Cooperativa vende mais de 15 mil toneladas de arroz orgânico


Eventos e feiras oferecem diversas oportunidades para agricultores familiares terem contato com o mercado e expor suas produções. A Cooperativa dos Trabalhadores Assentados na Região de Porto Alegre (Cootap), produtora de arroz orgânico é um exemplo. A cooperativa fechou, este ano, 23 contratos com empresas nacionais e do exterior, que representam 93% das vendas do empreendimento.

Desde a Feira Biofach Alemanha, que ocorreu em fevereiro, a Cootap ganhou visibilidade por sua produção de arroz orgânico. Mais de 15 mil toneladas já foram vendidas, o equivalente a toda a safra de 2015. Somente para Itália, a cooperativa enviou 500 toneladas neste ano e mil toneladas serão enviadas em 2016. Ao todo, 1.896 famílias participam da cooperativa, dessas, 522 são produtoras de arroz orgânico e estão distribuídas em 12 municípios do Rio Grande do Sul.

O coordenador de vendas da Cootap, Nelson Luiz Krupinski, destaca as oportunidades e a motivação dos produtores com a participação na edição 2015 da Biofach Alemanha: “Após a feira, fomos procurados por outras empresas e grupos de países como: Alemanha, Dinamarca, Bélgica, Espanha, Estados Unidos, Peru, Uruguai e Argentina. Estamos em fase de negociação”.

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), apoiados pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), são lembrados por Nelson por darem projeção à cooperativa. “A Cootap é porta-voz do agricultor e da sociedade que quer consumir alimento com qualidade e de baixo custo”.

Histórico

A Cootap foi fundada em 1996 com o objetivo de prestar serviços aos agricultores na compra coletiva de equipamentos e ferramentas. Naquela época não havia restrição no uso de produtos químicos para a produção.

Em virtude da crise do arroz, no final da década de 90 e início dos anos 2000, os agricultores começaram a repensar a forma de produção. Em 1999, o grupo começa a produzir arroz orgânico. Desde 2004, o produto é certificado por auditoria e pode ser vendido para diversos países.

Os produtores do arroz orgânico da Cootap fazem parte do Grupo Gestor do Arroz Orgânico. Criado em 2001, o grupo visa discutir os problemas da produção e trocar experiências entre os agricultores. O grupo produziu cerca de 400 mil sacas de arroz em 2015. A expectativa é um aumento de 12% na produção em 2016.

Perspectivas agrícolas 2015-2024

Segundo o relatório da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), divulgado neste ano, as exportações agrícolas do Brasil desempenham um papel importante nos mercados internacionais. A maior parte do arroz produzido no País é consumida pelo mercado interno. O documento aponta que para os próximos dez anos a produtividade deverá crescer de 1,3% ao ano para quase quatro toneladas por hectare, o que confirma a mudança do Brasil de um importador de arroz para um exportador.

Fonte: Portal do Ministério do Desenvolvimento Agrário em 17/08/15


Leia Mais:



Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Gomes e L&C Soluções Socioambientais

Siga-nos Twiiter rss Facebook Google+