Energia da abóbora irá acionar redes de telefonia móvel africana

O óleo de palmeira e de sementes de abóbora pode, em breve, contribuir com a geração de eletricidade para acionar redes de telefonia móvel em toda a África. O anúncio foi feito

pela Ericsson e pela operadora sul-africana de telefonia móvel MTN

A estratégia faz parte de um plano de substituição de combustíveis fósseis por biocombustíveis sustentáveis, extraídos de cultivos dos agricultores locais. O projeto terá início na Nigéria, o mais populoso dos países africanos. Neste país, o combustível será processado com base em palmas, sementes de abóbora, amendoins e pinhão.

"Estamos planejando repetir a idéia em Uganda, na Ruanda e no Quênia. Índia e Bangladesh também expressaram interesse", disse Ben Soppitt, gerente do programa de mercados
emergentes da GSM Association.

O custo do combustível, incluindo a segurança para sua armazenagem e seu transporte, pode responder por até 80% do custo operacional de uma rede rural de telefonia.

A MTN opera em 21 países africanos e do Oriente Médio, com 31 milhões de assinantes. "A adoção imediata de redes de telefonia móvel acionadas por biocombustível poderia colocar a África na vanguarda de uma nova onda de melhorias", disse Karel Pienaar, vice-presidente de tecnologia da MTN.

Fonte: Folha Online

Página Anterior   Associe-se  
Rodapé