Mercado de Produtos Biológicos na Praia

 

Um projecto pioneiro de venda de produtos biológicos acreditados e certificados foi ontem apresentado na Praia da Vitória, um mercado específico para estes produtos vai começar a funcionar a partir do final deste ano.

Este projecto, de características únicas a nível nacional, resulta de uma parceria entre a Câmara da Praia da Vitória, a associação de desenvolvimento regional GRATER e a cooperativa BioAzórica, que vai gerir a comercialização dos produtos.

O Mercado de Produtos Biológicos, orçado em 80 mil euros, vai funcionar numa zona do parque de estacionamento do Paul, devendo começar em breve as obras de construção da estrutura de madeira com 16 metros de comprimento onde terá lugar a comercialização dos produtos.

Esta estrutura, que os promotores pretendem que seja um espaço "aberto e sustentável", mas também "natural, agradável e saudável", terá uma turbina eólica, um depósito de 5000 litros para aproveitamento de águas, sistema de climatização, compostagem e uma horta biológica.

"Este é um sonho colectivo", afirmou Francisco Dinis, presidente da BioAzórica, frisando que o futuro mercado terá "melhores condições" para os produtores e agricultores que mudem para a agricultura biológica.

Nesse sentido, o futuro mercado, disponibilizará um espaço de venda com balcões e expositores, uma área de degustação e outra de preparação, além de uma zona pedagógica e um espaço para reuniões.

"Actualmente, a agricultura biológica tem uma produção insuficiente na região, existe uma grande dificuldade em obter factores de produção e o apoio técnico é insuficiente", salientou Francisco Dinis, acrescentando ser "difícil e dispendioso" entrar no circuito.

Nos Açores existem actualmente sete produtores, mas os promotores desta iniciativa pretende atingir as duas dezenas, já que, como salientou Francisco Dinis, o arquipélago possui "boas condições" para a produção biológica.

Nesse sentido, o projecto inclui formação para agricultores e consumidores e a criação de um serviço de aconselhamento técnico e de gestão.

Para o presidente da Câmara da Praia da Vitória, Roberto Monteiro, esta iniciativa representa "um reforço na dinâmica da cidade", considerando ser "um orgulho passar à fase de concretização" de um projecto que "vai permitir aos agricultores ganhar outro fôlego e energia".
O Mercado de Produtos Biológicos deve ser inaugurado no final deste ano e, numa primeira fase, prevê-se que esteja aberto aos sábados e domingos.

Fonte}: Jornal A União em 03-11-2010


Leia Mais:



SIGA NOS

-->