Bolívia negocia exportação de alimentos orgânicos para a China e a Rússia


O governo boliviano está avançando nas negociações e homologação de padrões sanitários para exportar alimentos orgânicos, como café, quinoa e cortes especiais de carne bovina, para a China e a Rússia. A informação é da agência argentina Télam.

O vice-ministro da Bolívia do Comércio Exterior e da Integração, Clarems Endara, disse ontem (19) que a Bolívia está focada nesse objetivo, especialmente para atender aos setores de classe média nesses grandes países com produtos "sem modificação genética".

Endara, cujo escritório depende do Ministério das Relações Exteriores, enfatizou que o café boliviano ganhou prestígio e agora está "entre os melhores do mundo" e a China pediu informações sobre a produção para ver se ela atende aos seus rígidos protocolos sanitários.

No caso da quinoa, da qual o país andino é um dos maiores produtores mundiais, há um trabalho em andamento entre a Administração Geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena da China e o Serviço Nacional de Saúde Agrícola e Segurança Alimentar da Bolívia.

Fonte:Agência Télam em 20-09-2017


Leia Mais:



SIGA NOS

-->