Anúncio publicado pelo Soft Click

Mensagens Postada à Rede 


Mensagens Enviadas em 28 de julho de 2000

 
Data: 28 Jul 2000 11:10:35 -0300
Origem:Angela Escosteguy
Assunto: Consumo de Agrotóxicos 
 

Só no município de Rio Azul, “consumo” per capita de agrotóxicos chega a mais de 3 quilos. A produção e a secagem do fumo, no sul do Paraná, consomem por ano milhares de quilos de agrotóxicos e de metros cúbicos de lenha. Apenas em Rio Azul, cidade com cerca de 12 mil habitantes, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais contabilizou a presença de 1,6 mil estufas de fumo que consomem anualmente 50 mil quilos de veneno, 80 mil sacas de adubo químico e 82 mil metros cúbicos de madeira. 

Angela Escosteguy

[email protected]
Tel/Fax: 51.3312360
Favor avisar se não quiser mais receber estas mensagens.
____________________________________________


_________________________________________________________
Endereco da lista: [email protected]
Administrador : Cristiano Cardoso Gomes <[email protected]>
HomePage : http://www.ufrpe.br/~agrisust
Promocao : ACB - Associação Cristã de Base
Apoio : CASA - Consultoria e Assessoria Socio-Ambiental, NetPE Internet e UFRPE
_________________________________________________________
Para sair da lista mail para "[email protected]"
com o texto no corpo da mensagem: unsubscribe agrisustentavel

 
 

De:Luciano
 
Caro 
Luiz Antônio

Concordo inteiramente com sua manifestação ao Edgar sobre o vazamento da Petrobrás. Realmente supor que os que defendem uma Petrobrás pública;estão compactuando com;esses crimes ambientais;é demais..


Aproveito para divulgar uma carta que recebi de  um amigo que nos fornece vários dados sobre o acidente e suas conseqüências e  tb faz;comentários sobre a questão desastres privatização.

PREZADO LUCIANO,

PERDOE-ME PELA INSISTÊNCIA, MAS  ESTOU EFETIVAMENTE MUITO PREOCUPADO E ANGUSTIADO COM ESSE ACIDENTE TRÁGICO.  ACABEI DE FALAR COM O ASSIS E ELE ME FALOU DA REUNIÃO DE SEGUNDA. ACHO QUE TEM  QUE CHAMAR A SEAB/EMATER, O IAP, A PETROBRAS E, PRINCIPALMENTE, O MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ E DE SANTA CATARINA.A SITUAÇÃO É  MUITO SÉRIA!

SÓ PARA TER UMA IDÉIA DAS CARACTERÍSTICAS DO ÓLEO  DERRAMADO:

0 NOME - CUSIANA (COLOMBIANO)

DENSIDADE -  0,8161 - API - 39,4- 

TEOR DE SOLVENTE - 15 ngNaCI/I<BR>- 

TEOR DE  ENXOFRE - 0,17%

MASSA- VISCOSIDADE - 2,12 cSt (50ºC) e 2,58 cSt 
(40ºC)

A TOXIDADE DO ÓLEO É AGUDA</B>, COMO É INDICADO EM divERSOS MANUAIS PARA OS CASOS DE ÓLEOS MAIS LEVES. DESSA FORMA, DEVE-SE DAR ATENÇÃO  AOS AROMÁTICOS CANCERÍGENOS. EFEITOS POTENCIAIS DO  VAZAMENTO</B><BR><BR>

OS EFEITOS POTENCIAIS DO VAZAMENTO SÃO A CONTAMINAÇÃO DE  ÁREAS CULTIVAVEIS PRÓXIMAS QUE UTLIZAM-SE DOS RIOS BARIGUI E IGUAÇU PARA  IRRIGAÇÃO, CONTAMINAÇÃO DE PEIXES, PEQUENOS ANIMAIS (PATOS, GALINHAS, ETC) E  GADO QUE SE UTILIZAM DAS MARGENS DO RIO PARA PASTO, CONTAMINAÇÃO EM ÁREAS  CONFINADAS, NAUSEAS (FRAÇÃO EVAPORADA) E INTOXICAÇÃO DAS COMUNIDADE PRÓXIMAS,  AVES MANCHADAS E CONTAMINADAS.

FUTUROS PROBLEMAS DE  SAÚDE NA POPULAÇÃO COM altA INCIDÊNCIA DE CÂNCER.

APÓS UM DIA DO  VAZAMENTO (4.000.000 DE LITROS POR DUAS HORAS!!!!!), O ÓLEO JÁ DEVERIA  TER ATINGIDO AO MENOS DUAS VEZES A SUA MEIA VIDA MAS, NÃO SEI SE FELIZMENTE, A  BAIXA TEMPERATURA AUMENTOU A VISCOSIDADE E OS SEDIMENTOS TRANSPORTADOS LEVARAM  A QUE UMA PORÇÃO RESIDUAL PERMANECESSE AO LONGO DOS CURSOS DOS RIOS, ALÉM DE DEPOSITAR- SE/DECANTAR-SE AO LONGO DA COLUNA D'ÁGUA.

