Cresce interesse por produção orgânica no Vale do São Francisco

Tem crescido a procura por frutas e hortaliças orgânicas no Vale do São Francisco. Na feira-livre do bairro Areia Branca, zona leste de Petrolina, produtores que integram o grupo “Produção Orgânica do Vale do São Francisco” possuem uma barraca padronizada e costumam expor e comercializar seus produtos, desenvolvidos sem defensivos químicos, utilizando-se de conceitos como adubação verde, compostagem e manejo do solo.

Nesta semana, durante a realização da Feira Nacional da Agricultura Irrigada (Fenagri 2012), o grupo vai receber os primeiros 32 certificados e selos de qualidade, referendando desta forma, a qualidade dos produtos disponibilizados para a população. O grupo foi criado há dois anos e é acompanhado pelo Conselho de Segurança da Agricultura Orgânica (Consea) e Codevasf. Além da qualidade de vida a produção orgânica tem garantido um bom retorno financeiro. “Depois que passei a produzir de forma orgânica, minha saúde e a da minha família melhorou bastante, pois hoje não preciso mais aplicar o veneno na lavoura. Além disso, meu custo reduziu e eu consigo ganhar um bom dinheirinho que dá para tocar a minha propriedade e ajudar a minha família”, enfatiza o agricultor José Ronaldo de Souza.

Os produtores que são cadastrados juntos ao Consea e a Codevasf são supervisionados e têm os trabalhos auditados pelo Instituto Chão Vivo. Os produtores recebem todas as orientações desde a hora em que resolvem trabalhar com a agricultura orgânica, até o momento em que os produtos são comercializados para o consumidor. Além da feira da Areia Branca, há a expectativa de que produtos orgânicos sejam comercializados também nas feiras da Cohab Massangano, João de Deus e Ouro Preto.

Do NE10 em 29-05-2012


Leia Mais:



SIGA NOS

-->