Fetag pára de negociar royalty

A Fetag se retirou momentaneamente da negociação sobre o preço dos royalties. O presidente, Ezídio Pinheiro, disse que a entidade 'não discutirá nenhum pagamento devido à situação atual da seca'. Segundo Pinheiro, 'a Fetag não tem tempo para discutir nenhum tipo de contribuição'. A princípio, a Fetag trataria do assunto na reunião de planejamento de 2005, que encerra hoje, em Porto Alegre, com participação de representantes de 22 regionais.

Já grupo de conselheiros da Farsul e a diretoria executiva, que negocia o pagamento de royalties com a Monsanto, reuniu-se ontem na Capital para analisar, por exemplo, qual a margem tolerável para o produtor desembolsar pelo uso da tecnologia. O presidente da Farsul, Carlos Sperotto, no entanto, limitou-se a divulgar que deverá debater com representantes da empresa novamente esta semana. A comissão, constituída em Não-Me-Toque, na semana passada, já havia sentado à mesa com a multinacional.

A assessoria da Monsanto informou que prosseguem as negociações para o ressarcimento do uso da tecnologia Roundup Ready.

fonte: CORREIO DO POVO, PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 22 DE FEVEREIRO DE 2005

Leia Mais:

Mais Notícias   Associe-se