Santa Catarina produz 87% da demanda interna de produtos orgânicos

A produção orgânica cresce de 15% a 20% ao ano no país. Somente em Santa Catarina estima-se que sejam mil famílias dedicadas à produção orgânica principalmente no Sul, além das regiões de Florianópolis, Lages e São Joaquim. Dos produtos orgânicos consumidos no estado, 87% são produzidos internamente. Para ampliar este número, os produtores catarinenses poderão contrair financiamentos de até R$ 100 mil.

Com o Programa Menos Juros, os produtores de orgânicos – enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) – possuem oito anos de prazo para pagamento e a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca paga os juros, num limite de 2,5% ao ano. Além do incentivo aos orgânicos, o projeto apoia a captação e armazenagem de água da chuva; construção e ampliação de agroindústrias; turismo rural; aproveitamento de dejetos da produção intensiva de animais; energia alternativa e a produção rural.

Santa Catarina possui o principal programa do país voltado para o controle da sanidade de produtos orgânicos. O Programa de Monitoramento da Produção Orgânica é executado pela Cidasc, com o apoio do SC Rural, e, nos últimos três anos, já analisou mais de 1,4 mil amostras de produtos orgânicos de origem vegetal. O Programa faz o controle de 13 culturas em todas as regiões do estado. Os exames analisam a presença de 257 princípios ativos de agrotóxicos e caso haja alguma irregularidade o Ministério da Agricultura é acionado para realizar a fiscalização na propriedade rural ou ponto de venda.

Fonte:Canal Içara em 20/03/2018

Leia Mais: