Pesquisa valoriza o arroz orgânico

Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado avalia a transição do plantio convencional para o agroecológico. O 2º Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado e 24a Reunião da Cultura do Arroz Irrigado encerrou-se, ontem, na Fiergs, em Porto Alegre, apontando para valorização da produção orgânica do cereal. Durante o encontro - transmitido pelo Correio Rural da Rádio Guaíba e que teve a participação de pesquisadores e representantes da cadeia produtiva -, foram apresentados 267 trabalhos com debate sobre 26 deles. O Manual de Recomendações Técnicas resultante do evento será distribuído aos mais de dez mil orizicultores do Estado. As pesquisas indicam novas formas de plantios e manejo de solo. De acordo com o presidente do Irga, Francisco Signor, os debates confirmaram a prioridade que o Irga tem dado às pesquisas e o apoio do órgão à transição do plantio convencional para o agroecológico. As palestras apontaram variedades mais produtivas e resistentes, além de sistemas mais adequados de manejo para uma produção mais limpa. 'É preciso trabalhar a segurança alimentar plena', frisou Signor. O próximo congresso brasileiro deverá ocorrer em 2003, em Santa Catarina. O município ainda não foi definido. O presidente do Irga anunciou que na próxima terça-feira, às 10h, na Casa do Governo, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, acontece o primeiro leilão de arroz pelo programa Agrobolsa, lançado pelo Estado em parceria com a Bolsa de Mercadorias do RS e o Banrisul. O objetivo é democratizar o acesso dos pequenos produtores ao mercado. 'Será o primeiro exercício prático-pedagógico do programa', disse Signor, adiantando que o Irga ofertará quatro ou cinco lotes no pregão a título de incentivo. Devem participar do leilão produtores de Camaquã, que já têm arroz estocado nos armazéns da Cesa, o que agiliza a emissão do certificado de depósito e também o de classificação, que será fornecido pela Emater.

Fonte: Jornal CORREIO DO POVO PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 24 DE AGOSTO DE 2001)


Leia Mais:



Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Gomes e L&C Soluções Socioambientais

Siga-nos Twiiter rss Facebook Google+