Primeira fazenda orgânica em garagem desativada faz sucesso em Paris

A revista Week-End do jornal Aujourd’hui en France fez uma visita à primeira fazenda de produtos orgânicos subterrânea de Paris, instalada num estacionamento desativado no 18° distrito da capital. “Em Paris, não temos campos, mas temos porões”, diz a reportagem, revelando a ampliação do projeto desenvolvido por uma start up francesa, vencedora de um concurso para desenvolver a agricultura urbana.

hidroponicoA fazenda “A Caverna” fica localizada na garagem de um prédio de moradia popular nos arredores de Montmartre. Essa região de Paris está se destacando por seus projetos de economia ética, como o espaço La Recyclerie, mistura de restaurante, local de debates e convivência, com suas próprias áreas de aquaponia e apicultura, o restarante Le Hasard Ludique e o supermercado associativo La Louve.

Para conhecer “A Caverna”, é preciso descer a rampa que até dois anos atrás era utilizada por carros. As paredes são surpreendentemente limpas, nota a revista, explicando que "o local foi submetido a análises que determinaram a ausência de vestígios de poluição", segundo Theo Champagnat, engenheiro agrônomo e um dos dois sócios do local.

No segundo subsolo, 100% das culturas orgânicas são organizadas em prateleiras de ferro. Os cogumelos-ostra e os shiitakes crescem em tijolos de substrato vegetal, as endívias se desenvolvem em tanques cheios de água. As metas de produção são ambiciosas: 50 toneladas de cogumelos e 300 toneladas de chicória por ano.

As colheitas são entregues de bicicleta para uma cooperativa orgânica, a distribuidores de cestas orgânicas e restaurantes. Os cogumelos, por exemplo, são colhidos de manhã e entregues no mesmo dia, super frescos.

Moradores aprovam transformação da garagem

Os habitantes do prédio de moradia popular adoraram a ideia de ter uma fazenda instalada em seu antigo estacionamento. Antes, o local tinha problemas de delinquência, como carros incendiados e rodeios barulhentos. "Ninguém se arrepende", diz uma das moradoras à reportagem da revista.

Essa aprovação fez com que os agricultores urbanos conquistassem 4 mil metros quadrados adicionais de estacionamento. Eles se preparam para cultivar flores e plantas aromáticas no primeiro subsolo. Também vão compartilhar o espaço com uma empresa de entregas por bicicleta, outra que venderá pequenos caixotes de compostagem urbana e uma terceira empresa de cultivo de algas. A fazenda fará crescer novas empresas, conclui a revista Week-End do jornal Aujourd’hui en France.

Fonte: RFI por Adriana Moysés em 18-05-2018

Etiquetas (Categorias - tags)

Leia Mais:



SIGA-NOS

TwiiterfeedFacebookYoutube"Whatsapp 88 9700 9062"Instagram