Lula: biodiesel terá para o Nordeste mesma importância que o álcool para o interior paulista

07:40

Luciana Vasconcelos
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse acreditar que o biodiesel será importante para regiões carentes do país, assim como o álcool foi para o interior paulista. "Estou convencido de que o biodiesel pode significar para regiões mais pobres do Brasil aquilo que o álcool significou para uma região como a de Ribeirão Preto", afirmou Lula em seu programa quinzenal Café com o Presidente.

Segundo ele, o biodiesel será uma grande fonte de riqueza para o Brasil, capaz de impulsionar o desenvolvimento de áreas como o semi-árido nordestino. "Nós estamos tomando uma decisão de governo para desenvolver as regiões mais empobrecidas do Brasil. E eu não tenho dúvida nenhuma que, daqui a alguns anos, nós estaremos vivendo momentos de muita alegria porque o Nordeste brasileiro vai definitivamente deixar de ser a parte pobre do Brasil", disse.

Lula comparou o programa brasileiro com a política que o presidente americano Franklin Delano Roosevelt fez no Vale do Tennessee, no sul dos EUA, entre as décadas de 30 e 40. Um dos projetos de Roosevelt foi levar infra-estrutura para o Vale do Tennessee, que era considerado uma das regiões mais pobres do país naquela época.

"Eu tenho para mim que esse programa tem para o Brasil e tem para o Nordeste brasileiro a importância que teve a política do presidente Roosevelt quando ele resolveu desenvolver o Vale do Tennessee nos Estados Unidos, que era uma região muito pobre e que ele tomou uma decisão de governo de que era preciso desenvolver aquela região". Roosevelt se notabilizou por reerguer, por meio de seu plano de governo "New Deal" (Novo Acordo), a economia americana abalada pela chamada "Grande Depressão" no final dos anos 20.

Os pequenos agricultores do Nordeste serão beneficiados pelo programa do biodiesel, garantiu Lula. "Em um primeiro momento, em curtíssimo prazo, nós vamos poder gerar possibilidade de ganhar no mínimo uma renda de R$ 3 mil por ano para 250 mil famílias que hoje trabalham na agricultura familiar", disse. Lula adiantou que logo será necessária a contratação de dois mil engenheiros agrônomos para ajudar as pessoas a plantar, a melhorar a qualidade da mamona e da palma.

Para o presidente, o biodiesel, em curto prazo, terá o mesmo efeito gerador de riqueza que o Programa Proálcool, iniciado em 1975, com a elevação do preço do barril de óleo. "É um combustível que o mundo inteiro está querendo, porque agora vai entrar em vigor o Protocolo de Quioto, que obriga todos os países a diminuírem a emissão de gases, sobretudo do carro, e o biodiesel é menos poluente", considerou.

Na última semana, o governo tornou obrigatória a mistura de 2% de biodiesel ao diesel a partir de 2005, como forma de incentivar o projeto. O biodiesel é um combustível renovável produzido com oleaginosas como mamona, soja, dendê e girassol. O óleo vegetal é extraído dessas plantas por esmagamento e, em seguida, posto a reagir quimicamente com álcool, metanol ou etanol na presença de um catalisador.

13/12/2004

Página Anterior   Associe-se  
Rodapé