Native entra no mercado de suco de laranja orgânico

 

A marca Native, sinônimo de alimentos orgânicos no Brasil e no mundo, está ampliando sua linha de produtos. Depois do açúcar e do café, começa a chegar às gôndolas de São Paulo e Rio de Janeiro o suco de laranja. Trata-se do primeiro suco orgânico em embalagem TetraPak do Brasil feito a partir de um blend de laranjas tipo valência e pêra, consideradas as melhores espécies para produção da bebida. (fonte: Abre de Página Com. Empresarial). A mistura destes dois tipos de frutas é exclusiva da Native no País e traz para o Brasil um novo conceito, comum no exterior, que é o de suco de laranja de baixa acidez. "A variedade pêra neutraliza a acidez do suco da variedade valência. O resultado é uma bebida com sabor suave e sem gosto ácido", explica Leontino Balbo Jr., diretor da Native. No teste de degustação, realizado em grandes lojas de São Paulo, a aprovação do consumidor foi unânime.

Há um ano trabalhando neste projeto, a Native, desta vez, pretende entrar no mercado concorrendo também no quesito preço. A idéia é oferecer um produto saudável e competitivo. Para isso, a empresa se baseou numa pesquisa feita junto a consumidores que constatou que as pessoas estariam dispostas a pagar um pouco mais por um alimento livre de produtos químicos. Outro ponto importante diz respeito à embalagem. A Native trabalhou junto com a TetraPak no sentido de quebrar o "tabu" de que as embalagens cartonadas não podem ser recicladas. Para isso, sua parceira passou a atuar junto às prefeituras no sentido de instalar maquinários para a reciclagem do material descartado. Para contribuir, a Native fez questão de colocar o logotipo da campanha de reciclagem no topo da embalagem, ajudando na conscientização de preservação do meio-ambiente.

Basicamente voltada para a exportação, que responde por 90% dos seus negócios, a Native agora aposta no desenvolvimento do mercado nacional de produtos orgânicos inicialmente com o suco de laranja. Para desenvolver a linha de sucos, Native procurou parceiros que produzissem laranjas dentro do mais rigoroso critério da cultura orgânica. Os cuidados vão desde o cultivo até o processamento, sem uso de defensivos, fertilizantes ou qualquer outro produto químico artificial. (fonte: Abre de Página Com. Empresarial).

fonte: Rede Agroecologica em 10/09/2002

 


Leia Mais:



Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Gomes e L&C Soluções Socioambientais

Siga-nos Twiiter rss Facebook Google+