Café Orgânico Boliviano

 

A Federação de Cafeicultores Exportadores da Bolivia (Fecafeb) lançou no mercado nacional uma nova variedade de café 100% arábica e orgânico, sob a marca de 'Café Yungas', um produto que se caracteriza pela boa seleção de grãos com 'um sabor e um aroma de exportação'.

O 'Café Yungas' é o primeiro passo para promover e incentivar a população boliviana ao consumo limpo de produtos que beneficiem a saúde, indicaram diretores da Fecafeb. Com um investimento inicial de US$ 50.000 em maquinário de torrefação, moinhos, embalagem, infraestrutura e a colheita do grão de café orgânico da variedade arábica, começa a produzir e comercializar mensalmente uma média de 500 quilos desse café.

O 'Café Yungas' constitui uma oferta diferencial no mercado local, cujo objetivo é promover e incentivar a cultura do consumo do verdadeiro café. “É um produto elaborado com grãos de café de exportação de alta qualidade, valorizados sob os critérios da Associação de Cafés Especiais da América (SCAA), provenientes diretamente das famílias produtoras de café orgânico da região de Yungas”, disse a secretária geral da Fecafeb, Susana Lima.

O 'Café Yungas' será comercializado nos grandes supermercados da cidade de La Paz. Além disso, ocorrerá a abertura de duas cafeterias, uma em La Paz e outra em Coroico, para degustar o sabor e o aroma desse café.

Lima disse que a seleção do grão é cuidadosa. “É ouro verde orgânico, produto certificado por suas características organolépticas, cultivado sob sombra e sistema agroecológico a uma altitude de 1.300 a 1.800 metros acima do nível do mar”. Todas essas características cumprem normas de certificação orgânica a nível internacional, disse Lima.

Entre os atributos do 'Café Yungas', Lima mencionou que o teor de cafeína é relativamente baixo (de 0,9 a 1,5%). Tem um bom aroma e sabor, assim como bom retrogosto, corpo cremoso e uma acidez fina.

Com o produto pretende-se alcançar os mercados de Cuba, Brasil, China e Austrália, explorando “a excelência na qualidade, fragrância e aroma floral, cítrico, doce, delicado e intenso, de impressão de retrogosto longo e agradável”.

A reportagem é do Jornadanet.com, traduzida e adaptada pelo CaféPoint.

 


Leia Mais:



Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Gomes e L&C Soluções Socioambientais

Siga-nos Twiiter rss Facebook Google+