Usina de biodiesel será em Arapiraca


Os integrantes do Programa de Biodiesel em Alagoas visitaram as futuras instalações da usina de biodiesel em Arapiraca, prevista para entrar em funcionamento no próximo ano. Desde maio o Estado integra o programa, depois de atender aos critérios de seleção, por parte da Embrapa, que confirmou as potencialidades econômicas e climáticas para a produção da mamona no Estado. Um dos projetos do governo de Alagoas é visitar os municípios de Pariconha, Água Branca, Mata Grande, Estrela de Alagoas, Mar Vermelho, Viçosa, Quebrangulo, Ibateguara, Palmeira dos Índios, a fim de sensibilizar os prefeitos e buscar o interesse para essa atividade econômica. O Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) é interministerial e busca a implementação de forma sustentável, tanto técnica, como economicamente, a produção e uso do Biodiesel. O enfoque do programa é a inclusão social e no desenvolvimento regional, via geração de emprego e renda . Lei estabelecida em 13 de janeiro de 2005, estabelece a obrigatoriedade da adição de um percentual mínimo de biodiesel ao óleo diesel comercializado ao consumidor, em qualquer parte do território nacional. Esse percentual obrigatório será de 5% oito anos após a publicação da referida lei, havendo um percentual obrigatório intermediário de 2% três anos após a publicação da mesma. Biodiesel é um combustível biodegradável derivado de fontes renováveis, que pode ser obtido por diferentes processos tais como o craqueamento, a esterificação ou pela transesterificação. Pode ser produzido a partir de gorduras animais ou de óleos vegetais, existindo dezenas de espécies vegetais no Brasil que podem ser utilizadas, tais como mamona, dendê ( palma ), girassol, babaçu, amendoim, pinhão manso e soja, dentre outras.

O produto substitui total ou parcialmente o óleo diesel de petróleo em motores ciclodiesel automotivos (de caminhões, tratores, camionetas, automóveis, etc) ou estacionários (geradores de eletricidade, calor, etc). Pode ser usado puro ou misturado ao diesel em diversas proporções. A mistura de 2% de biodiesel ao diesel de petróleo é chamada de B2 e assim sucessivamente, até o biodiesel puro, denominado B100.

Fonte: Ttribuna em Alagoas em 12/12/2005

 
Página Anterior Fale Conosco Recomende este site   spam

 
->