Agentes indígenas discutem desenvolvimento sustentável na Amazônia

 

Brasília - O agente agroflorestal do Acre José de Lima - índio Zezinho Kaxinawá - participou, nesta semana, nesta capital, de encontro sobre desenvolvimento sustentável da região amazônica. Em entrevista à Rádio Nacional (Amazônia), ele afirmou que uma das propostas é pedir ao governo o reconhecimento dos agentes agroflorestais como categoria profissional.

Segundo Kaxinawá, o trabalho dos agentes agroflorestais consiste na conscientização da comunidade e das pessoas que vivem no entorno da terra indígena sobre formas de usar melhor os recursos naturais, a fim de garantir o futuro das novas gerações. Explicou que, no momento, os agentes de sua tribo estão trabalhando com o repovoamento dos quelônios, que são pacajás, jabutis e iguanas ameaçados de extinção.

Ele conta que, no início, a receptividade ao trabalho dos agentes foi difícil. “Muitos falaram que não ia dar certo, que isso era coisa de louco, não existia. E com o resultado que está dando agora, eles falam que querem trabalhar junto com a gente”, acrescenta. Entre os dias 25 e 30, a capital do Acre, Rio Branco, sediará um encontro dos agentes agroflorestais.

fonte: Agência Brasil em 09/10/2004 por Irene Lobo

 divisao
Página Anterior Fale Conosco Recomende este site  

 

 
->