayer, ao Ministério Público, em Freiburg (sudoeste da Alemanha)[Alemanha: Pesticidas da Bayer são acusados da morte em massa de abelhas]. O grupo Bayer é acusado da comercialização de pesticidas perigosos e, com isto, causar a morte de abelhas em todo o mundo. A Coligação apresentou a denúncia em cooperação com os apicultores alemães, que perderam milhares de colméias, após o envenenamento pelo pesticida clothianidin, em maio deste ano.

Harro Schultze, advogado da Coalizão, afirmou: "O Ministério Público tem de esclarecer quais os esforços foram realizados para impedir a importação de imidaclopride e Clothianidin daBAYER, depois que as vendas de ambas assubstâncias foram suspensas na França. Suspeitamos que a Bayer apresentou estudos imperfeitos para reduzir os riscos de resíduos de pesticidas nas plantas tratadas ".

Com base em nicotina, os neonicotinóides são tóxicos para os sistemas nervosos de qualquer inseto que entra em contato com eles.

Fonte:[EcoDebate, 22/09/2008]


Leia Mais:



SIGA NOS

-->