Embrapa apresenta fossa biodigestora na AveSui

 


28/5/2004 - Sistema substitui fossa negra e gera adubo orgânico com qualidade. A Fossa Biodigestora é um sistema simples e barato de tratar o esgoto na zona rural, onde falta saneamento básico. Nesse sistema, a tabulação do vaso sanitário é desviada para caixas de amianto, nos quais os coliformes fecais são transformados em adubo orgâncio, pelo processo de biodigestão.

O processo de biodigestão do esgoto doméstico, é rico em macro e micronutrientes e pode ser utilizado para complementar a adubação de NPK na ordem de, aproximadamente, 4.200 kg or ano, o que pode representar uma economia para o produtor em torno de três mil reais anualmente com a aquisição de adubo. Economia que a Fazenda Santa Cândida, em São Carlos, e a Fazendinha Belo Horizonte, em Jaboticabal, interior de São Paulo, já estão contabilizando.

Na Santa Cândida, a produção de goiaba, em 2004, deve ser 50% superior a do ano passado, que foi de cinco mil caixas, conforme estimativa dos administradores da propriedade. O aumento na produção é resultado do adubo orgânico, proveniente do sistema Fossa Séptica Biodigestora instalado na fazenda, e que vem sendo colocado no terreno totalmente arenoso. Em Jaboticabal, o adubo orgânico está sendo usado nas plantações de graviola e macadâmia.

Desenvolvido para promover o saneamento básico na zona rural, a Fossa Séptica Biodigestora, que inclui o Clorador Embrapa, recebeu o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2003 da região Sudeste do país.

fonte: Canal Tortuga -www.canaltortuga.com.br


Leia Mais:



Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Gomes e L&C Soluções Socioambientais

Siga-nos Twiiter rss Facebook Google+