Capacidade de produção de biodiesel da UE cresce 70%
do

A capacidade de produção de biodiesel da União Européia cresceu 70% em relação ao ano passado e já atinge 10,2 milhões de toneladas em 2007. Em 2006, a capacidade era de 6,1 milhões de toneladas. O dado foi divulgado hoje pelo Conselho Europeu do Biodiesel (EBB, na sigla em inglês). Com base no número de usinas em construção atualmente, a EBB prevê crescimento semelhante em 2008.

De acordo com a entidade, a produção efetiva do combustível totalizou 4,9 milhões de toneladas em 2006, 54% a mais que o apurado no ano anterior. No entanto, a EBB afirma que o número pode ficar estagnado este ano.

A razão é uma lacuna na lei fiscal da União Européia pela qual as importações de biodiesel dos Estados Unidos pressionam os preços praticados no bloco. Segundo o conselho, a brecha dá aos produtores americanos uma vantagem competitiva de 200 euros por metro cúbico de biodiesel. Como o preço praticado pelos americanos é mais baixo, os europeus acabam produzindo menos que seu potencial.

Crescimento

O crescimento do setor na Europa tem sido grande nos últimos anos. A produção de biodiesel mais que dobrou entre 2005 e 2006, após crescer "apenas" 30% a 35% entre 2002 e 2004. Atualmente, há 185 usinas de biodiesel em funcionamento na Europa e outras 58 em construção.

A EBB disse ainda que a indústria européia está determinada a atender a meta estabelecida pela União Européia de que o diesel usado para transporte terá pelo menos 5,75% de biodiesel até 2010. Até o ano passado, a União Européia respondia por 77% de toda a produção mundial de biodiesel. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Jornal A Tarde, Salvador/BA em 17/07/2007 18:23

Página Anterior   Associe-se  
Rodapé