Verdes querem que Governo explique boicote à regulamentação de Cartagena

O Partido Verde pediu hoje (8) esclarecimentos formais do governo sobre a atitude da delegação que foi ao Canadá, na semana passada, negociar a regulamentação do acordo de biossegurança, conhecido como Protocolo de Cartagena. O vice-líder do PV, Edson Duarte, denunciou a posição adotada pela delegação brasileira, unindo-se aos Estados Unidos, Argentina e e Nova Zelândia para impedir que seja regulamentado o trânsito de produtos entre os países. O que este grupo quer é não rotular os transgênicos, para não perder mercado, pois os transgênicos já valem menos do que produtos limpos.

A delegação brasileira simplesmente recusou-se a negociar, determinado o fracasso da reunião de Quebec e Montreal. “Trata-se de um absurdo que exige explicações, por isso estamos chamando os principais articuladores desta delegação para se explicarem em audiência pública na Comissão de Relações Exteriores, e encaminhamos requerimento de informações, cobrando as razões deste posicionamento, para todos ministérios que encaminharam seus representantes, Agricultura, Saúde, relações Exteriores e Meio Ambiente”, disse o vice-líder.

O PV quer esclarecimentos formais do governo. “O que nos espanta, conforme depoimento de observadores, e de alguns dos nossos representantes, é que a delegação brasileira, junto com a da Nova Zelândia, decidiu pela obstrução ao processo sem se permitir negociação. Isto é, a reunião redundou em total fracasso por conta da nossa posição”, disse o deputado.

A reunião ocorreu entre 25 maio a 3 de junho, entre os países do Protocolo de Biossegurança, ou Protocolo de Cartagena, que trata do trânsito de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs) entre as nações. Organizações não-governamentais que participavam da reunião ouviram de funcionários brasileiros que a orientação para esconder os transgênicos teria saído do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu. A ambientalista Marijane Lisboa, do Instituto de Defesa do Consumidor e da campanha pelo Brasil Livre de Transgênicos, enviou carta aberta ao presidente Lula denunciando a posição da delegação. (Veja também www.idec.org.br, www.vitaecivilis,org.br, www.partidoverde.org, www.mre.gov.br, www.greenpeace.org.br).

Fonte:Via Ecológica, Brasília, quarta-feira, 8 de junho de 2005 - 11:20
http://www.viaecologica.com.br/

Leia Mais:

Mais Notícias   Associe-se