Produtores de orgânicos optam pela oleaginosa

Foz do Iguaçu – No Paraná, a soja é produto com maior área de plantio e produção entre os orgânicos. Segundo dados do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Agricultura, na safra de 2001 e 2002 a área plantada em todo estado foi de 7.601 hectares. No mesmo período, havia 854 produtores da cultura, cuja maior parte da produção é exportada.

Apesar da produtividade média da soja orgânica ser menor do que a obtida na soja convencional, no plantio dos orgânicos a rentabilidade é 31% maior. Esse brecha está levando os agricultores investirem cada vez mais no produto. A preferência pelos orgânicos, segundo o Deral, levou o Paraná a tornar-se o estado com o maior número de produtores orgânicos no país.

Atualmente, a região de Francisco Beltrão é a que mais produz soja orgânica no estado, seguida de Ponta Grossa. Em Capanema, Sudoeste do estado, investimentos realizados nos últimos anos também estão levando a cidade a tornar-se pólo na plantação de orgânicos. Bastante valorizada pelos europeus, a soja orgânica é usada como saladas e leite. Uma variedade mais específica serve para fabricar ração de cachorros.

Diversidade

Além da soja, o Paraná produz hortaliças, cana-de-açúcar (para produção de açúcar mascavo), café, frutas, plantas medicinais, erva-mate, milho, trigo, feijão, arroz e mandioca.

Na safra 2001/2002 o total de orgânicos produzidos chegou a 47.958 toneladas, um volume 35% maior em relação a safra anterior. A agricultura orgânica está crescendo no país devido a maior preocupação da população com saúde e qualidade de vida. Em todo mundo, o plantio dos orgânicos cresce a uma taxa de 20% ao ano. No Brasil, chega a 40%.

Fonte:Gazeta do Povo em 04/12/03

 


Leia Mais:



SIGA NOS

-->