---> Como Controlar Formigas de Forma Alternativa


Como Controlar Formigas de Forma Alternativa

Com as facilidades dos produtos sintetizados sobretudo inseticidas a cada dia tem sido menos convencional, controlar formigas de forma alternativa, primeiro por conta da deteriorização do conhecimento e segundo por tratá-las como inimiga. Nesse sentido é válido tercemos algumas considerações:
Os fomigueiros tendem a ocorrerem em terrenos compactados, pois ao que nos parece a formiga esta inserida dentro do sistema com o intuito de ser as tombadoras naturais de terra, ou seja fazer aeração. Então, ao aparecer formigas é sinal de que meu terreno esta compactado ou desgastado.

Quando do trato da terra para cultivo, as formigas geralmente manifestam-se violentamente em direção aos plantios, isso ocorre por alguns motivos, o primeiro é a redução de alimentação, pois outrora tinha diversas colonizadoras (ervas daninhas) logo em seguida não mais tem, sendo o jeito atacar plantações a fim de sobreviverem; outra coisa é que as formigas não comem as folhas das plantas e sim em seus formigueiros produzem um fungo para sua alimentação, para elas é muito melhor um único tipo de folhagem, pois facilita o cultivo do fungo.
Não é demais relatar que formigas não gostam de terrenos com muita matéria orgânica, sendo assim a matéria orgânica (restos de culturas) pode ser utilizada para controlá-las.

Formigas são tão minúsculas que qualquer maior intempérie coloca sua qualidade de vida em jogo, nesse sentido utilize água na boca dos formigueiros, que com o tempo ele migrará.

Todos pensam que as formigas podem consumir tudo, o que não é verdade, algumas plantas podem ocasionar azedamento e não produção de seu alimento, sendo assim jogue gergelim ou plante na boca dos formigueiros isso ajudará a diminuir a quantidade delas, pois o gergelim exerce um prejuízo para elas.

Não é novidade para ninguém ver as formigas caminharem em trilhas, nesse sentindo a ONG Esplar alguns anos divulgou uma interessante técnica. Observe os caminhos das formigas e a noite cave um burraco e coloque uma lata cheia de água, que no outro dia estará cheia de formigas boiando.

Outra técnica muito eficaz e econômica e fazer levadas de água para o formigueiro, sendo assim ao chover o formigueiro inunda.

Uma planta camada Burra leiteira, de folha roxa muito utilizada na arborização de cidades também tem um bom efeito no controle de formigas, para utilizar jogue folhas sobre o formigueiro ou plante mudas próxima ao formigueiro.

As formigas adoram milho, então ao perceber o ataque delas às culturas cultivadas jogue sementes de milho no pé da cerca, com pouco tempo elas estarão deixando as folhas para levar as sementes.

Formiguas também apreciam muito farinha de mandioca, sendo assim quando perceber o ataque, que tal dar farinha para elas, não precisa ser muita, isso leva as mesmas a perderem o rumo.

Na natureza tanto existe a praga como o predador, vamos considerar inicialmente a formiga como uma praga então quem seria seus predadores,os mais conhecidos são o Tamanduá bandeira e o Tatu, que porém com os deflorestamentos quase não existem mais, porém uma solução é usar galinhas como predadoras, isso vai fazer bem ao seu roçado, pois, a galinha caipira é carnívora e precisa de insetos para sua sobrevivência.

Um outro método muito eficiente é usar calda de Agave, pegue 03 folhas de Agave macere e coloque misturada à água depois adicione na boca do formigueiro, isso destrói sua alimentação reduzindo suas possibilidades de desenvolvimento (crescimento).

Em regiões produtoras de farinha de mandioca pode aproveitar a manipueira e colocar na boca do formigueiro, que reduz drasticamente a quantidade delas.

Todos esses métodos já foram testados e tiveram diferentes graus de sucesso, todavia o que percebe ser mais eficaz é a prevenção. Daí a questão, como prevenir formigas? Utilizando o solo de forma equilibrada e aumentado a diversidade de culturas, o que na prática percebemos que quanto mais diversificadas menos o ataque de formigas.

Outra coisa muito importante, é que nunca devemos tratar a formiga como inimigo, mais sim como uma companheira de trabalho, pois, ela é como o inspetor, o chefe e nos aponta a direção que devemos seguir, mostra algo que esta ocorrendo de errado.

Os insetos tem um período de vida muito curto, e quando enfrentam situações de riscos é convencional só os mais resistentes sobreviverem o que termina nos levando ao uso de inseticidas químicos em doses cada vez maiores afim de controlar.Prática essa que causa problemas tanto para o ambiente como para nós. Então é preciso variar nos controles e tentar encontrar soluções que não agridam a vida humana e animal

Por Cristiano Cardoso Gomes, é Licenciado em Ciências Agrícolas e Engenheiro Florestal


Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Cardoso e L&C Soluções Socioambientais

Siga-nos Twiiter rss Facebook "Whatsapp 88 99700 9062" Google+