IMG-LOGO


OCS Orgânicos Terra Forte conta com novos integrantes


Agricultores integrantes do Organismo de Controle Social (OCS) Orgânicos Terra Forte aprovaram na quarta-feira (19), em reunião realizada no município de Mato Leitão, a inclusão de sete novas famílias ao grupo. Para integrar o grupo os novos participantes já receberam visitas nas propriedades para avaliação da conformidade com a produção orgânica e participaram de reuniões de formação realizadas pela OCS. A partir de agora devem encaminhar a documentação ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para obter o certificado de produção orgânica. Com isso, são 19 famílias que passam a integrar o Organismo de Controle Social, sendo que 13 já possuem o certificado desde o ano de 2018.

Na reunião desta semana, agricultores e extensionistas rurais da Emater/RS-Ascar visitaram duas propriedades rurais. Na primeira, o grupo visitou a propriedade do agricultor Mateus Pellanda, na localidade de Linha Palanque Pequeno, onde é cultivado, principalmente, morango, mandioca e diversas variedades de hortaliças. A segunda propriedade visitada foi a dos agricultores Antônio Oss e a esposa Rosana Stange, na localidade de Boa Esperança, que tem como principais cultivos a produção de tomate cereja, quiabo, feijão de vagem, alho poró e mini-pimentão, além de uma grande variedade de espécies oriundas de outras regiões obtidas por meio de trocas de mudas e sementes.

Publicidade


Nas duas propriedades, agricultores e extensionistas puderam trocar experiências com as famílias e sugerir técnicas de manejo para garantir a conformidade orgânica da produção e melhorar a viabilidade técnica e econômica dos cultivos. Também foram discutidos temas como legislação de produtos orgânicos e comercialização. O extensionista rural Agropecuário da Emater/RS-Ascar, Evandro Scariot, destaca que as visitas às propriedades rurais são uma prática regular na OCS. “As visitas são fundamentais porque propiciam importantes trocas de conhecimento e possibilitam adoção de novas tecnologias pelos integrantes da entidade. A ampliação do número de famílias da OCS Orgânicos Terra Forte possibilita o aumento da oferta de produtos orgânicos para venda direta e atendimento aos mercados institucionais, além da agregação de valor e qualidade aos produtos ofertados”, frisa.

A extensionista rural Agropecuária da Emater/RS-Ascar, Marines Bock, destaca ainda as oportunidades de comercialização obtidas pelo grupo desde a certificação do Mapa. “A cada reunião notamos que o grupo está bastante motivado e tem se inserido nas feiras rurais devido ao seu produto certificado, o que garante a qualidade ao consumidor” avalia.

Publicidade


A OCS Orgânicos Terra Forte é formada por agricultores dos municípios de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Passo do Sobrado, Vale Verde e Mato Leitão. As famílias contam com assistência técnica da Emater/RS-Ascar, em parceria com Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

FacebookTwitterLinkedin
Publicidade

Fonte:Revista news em 21 de fevereiro de 2020

Leia Mais: