Universidades estaduais vão ajudar na certificação de alimentos orgânicos

A certificação de alimentos orgânicos foi assunto de reunião promovida pela equipe técnica da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, em Curitiba, com a participação de representantes de instituições públicas de ensino superior do Paraná, nesta quarta-feira (5). O objetivo é implantar sete unidades de apoio à certificação de produtos orgânicos no Estado, em parceria com o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e com o apoio das Instituições Estaduais de Ensino Superior.

O projeto visa ainda a capacitação de técnicos e estudantes para atuação nas áreas de consultoria e auditoria de processos de certificação; a realização de acompanhamento, análises e avaliação de estudos de caso das unidades familiares de produção orgânica; e ainda a criação de uma Rede Paranaense de Certificação de Produtos Orgânicos. A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, por meio do Fundo Paraná, investirá mais de R$ 2,5 milhões nesse projeto. Ao Tecpar será repassado mais de R$ 1,3 milhão e a cada uma das demais instituições envolvidas serão repassados R$ 155 mil.

Cada instituição funcionará como um núcleo de apoio à certificação com as seguintes funções: criação de um comitê local de gestão do projeto, seleção de bolsistas para atuar no projeto, seleção de unidades produtivas ou de agroindústrias, realização de levantamentos e acompanhamentos técnicos para a certificação, além de dar suporte às ações regionais do Tecpar e disponibilização de espaço físico para instalação dos núcleos.

Ao Tecpar caberá realizar visitas frequentes nas instituições públicas, associações participantes, sindicatos e projetos envolvidos do Programa Universidade Sem Fronteiras, treinamento de técnicos e bolsistas de acordo com as normas nacionais de certificação, qualificação de laboratórios para apoio técnico aos trabalhos de campo, elaboração de material técnico de apoio a certificação, além de dar suporte às ações regionais de certificação de unidades familiares e agroindustriais.

Além da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e do Tecpar, outras instituições envolvidas são Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR), Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) e a Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Paranaguá (Fafipar).

(Agência Estadual de Notícias do Paraná)

Mais notícias   Associe-se