Cultura orgânica fatura R$ 2,5 bilhões por ano no Brasil


A agricultura orgânica anda a passos largos no País. De acordo com o Ministério da Agricultura, o cultivo de orgânicos cresce cerca de 30% anualmente e o faturamento já passa da casa dos R$ 2,5 bilhões por ano. Os números são reflexo do trabalho nas aproximadamente 11.500 propriedades dedicadas a essa modalidade de cultura no Brasil, que ocupam mais de 1,5 milhão de hectares de terras.

O crescimento da agricultura orgânica no País é motivado pelo comportamento mundial de aumento da demanda por produtos saudáveis e com cultivo sustentável para reduzir os impactos ao meio ambiente. Nesse cenário, 70% dos produtores são agricultores familiares, que têm papel fundamental na cadeia que no momento atende a aproximadamente 4% do consumo de orgânicos no mundo.

O levantamento do Ministério da Agricultura aponta que, apesar de os principais consumidores dos produtos orgânicos pertencerem às classes mais altas da sociedade, com maior escolaridade, o aumento do consumo também ocorre entre as populações com rendas mais baixas, já que os preços estão cada vez mais acessíveis devido ao aumento da produção.

Disponibilizar alimentos saudáveis, sem o uso de defensivos agrícolas, é o objetivo da agricultura orgânica no País. Os principais produtos orgânicos cultivados no Brasil são a soja, que representa 31% da produção, seguida pelas hortaliças, com 27% do total, e o café, que corresponde a 25%, aproximadamente.


Leia Mais:



SIGA NOS

-->