NFU adverte que a incerteza do Brexit atingirá os produtores orgânicos do Reino Unido

NFU adverte que a incerteza do Brexit atingirá os produtores orgânicos do Reino Unido
Os agricultores orgânicos do Reino Unido enfrentam a possibilidade de que um embargo comercial seja colocado em seus produtos destinados à UE se sairmos sem um acordo, alertou a NFU.

A NFU sustentou que é vital que seja acordado um acordo para garantir um Brexit ordenado para evitar problemas sérios imediatos para os agricultores e produtores britânicos e a produção de alimentos.

O presidente do fórum orgânico da NFU, John Pawsey, disse que um Brexit não comercializado significaria que os produtores daqui precisariam da UE para reconhecer formalmente os padrões de produção orgânica do Reino Unido e aceitá-los como equivalentes aos padrões da UE. Ele adverte que sem o reconhecimento dos padrões orgânicos do Reino Unido, os produtos orgânicos destinados ao mercado da UE teriam que ser vendidos como convencionais e, portanto, perderiam os prêmios de que necessitam para cobrir os custos mais altos da produção.

A NFU está escrevendo para o secretário de Estado de Defra, Michael Gove, para destacar isso como outro exemplo de onde deixar a UE sem um acordo seria catastrófico para a agricultura do Reino Unido.

O Sr. Pawsey disse: “Atualmente não existe nenhum mecanismo para facilitar o processo equivalente dentro da Comissão Européia e as escalas de tempo estimadas para alcançar este reconhecimento podem ser de até nove meses.

“Parece ter sido deixado para os organismos de certificação descobrir como isso pode ser alcançado. As exportações são uma parte importante da cadeia de fornecimento para agricultores e produtores orgânicos britânicos e tememos as consequências do excesso de produtos ficar preso no Reino Unido e os impactos que isso teria.

“O governo do Reino Unido já deu um passo em direção à tentativa de assegurar a continuidade do comércio de produtos orgânicos através da introdução de um instrumento legal que estipula que o Reino Unido continuará a reconhecer órgãos de controle da UE por um período designado de 21 meses. Gostaria que este período de transição correspondesse aos produtos biológicos do Reino Unido que entram no mercado da UE num cenário de não acordo.

“Continuamos a pedir ao governo e aos deputados que não deixem a UE nestes termos. Se nenhum acordo for alcançado, a NFU gostaria que o processo de obtenção de reconhecimento fosse acelerado o mais rápido possível ”.

Fonte:NFU em: 11/03/2019por Mike Thomas

Etiquetas (Categorias - tags)

Leia Mais:



SIGA-NOS

TwiiterfeedFacebook"Whatsapp 88 9700 9062"pinterestlinkedinInstagramYoutube