Espanha: HaciendasBio espera aumentar produção orgânica em 61%


frutasA produtora de frutas e hortaliças orgânicas HaciendasBio concluirá o ano com 2.263 hectares de lavouras, 32% a mais que em 2017, quando tinha 1.715. Esta área é dividida em 35 fazendas localizadas nas regiões autônomas da Catalunha, Ilhas Canárias, Aragão, Andaluzia e Extremadura. A empresa consolidou-se como o principal produtor orgânico na Espanha.

O HaciendasBio também está crescendo em termos de volume de produção. Em 2018, espera atingir 32,2 mil toneladas, 61% a mais que em 2017, quando produziu 20 mil toneladas de frutas e hortaliças orgânicas. Esse aumento deve-se principalmente a dois fatores: o lançamento, em maio passado, do Parque Ecológico, um centro de manuseio e embalagem de frutas e vegetais, e o crescimento do consumo de produtos orgânicos nos diversos mercados em que a empresa está presente.

Transparência e regulação do setor
O diretor geral da HaciendasBio, Paco Casallo, acredita que "o crescimento da produção e do consumo orgânicos na Espanha só pode ser alcançado com a colaboração da Administração Pública e de todos os agentes do setor agrícola. Temos de enfrentar todos os tipos de fraude. Produções orgânicas" tem que ser realizado de forma transparente todos os dias ", diz ele.

Expansão da oferta com novas culturas
A HaciendasBio continua ampliando sua oferta com a incorporação de novas hortaliças folhosas e já conta com 19 novos produtos, todos produzidos na fazenda Almeria de Cuevas. Para isso, devemos acrescentar o aumento na produção de figos e cerejas que em sua primeira temporada atingiu 145 toneladas.

Em 2018, os ciclos de nectarinas e pêssegos foram ampliados graças à fazenda Falamosa, em Sevilha, que começará a produção no próximo ano. Além disso, novas variedades de ameixa amarela, melão e melancia já foram introduzidas, e a HaciendasBio também está totalmente envolvida no desenvolvimento de novos produtos, como damascos, caquis e romãs.

Fonte:Fleshplaza.com em 03/12/2018


Etiquetas (Categorias - tags)

Leia Mais:



SIGA-NOS

TwiiterfeedFacebookYoutube"Whatsapp 88 9700 9062"Instagram