Empresa produz sapatos com couro de peixe e algodão orgânico

Desenvolver a moda ecologicamente correta e socialmente justa, aliando a tradição do artesanato com o design contemporâneo é a filosofia do ateliê Comparoni, uma empresa do grupo Natural Cotton Color, de João Pessoa (PB).

Seus produtos, como sandálias, sapatilhas e rasteirinhas, são elaborados com um mix de texturas e técnicas artesanais, que levam algodão orgânico colorido e couro de peixe. "Usamos a tilápia, um peixe de criadouro, em nossa confecção", explica Francisca Vieira, diretora do grupo Natural Cotton Color.

O sucesso é tanto que os produtos não são apenas comercializados no Brasil, mas também no exterior. "Vendemos para países como Estados Unidos e Arábia Saudita", comemora a diretora.

Técnicas artesanais

Tudo o que o ateliê produz, dos insumos à mão-de-obra, é pensado para alimentar a cadeia produtiva do artesanato e dar sustentabilidade ao pequeno produtor. "Sendo assim, as rendas e bordados são desenvolvidos por artesãos locais", comenta Francisca Vieira. Já o design é realizado pela marca e, para a coleção verão 2013, teve a contribuição do designer Pantera Costa.

Algodão colorido

As peças são elaboradas com algodão orgânico nas cores verde, rubi, safira e topázio. Como a fibra já nasce com essa cor, evita-se o processo de tingimento químico e a empresa economiza 70% de água, que seria consumida no processo de acabamento da malha ou algodão convencional. Ou seja, uma forma de quitar a dívida da moda com o meio ambiente.

"Além do benefício ambiental, com essa fibra nosso calçado não oferece risco de alergia, que são as dermatites de contato, e geramos renda para comunidades carentes", revela Francisca Vieira.

Fonte: Portal Terra em 21-11-2012

Leia Mais:

Mais notícias   Associe-se