Requião comemora decisão da UE que proíbe transgênicos

Luciana Pombo - Equipe da Folha

Curitiba - A proibição da União Européia de comprar produtos com organismos geneticamente modificados foi comemorada ontem pelo governador Roberto Requião (PMDB), na reunião semanal do secretariado. A decisão foi tomada pelo Parlamento Europeu, que se reuniu em Bruxelas e rejeitou por ampla maioria a proposta de permitir a contaminação dos produtos de agricultura convencional com os transgênicos.

´´A decisão vai forçar todos os portos brasileiros a adotarem a política que adotamos aqui: de segregação dos grãos, de separação do que é transgênico e o que é tradicional. Fomos criticados pela grande mídia. Agora, com a proibição da União Européia terão que confessar que o Paraná tinha razão´´, festejou Requião.

O texto do Parlamento Europeu determina que os organismos geneticamente modificados não sejam tolerados em qualquer concentração - o que na prática significaria que não podem estar presentes acima da detecção laboratorial, que é de 0,1%. ´´Ganhamos a parada. Diziam que o Porto de Paranaguá era o grande gargalo portuário brasileiro. Às vezes vale a pena ficar contra todos, contra tudo, contra os poderosos, quando nós temos certeza que estamos defendendo os interesses do futuro da nossa agricultura´´, observou o governador

Fonte: Folha de Londrina, PR, 20/06/2007 - Editoria: Economia.

Leia Mais:

Mais Notícias   Associe-se