Ivinhema prioriza alimentos orgânicos

Colégio Agrícola de Ivinhema desenvolve ações para incentivar a produção de alimentos sem o uso de agrotóxicos.

É fato que a base de nossa saúde está na alimentação e que uma dieta rica em verduras, legumes e frutas é quase uma garantia de uma boa qualidade de vida. E por isso mesmo, várias ações desenvolvidas no Município têm dado ênfase à produção de alimentos orgânicos. O último evento ocorreu na última sexta-feira, na Escola Municipal Rural Benedita Figueiró de Oliveira - Colégio Agrícola.

Na ocasião, alunos do curso técnico em agropecuária e produtores rurais locais participaram de uma palestra e demonstrações práticas sobre certificação orgânica e compostagem, apresentadas pelos agrônomos consultores do SEBRAE, Jair Pelegrin e Renzo Gorreta Hugo.

O encontro foi promovido pela Prefeitura Municipal, através da Escola em parceria com o SEBRAE. Também estiveram presentes presidentes das associações de produtores rurais do Município e o prefeito e engenheiro agrônomo, Renato Pieretti Câmara, representantes da Agraer, Vamilton Furtado dos Santos Junior do SEBRAE Regional Sul, e o presidente da COOPERAVI, Antonio Caccia.

"Para o município de Ivinhema, a agricultura tem um ponto fundamental. Nós estamos investindo em parcerias com instituições como a Agraer, Banco do Brasil, Colégio Agrícola, Seprotur e Embrapa para para fazer com que essa área também se desenvolva cada vez mais em nosso Município", destaca o prefeito Renato Câmara.

Os participantes puderam também conferir uma apresentação da Escola, como unidade de referências tecnológicas, com todas as ações em execução e as planejadas para serem executadas no próximo ano. Esse material foi apresentado pelo coordenador técnico e professor Marcelo Adriano Rodrigues dos Santos.

"Esta ação ultrapassou limites da escola, se constituindo em um trabalho relevante de prestação de serviços a sociedade, a fim de mudar a realidade local, propiciou também melhores condições de vida, sobre tudo ligado aos produtores rurais através de modelos tecnológicos, projetos de pesquisa e informações gerais técnicas", disse o professor Marcelo.

Fonte: Fátima News em 01 de Setembro de 2010 - 07:40

Mais notícias   Associe-se