Produção de Vinho Biológico Cresceu 300% na Europa


A produção de vinho biológico cresceu 295% na Europa e 280% no mundo, entre 2004 e 2015, segundo um estudo recente apresentado durante a feira Vinitaly 2017.

Os dados fazem parte da análise Wine Monitor Nomisma para a Ice-Federbio, anunciada durante a exposição Vinitaly 2017, que descobriu que a viticultura biológica europeia (293.000 hectares) representa 88% da área total da vinha biológica mundial.

Neste contexto, a Itália (83.000 hectares) tem a mais elevada proporção de superfícies vitícolas biológicas – 11,9% das suas vinhas cultivadas são biológicas – seguida da Áustria, com 11,7%, e Espanha, com 10,2%.

No ano passado, as vendas de vinho biológico na Itália atingiram 11,5 milhões de euros no canal de supermercado, registando um crescimento de 51% em relação a 2015 (em comparação com os 1% das vendas de vinho em geral). O vinho biológico representa 0,7% do total das vendas de vinho no país.

Os vinhos biológicos mais apreciados pelos consumidores italianos, de acordo com a Nielsen, são o vinho tinto (57% das vendas de vinho biológico no canal de supermercados, +42% em relação a 2015), o vinho branco, com uma taxa ainda mais elevada (+ 93%) e vinhos espumantes (+ 59%).

A pesquisa descobriu que 25% da população com idade entre 18 e 65 anos (aproximadamente 12 milhões de pessoas) teve pelo menos uma oportunidade de provar vinho biológico no ano passado.

Fonte: Revista Grande Consumo em 19 Abril, 2017

Leia Mais:

SIGA NOS