A PETROBRÁS  UTILIZOU BARREIRAS DE MAR EM QUANTIDADE INSUFICIENTE PARA  UMA RESPOSTA ADEQUADA AO VAZAMENTO, ALÉM DO QUE A VELOCIDADE DOS RIOS BARIGUI  E IGUAÇU (06 A 08 NÓS, SEGUNDO A PRÓPRIA PETROBRÁS), FAZEM COM QUE A MANCHA  ULTRAPASSE COM FACILIDADE AS BARREIRA. POR OUTRO LADO AS BOMBAS DE SUCÇÃO TAMBÉM SÃO ABSOLUTAMENTE INSUFICIENTES. TEM BARREIRAS SEM BOMBAS DE SUCÇÃO NA  JUNÇÃO DO BARIGUI COM O IGUAÇU. AS BARREIRAS NO RIO IGUAÇU SÃO  INSUFICIENTES PARA CONTER O ÓLEO. A OPÇÃO TALVEZ FOSSE CONSTRUIR CAVAS (  BACIAS DE CONTENÇÃO) NOS divERSOS AREAIS EXISTENTES, PARA SANGRAR OS RIOS,  PORÉM É DEMORADA E EXIGIRÁ UMA AÇÃO RÁPIDA DE RETIRADA DO ÓLEO PARA SUA  DISPOSIÇÃO FINAL EM FUNÇÃO DAS SUAS CARACTERÍSTICAS TÓXICAS. NÃO SE TEM IDÉIA  DO IMPACTO NOS LAGOS AO LARGO DO RIO IGUAÇU. TALVEZ FOSSE BOM CHAMAR TAMBÉM A  COPEL PARA A REUNIÃO.<BR><BR>AMBOS OS RIOS TÊM GRANDE TRANSPORTE DE SEDIMENTOS, ISSO É FÁCIL DE CONCLUIR EM FUNÇÃO DA COR DAS ÁGUAS, O QUE IMPLICA  NA AGREGAÇÃO DO ÓLEO COM AS PARTÍCULAS DE SEDIMENTO DERIVANDO PARTE DO ÓLEO  PARA AS CALHAS DOS RIOS. A EXTENSÃO DA ÁREA ATINGIDA PELO VAZAMENTO É MUITO  GRANDE.

ALÉM DA RETIRADA DO ÓLEO, PAGAMENTO DE MULTAS E INDENIZAÇÕES,  RECUPERAÇÃO DAS ÁREAS DEGRADADAS PELA UTILIZAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS E  MAQUINÁRIOS NA OPERAÇÃO DE RESPOSTA, DEVE SER PENSADO, COM RELAÇÃO A APLICAÇÃO  DOS RECURSOS DA MULTA, NA QUESTÃO DE UM GRANDE PROGRAMA DE MONITORAMENTO DA  SAÚDE PÚBLICA, ONDE AS PESSOAS QUE VIVEM OU UTILIZAM-SE DAS ÁREAS RIBEIRINHAS  DEVEM SER TOMADAS NUMA AMOSTRAGEM DE ACOMPANHAMENTO DE ESTATÍSTICAS SOBRE  DOENÇAS QUE NÃO ERAM COMUNS NA REGIÃO, EM VISTA DA TOXICIDADE DO  PRODUTO.

O VAZAMENTO OCORRIDO INFRINGIU AO MENOS DUAS LEIS FEDERAIS: A  DE Nº9.605/98 - DE CRIMES AMBIENTAIS, E A DE Nº9.966/2000 - SOBRE POLUIÇÃO  CAUSADA POR ÓLEO E SUBSTÂNCIAS NOCIVAS E PERIGOSAS.TEM GENTE POR AÍ,  COMO O GREENPEACE, FALANDO EM SABOTAGEM, PARA FORÇAR A PRIVATIZAÇÃO, E A PREÇO  BAIXO, DA PETROBRÁS.

PELO SIM, PELO NÃO, O FATO É QUE OS PROBLEMAS  AMBIENTAIS CADA VEZ MAIS AMEAÇAM A TODA A POPULAÇÃO, INDISTINTAMENTE. A  POLUIÇÃO NÃO TEM COR PARTIDÁRIA. NO MÉDIO PRAZO, PELO ANDAR DA CARRUAGEM,  MUITOS ESTARÃO MORTOS.<BR><BR>TORÇO PARA QUE OS PROBLEMAS NÃO SEJAM COMO ESTÃO  SENDO DESENHADOS, MAS TEMO NÃO SER ATENDIDO. DA AGILIDADE E CAPACIDADE DE  MOBILIZAÇÃO DA REGIÃO DO RIO IGUAÇU, INCLUINDO O SUDOESTE, DEPENDERÁ O MAIOR  OU MENOR IMPACTO DESSE DESASTRE. É IMPORTANTE VOCÊS FICAREM MUITO ATENTOS AOS  FATOS, MAS MUITO MESMO, INCLUSIVE, SE POSSÍVEL, VISITANDO OS LOCAIS PARA VER  DE PERTO<BR>O QUE REALMENTE ESTÁ ACONTECENDO.

SOLIDÁRIO COM O POVO DO  PARANÁ,

UM ABRAÇO DO,

Quero me desculpar pelo da mensagem enviada 
ontem.

.


Página Anterior Inscreva-se na Rede webmaster <Próximo Dia

A Rede de Agricultura Sustentável é um serviço gratuito de Cristiano Cardoso Gomes e contou com o apoio da Broederlijk Delen


Ya Banner Exchange