Emater de Ipiranga certifica a primeira propriedade de produção orgânica no município

A Emater de Ipiranga, região de Ponta Grossa, em parceria com Laboratório de Mecanização Agrícola (Lama) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), através do “Programa Paraná mais Orgânico” da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do Paraná, certificou na última quinta-feira a primeira propriedade de produção orgânica do município de Ipiranga. A Emater de Ipiranga desenvolveu o plano de trabalho integrado passando pelo estudo de caso da propriedade, pela adequação da documentação, auxiliando na pré-auditoria e, finalmente agendando a auditoria de verificação da conformidade orgânica realizada pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR).

A propriedade já está há mais de 2 anos em sistema orgânico de produção, sendo acompanhada. A Eng. Agrônoma Nátali Maidl de Souza, da Emater, responsável pela assistência técnica comenta que “pela qualidade do manejo adotado e pela consciência agroecológica dos agricultores, o caminho natural seria a certificação, promovendo a valorização das hortaliças, grãos e frutas por eles produzidas”.

Os agricultores Paulo e Dieni Gavronski se declaram muito satisfeitos com a assistência técnica prestada que culminou com a certificação e já fazem planos “vamos ampliar a produção de frutas e já estamos adequando a produção de suínos e aves”. A extensionista Nátali acrescentou que já estão em curso ações para a instalação do Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH) na propriedade e que, em breve, pretendem abrir a propriedade à visitação de outros olericultores interessados na prática.

Fonte: Emater em 11 de dezembro de 2018

Etiquetas (Categorias - tags)

Leia Mais:



SIGA-NOS

TwiiterfeedFacebook"Whatsapp 88 9700 9062"pinterestlinkedinInstagramYoutube