JAPONESES LANÇAM CD "ECOLÓGICO" FEITO DE MILHO

Para evitar o acúmulo de CDs antigos, que não são mais usados, e também aproveitar o aumento da procura por produtos que respeitam a natureza, a fabricante de eletroeletrônicos Sanyo vai lançar no próximo mês o CD de milho.

Segundo reportagem publicada no jornal inglês "Financial Times", o MildDisc (disco de milho, em inglês) terá capacidade para armazenar dados de computador, música e vídeo. O aspecto também será o mesmo de um CD convencional.

A única diferença é que a matéria-prima será o milho, que é biodegradável e se decompõe mais fácil se entrar em contato com a água, por exemplo.

Fazer um CD de milho é possível, porque os cientistas descobriram uma forma de transformar o material em um polímero, a mesma matéria que compõe os CDs tradicionais.

A desvantagem é o preço. A produção do CD de milho ainda é três vezes mais cara que a do CD convencional, mas a Sanyo espera que o custo caia com o aumento da escala de fabricação.

De acordo com a Sanyo, uma espiga de milho pode fornecer material para fabricar 10 CDs. São cerca de 85 grãos de milho para cada disco.

A conversão do milho em material para fabricar CDs será feita pela Cargill Dow, de Minnesota, que já desenvolve a técnica.

Além de CDs, o milho também pode virar plástico e roupas de fibras artificiais.

fonte:Folha On Line em 27 de novembro de 2003

Leia Mais:

Mais notícias   Associe-se