Projeto transforma lixo orgânico em adubo no DF; participantes ganham uma muda de hortaliça

Muito se fala sobre o lixo seco, aquele que de maneira geral é de difícil decomposição na natureza, sendo a reciclagem uma alternativa sustentável.

Mas você já parou para pensar para onde vai o lixo orgânico?

Aquele de origem biológica, derivado de um ser vivo animal ou vegetal?

Essa pergunta motivou o morador de Brasília Lucas Moya a pensar e colocar em prática o projeto Compostar – pioneiro na capital federal na coleta e reciclagem dos resíduos orgânicos.

Lucas explica que metade do lixo gerado, não apenas em Brasília como no Brasil, é orgânico e provoca efeitos que, muitas vezes, não têm a devida atenção.

Segundo Lucas, a ideia da compostagem é controlar e otimizar a decomposição para que ela ocorra da forma mais rápida possível, sem impacto ao meio ambiente, transformando lixo orgânico em adubo.

Os participantes do projeto pagam uma mensalidade fixa por residência. No caso de estabelecimentos comerciais, o valor vai depender da quantidade de lixo produzida no local.

Fonte:EBC em 02-03-2019 por Chico Terra

Etiquetas (Categorias - tags)

Leia Mais:



SIGA-NOS

TwiiterfeedFacebook"Whatsapp 88 9700 9062"pinterestlinkedinInstagramYoutube