Biofábrica vai Produzir Mosca Estéril para Combater Pragas

 

O Ministério da Ciência e Tecnologia está investindo R$ 3,5 milhões na instalação de uma biofábrica no distrito industrial de Juazeiro (BA), prevista para ser inaugurada em novembro. A unidade produzirá insetos estéreis que serão usados no combate a pragas em pomares de manga do pólo de fruticultura irrigada do Vale do São Francisco. O projeto, orçado em R$ 13 milhões, envolve também recursos dos governos de Pernambuco e da Bahia.

De acordo com o presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Sérgio Resende, a biofábrica, em fase final de instalação, vai contribuir para melhorar o desempenho econômico e as condições sociais da região. Ele disse que serão gerados com a iniciativa 500 empregos diretos e indiretos.

A idéia do projeto é usar técnicas mais eficazes de controle da mosca da fruta, que atualmente é feito por armadilhas instaladas em 11 mil hectares de 857 fazendas da Bahia e de Pernambuco. O monitoramento do inseto é uma prática indispensável aos produtores que comercializam a manga no mercado norte-americano, responsável por absorver 90% das importações do produto.

O combate biológico da praga será feito a partir da colocação de 100 milhões de insetos machos estéreis por semana nas áreas cultivadas. Soltos na natureza, eles irão copular com fêmeas, que não poderão mais reproduzir. A técnica vai possibilitar também a redução do uso de produtos químicos nos pomares.

fonte: Agência Brasil em 19-04-2005


Leia Mais:



SIGA NOS

-->