Amazonas ganha três Unidades de Referência Tecnológica em ILPF

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou nesta quarta-feira, dia 17, de reunião com federações da agricultura e pecuária da Região Norte. O encontro acontece na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas - FAEA. 

“Esta é a primeira vez que a diretoria da CNA escolhe o Amazonas para sediar a reunião regional. O objetivo é desenvolver um debate muito particularizado sobre o desenvolvimento rural no Norte do País, que por sua localização e histórico, possui aspectos muito específicos e por esse motivo merece um tratamento peculiar”, disse Muni Lourenço, Presidente da FAEA.

Na data, Lourenço, e o Chefe Geral da Embrapa Amazônia Ocidental, Luiz Marcelo Brum Rossi, assinaram um memorando de entendimentos para viabilizar o projeto de implantação de Unidades Demonstrativas de Referência Tecnológica, a princípio, em três municípios da região Sul do Amazonas – Apuí, boca do Acre e Manicoré (Distrito de Santo Antônio do Matupi).

As unidades servirão para apresentar, na prática, como o produtor pode implantar o Sistema de Integração Lavoura x Pecuária x Floresta (ILPF), que se trata de um projeto que visa equilibrar a produção agropecuária utilizando tecnologias adequadas com o desenvolvimento sustentável, sem a degradação do meio ambiente.

Tecnologia de ponta

No Sistema de integração Lavoura, Pecuária, Floresta (iLPF) são combinados três tipos de cultivos: uma lavoura, forrageiras e plantio de árvores na pastagem. A Unidade Demonstrativa envolve uma metodologia que inclui a demonstração de um conjunto de técnicas, geradas ou adaptadas para uma região e utilizadas por um produtor multiplicador, sob orientação e controle técnico com a finalidade de criar um exemplo real na comunidade, para posterior adoção pelos demais produtores.

Fonte:Canal Rural em 18-10-2017


Leia Mais:



SIGA NOS

-->