Acordo vai permitir a implantação de 1.090 novas Unidades Familiares de Produção Agrícola Sustentável (UFPAS)

Agricultura Familiar

Acordo levará sistemas de agricultura familiar a comunidades carentes
Serão R$ 6,4 milhões para atender 125 municípios nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste do País

Sandra Manfrini

Acordo vai permitir a implantação de 1.090 novas Unidades Familiares de Produção Agrícola Sustentável (UFPAS)
Brasília - Acordo de cooperação técnica entre Sebrae, Ministério da Integração Nacional e Fundação Banco do Brasil vai permitir a implantação de 1.090 novas Unidades Familiares de Produção Agrícola Sustentável (UFPAS), um sistema de agricultura, montado em forma circular para plantação de diferentes produtos, conhecido como mandala, que foi desenvolvido pela ONG Agência Mandala.

A parceria será firmada nesta quarta-feira (15), às 9 horas, no auditório do Sebrae Nacional, em solenidade que reunirá a diretoria executiva do Sebrae Nacional, o ministro da Integração, Ciro Gomes, e o presidente da Fundação Banco do Brasil, Jacques de Oliveira Pena.

O convênio prevê o aporte de R$ 6,4 milhões para ações, a serem desenvolvidas em 2005, de capacitação e implantação do sistema em assentamentos rurais, comunidades indígenas e quilombolas das regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste.

De acordo com a analista da Unidade de Desenvolvimento Local do Sebrae Nacional e coordenadora do projeto, Newman Costa, esses recursos vão possibilitar o incremento do programa e será possível atender 125 municípios em 12 estados das regiões definidas, o que resultará na implantação das 1.090 unidades de produção. A expectativa é de que, com isso, 6,5 mil novos postos de trabalho sejam gerados.

O acordo de cooperação técnica tem o prazo de 18 meses para a implantação. No entanto, se houver necessidade, poderá ser prorrogado. Segundo Newman, as UFPAS têm como objetivo reduzir a desigualdade, promover a inclusão social e apoiar os pequenos negócios de agricultura familiar.

O sistema

As mandalas são sistemas alternativos de agricultura orgânica para subsistência de famílias, principalmente, em regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

A Agência Mandala, uma organização não-governamental, é a responsável pela aplicação e multiplicação da tecnologia das mandalas. O Sebrae vem trabalhando com esse sistema há três anos e já aplicou a metodologia em nove estados (MS, MG, PB, AL, RO, CE, SE, PI e MA).

O sistema possui um tanque, com dois metros de profundidade por seis de diâmetro e capacidade para até 30 mil litros de água, que é abastecido por cisterna ou açude. Ao redor do tanque são cultivados alimentos básicos como feijão, arroz, mandioca, batata, hortaliças e frutas. O poço ainda serve para criação de peixes e aves.

fonte: Agência Sebrae de Notícias em 14/12/2004 - 18:25

Leia Mais:

Mais notícias   Associe-se