Poloneses estão dispostos a pagar mais por alimentos saudáveis


Pode ser mais caro, mas deve ser mais natural e mais seguro - é o que a maioria dos consumidores diz. As lojas já estão prontas para está tendência, e o mercado dos chamados orgânicos está crescendo a dois digitos.

Eles lêem sobre comida na Internet, com mais frequencia do que outros europeus, verificam os rotudos dos produtos - de acordo com um relatório publicado na empresa de pesquisa "Rzeczpospolita" Nielsen, muitos estão preoculpados com a saúde, o que para os poloneses é o mais importanter.

- mais de 60% seleciona produtos com uma lista simples e compreensível de ingredientes. Eles certamente entendem que quanto menor a lista, menos os aditivos artificiais. E esse é o medo de uma infinidade de ingredientes artificiais em alimentos, que é maior entre os consumidores poloneses do que a média na Europa - diz Malgorzata Cichecka, diretora do departamento de eficiência de vendas da Nielsen.

Ekoboom

Segundo a Open Research, 67% dos indivíduos compram produtos conhecidos como alimentos saudáveis com frequência.As mulheres estão por trás da revolução associada à alimentação saudável, mais frequentemente eles também declaram comprar esses produtos - diz Mariusz Pyc diretamente, diretor de ...

Fonte: 2018-01-26, 11:14 publicação: 2018/01/25

Leia Mais:

SIGA NOS