Goiás estuda plano para impulsionar silvicultura


Atualmente, as florestas plantadas no Brasil se estendem por cerca de 7,7 milhões de hectares plantados. Em Goiás, esta área corresponde a mais de 186 mil hectares de áreas plantadas, distribuídos em plantações de seringueiras, eucaliptos e pinus.

Diante do potencial da atividade, o grupo gestor da Silvicultura de Goiás, formado por entidades ligadas ao setor produtivo do Estado, se reuniu nesta semana, no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Goiás (Sebrae Goiás), em Goiânia (GO). O objetivo foi avançar cada vez mais, estruturando a cadeia deste setor, com a criação de um ‘Planejamento Estratégico de Silvicultura de Goiás’, que busque organizar políticas para o fortalecimento desta cadeia produtiva.

Segundo o presidente da Comissão de Silvicultura da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e presidente da Comissão Nacional de Silvicultura e Agrossilvilcultura da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e também presidente da Câmara Setorial de Florestas Plantadas do Ministério Agricultura e Pecuária e Abastecimento (Mapa), Walter Rezende, o objetivo é fortalecer as políticas públicas de incentivo ao cultivo no Estado, além da atração de investimentos e valorização dos produtores florestais provenientes desta importante atividade comercial. “Queremos organizar o setor, por isso, temos que planejar, elaborar estratégias, a fim de oferecer um resultado econômico e financeiro para esta atividade”, ressalta.

Fonte:DAtagro em 14 de Setembro de 2017


Leia Mais:



SIGA NOS

-->