O sistema orgânico é mais vantajoso

UnB Agência
Pesquisa mostra que cenoura orgânica apresenta melhor sabor e menos

Mais sabor, ótimo rendimento e menor incidência de doenças. Essas são algumas das vantagens que a produção orgânica da cenoura tem apresentado. Essas conclusões foram tomadas pelo engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa Hortaliças Assis Marinho Carvalho, em sua dissertação de mestrado na Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária (FAV) da Universidade de Brasília (UnB).

Durante os dois anos de pesquisa, o agrônomo cultivou oito tipos de cenoura com genótipos diferentes (sete com características comerciais e uma ainda em desenvolvimento) pelo método convencional e pelo orgânico.

Foram escolhidas quatro áreas para o cultivo das cenouras: duas em Brazlândia e duas na Embrapa Hortaliças. Após 95 dias de semeadura, as cenouras foram coletadas para análises no laboratório da UnB e da Embrapa.

Os resultados não deixaram dúvidas quanto à superioridade da produção orgânica. Antes de enumerar tais vantagens, é bom frisar que além das propriedades naturais do vegetal, em relação aos inventimentos, o cultivo orgânico também apresenta melhores resultados. O custo de produção é de R$ 6,450 por hectare, enquanto a convencional sai a R$ 7,593/ha, em média.

Além de economicamente mais viável, uma das principais características observadas na análise foi que na cultura orgânica a incidência de doenças e pragas foi pequena. "Mesmo com o uso de biocidas, tivemos problema de queima acentuada nas folhas da cenoura convencional por conta de fungos e bactérias. Isso ocorre devido ao desequilíbrio que o uso de insumos acarreta", relata Assis Marinho. As eventuais doenças que surgiram nas orgânicas não foram prejudiciais à produção.

fonte: Jornal de Brasília em 12/08/2005

Leia Mais:

Mais notícias   Associe-se