Câmara aprova projeto para incluir PANCs na alimentação escolar de Taquara

Proposta trata das plantas alimentícias não convencionais.

A Câmara de Vereadores de Taquara aprovou, nesta segunda-feira (5), projeto de lei que inclui as Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) na alimentação escolar. A matéria foi proposta pela vereadora Mônica Faccio (PT) e teve aprovação unânime do Legislativo, sendo encaminhada, agora, para sanção pelo prefeito Tito Lívio Jaeger Filho. Na análise do projeto, todos os parlamentares ressaltaram a importância do aprimoramento da alimentação escolar e do incentivo à produção rural.

PANCs são alimentos que, geralmente, a população não consome, seja por falta de costume ou de conhecimento. Ao todo, pesquisadores afirmam que existem cerca de 10 mil plantas comestíveis que trazem diversos benefícios para a saúde, pois têm vários nutrientes e vitaminas.

O projeto aprovado pela Câmara prevê a oferta das PANCs aos alunos matriculados na rede pública de ensino de Taquara, a fim de despertar a curiosidade e debates sobre alimentação, além de beneficiar a saúde. Também busca promover a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente, através do fomento à agricultura familiar na produção orgânica e agroecológica de alimentos. A proposta ainda prevê que a lista das PANCs será elaborada pela Secretaria de Educação, através do setor de alimentação escolar, que ainda ficará responsável pela fiscalização.

Leia Mais:



SIGA NOS

Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço gratuito de Cristiano Cardoso e L&C Soluções Socioambientais.