Siquim torna-se o primeiro estado 100% biológico da Índia

Em m 2016, Siquim tornou-se, oficialmente, o primeiro estado da Índia com agricultura exclusivamente biológica.

Com cerca de 607 mil habitantes, o estado indiano dos Himalaias, também conhecido como a Terra da Flor, começou a sua jornada rumo a um futuro de produção 100% biológica em 2003, quando o governo da altura declarou a sua decisão na Assembleia Legislativa. Ao longo dos anos, 75 mil hectares de terra foram transformados em explorações agrícolas com certificação para produção biológica.

A viagem teve, contudo, algumas dificuldades; embora os agricultores locais não utilizassem muitos químicos, usavam fertilizantes sintéticos e o estado viu-se compelido a proibir a sua utilização para os virar para a produção biológica, conta o jornal India Times.

A agricultura biológica não utiliza pesticidas ou fertilizantes químicos, respeitando assim o equilíbrio dos ecossistemas. Também melhora a qualidade do solo, o que, por sua vez, eleva a qualidade das culturas.

Siquim orgulha-se agora de oferecer, aos habitantes locais e aos turistas, especiarias, frutas e legumes biológicos frescos, no coração dos Himalaias. Alguns dos seus principais produtos são o cardamomo, o gengibre, o açafrão, flores, tangerinas de Siquim, kiwis, trigo sarraceno, milho, millet e legumes fora de época, graças à variedade de condições agroclimáticas.

Há mais regiões da Índia a ambicionar este título e a trabalhar no sentido de o conseguir. A liderar a corrida está Querala, seguida de Mizoram e de Arunachal Pradesh.

Fonte:The Uniplanet em 31-10-2016


Leia Mais:



Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Gomes e L&C Soluções Socioambientais

Siga-nos Twiiter rss Facebook Google+