Bioestimulantes podem contribuir na produtividade do pomar


O aumento da eficiência nas lavouras de citros nos últimos anos vem passando necessariamente pelo trabalho de pesquisa e desenvolvimento de novos métodos e produtos, como os bioestimulantes. Esses produtos à base de material orgânico, compostos por nutrientes e extratos minerais, que auxiliam a planta na nutrição e aumento de produtividade estão ganhando cada vez mais espaço no mercado brasileiro. O grupo Samaritá, por exemplo, apostou no desenvolvimento de um produto à base de extrato de algas, batizado de Bio Power Gold, que será lançado ainda nesta semana.

Para tanto, a companhia firmou uma parceria com pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica do Chile para desenvolver e testar a eficácia do novo produto. Segundo a pesquisadora Johanna Paola Martiz e o consultor em citros Julio Cesar Muñoz, os resultados das pesquisas apontam a grande capacidade de aumento na produtividade com o uso do produto.

De acordo com a Samaritá, o extrato de algas pode ser utilizado em qualquer fase da planta, e é capaz de estimular a autoprodução de hormônios naturais, garantindo maior produtividade e qualidade nos frutos, com mais suco e nutrientes. Além disso, o produto tem efeito antiestresse, fortalecendo a planta e protegendo os frutos de intempéries como geadas e secas.

FONTE: Citrusbr em 28-09-2016

Leia Mais:

SIGA NOS