SENADO VOTA ABERTURA DE CPI PARA INVESTIGAR TRANSGÊNICOS

O presidente do Senado, José Sarney, colocará em votação no plenário, nos próximos dias, a proposta de criar uma CPI - Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as vantagens e malefícios da entrada dos transgênicos no país, para a agricultura e o consumidor brasileiro. A sugestão é do senador do Amapá, João Capiberibe (PSB). Segundo a assessoria parlamentar de Capiberibe, foram reunidas 38 assinaturas para a abertura da CPI, sete a mais do que as 31 necessárias.

O governador do Paraná, Roberto Requião, afirmou que apóia a iniciativa do senador do Amapá. "Faço um apelo aos meus amigos do Congresso Nacional: A CPI é muito importante. Precisamos entender como é que a soja entrou no Rio Grande do Sul e como estão tentando colocá-la no Paraná", disse.

Barreira

Cerca de 300 caminhões carregados de soja, a maioria do Mato Grosso, foram proibidos de seguir viagem desde o último sábado, por não apresentarem certificado comprovando que o produto não foi geneticamente modificado. Muitos caminhoneiros retornaram aos seus locais de origem.

Na quinta-feira, o governo do estado disponibilizou testes de transgeníase para análise e fim da fila. Dos 182 caminhões que tiveram a carga avaliada, 14 apresentaram resultado positivo para transgênico. Os demais puderam seguir em direção ao destino, a maioria para os portos de Paranaguá, no litoral paranaense e Itajaí, no litoral catarinense.

Na sexta-feira foi realizada a contraprova e apenas um dos 14 foi liberado por apresentar resultado, desta vez, negativo. Os 13 tuveram que voltar para o local de onde vieram. Os testes continuam neste fim de semana. Requião pretende sancionar a lei que proíbe o plantio e a venda de produtos geneticamente modificados no estado nesta segunda-feira.
fonte: TudoParaná em 25/10/2003

Leia Mais:

Mais Notícias   Associe-se