Tailândia produzirá biodiesel para reduzir uso do petróleo

 

Bangcoc, 18 - O Governo da Tailândia aprovou durante a reunião semanal de terça-feira um plano estratégico para desenvolver biodiesel e promover seu uso no mercado local, para tentar diminuir a dependência do país das importações de petróleo e demais fontes de energia.

O ministro de Energia da Tailândia, Prommin Lertsuridej, apontou que com o plano, o governo deseja produzir 8,5 milhões de litros de biodiesel por dia a partir do óleo de palma até 2012. Atualmente, o consumo interno de diesel está em 50 milhões de litros/dia.

O governo planeja misturar não mais que 10 por cento de óleo de palma cru ao diesel, e vendê-lo internamente como biodiesel. A Tailândia está promovendo o uso do óleo de palma e do etanol como alternativas ao petróleo, cujos preços são muito voláteis e estão em alta no mercado internacional.

De acordo com o estudo realizado, 100 mil litros de biodiesel serão produzidos a partir de 180 mil toneladas de fruta de óleo de palma, que demandará em torno de 9,6 mil hectares da plantação de óleo de palma.

Em novembro do ano passado, Prommin declarou que o governo deverá expandir a área de óleo de palma dos 320 mil atuais para 1,6 milhão de hectares. O volume extra produzido será destinado a produção de biodiesel.

O biodiesel nunca foi comercialmente produzido ou usado na Tailândia. Atualmente, a Tailândia produz ao redor de 4,9 milhões de toneladas de fruta de óleo de palma e 870 mil toneladas de óleo de palma cru por ano, segundo dados do Ministério da Agricultura e Cooperativa. As informações são da Dow Jones.

fonte: yahoo Notícias


Leia Mais:



Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Gomes e L&C Soluções Socioambientais

Siga-nos Twiiter rss Facebook Google+