Uma guinada rumo a um sistema de produção sustentável

As relações humanas com a natureza estão provocando a necessidade do comprometimento para atividades relacionadas a preservação do meio ambiente, atraindo uma nova camada da sociedade para o mercado sustentável.

cevadaSão estratégias que atingem os vários campos comerciais da sociedade, seja ela para a melhoria e eficiência das atividades que compõe a adesão ao olhar crítico em relação a biodiversidade.

O potencial agrícola com insumos naturais e agricultura orgânica são os pilares desta nova tendência. Este campo tem atraído empresas parceiras da preservação de costumes regionais.

Uma das culturas locais com maior expressividade são as atividades relacionadas ao capim dourado no Parque Estadual do Jalapão, que exporta artesanato para vários locais e dão fonte de renda aos moradores da comunidade Quilombola Mumbuca.

Com mesma proposta de conservação a comunidade que reside na Reserva Extrativista Chico Mende no estado do Acre, promove aos moradores a cultura da extração do látex de forma sustentável. Além de não degradar o ambiente ainda produz renda, pois empresa de calçados em grandes metrópoles aderem a causa e compram o produto natural em vez do sintético em contribuição mútua.

São dois exemplos entre as centenas existentes no Brasil, e estes carecem de maior visibilidade. E para ter este reconhecimento, cada vez mais precisa-se de parcerias entre grandes empresas de manufatura e comunidades produtoras de matéria prima e produtos artesanais.

Estas relações entre empresas e sociedade reproduz tendência, pois a conscientização é ampliada a linha de consumo. Uma vez que o consumidor tenha conhecimento do modo de produção, o mesmo garante a continuidade da produção sustentável e preservação do meio ambiente. Garantindo na outra ponta o sustento dessas famílias.

A continuidade da adesão aos projetos, dependem dos ajustes de políticas de isenção para empresas parceiras, atraindo investimentos auxiliares através de projetos de educação e capacitação, ou seja, aqueles que atuam diretamente nas comunidades extrativistas e de agricultura familiar. Deste modo o manejo sustentável garante a continuidade dos projetos e dão valor ao trabalho exercidos, além de fomentar o consumo consciente.

 

Fonte:O girassol em 02 Dec 2018 por Rafael Pereira @rapres (Redes Sociais)

Etiquetas (Categorias - tags)

Leia Mais:



SIGA-NOS

TwiiterfeedFacebookYoutube"Whatsapp 88 9700 9062"Instagram