CURSO DE SIG (ARCGIS) PARA PROFISSIONAIS DE BIOLOGIA DA CONSERVAÇÃO

Seminário
"Desenvolvimento Sustentável: Tudo Começa na Semente"

Dia 25 de janeiro, terça-feira, das 9h às 18h

TEATRO SESC CENTRO - Av. Alberto Bins, 665 - Porto Alegre - RS
Inscrições GRATUITAS pelo site www.biobrasil.org.br
Informações: (11) 3259-2905; atendimento@idesa.org.br

Seminário
"Desenvolvimento Sustentável: Tudo Começa na Semente"

Programa Temático

O IMPACTO DA EVOLUÇÃO DA ENGENHARIA GENÉTICA, DO MELHORAMENTO DE PLANTAS E DA BIOLOGIA MOLECULAR NA AGRICULTURA
Vantagens e desvantagens da agricultura convencional, orgânica e com transgênicos.
Francisco Aragão, pesquisador do Centro de Recursos Genéticos e Biotecnologia da EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária; responsável pelo Laboratório de Transferência e Expressão de Genes; ganhador do Prêmio Peter Muranyi - Alimentação (2004).


ALIMENTOS ORGÂNICOS: UMA REALIDADE
Paulo Cesar Stringheta, professor titular da Universidade Federal de Viçosa; membro da Câmara Técnica de Alimentos e da Comissão de Assessoramento Técnico-Científico em Alimentos Funcionais e Novos Alimentos da ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde; coordenador do Projeto "Inovação Organizacional e Tecnológica da Fruticultura Orgânica", desenvolvido em áreas de assentamentos rurais e agricultores familiares, com ênfase nos aspectos técnicos, sociais e culturais; laureado com a Comenda Presidente Arthur Bernardes (1999).

O PAPEL DA SEMENTE
A importância da evolução da semente para a humanidade.
Ywao Miyamoto, presidente da ABRASEM - Associação Brasileira de Sementes e Mudas e da FELAS - Federación Latinoamericana de Asociaciones de Semillas.

A INTER-RELAÇÃO ENTRE AGRONEGÓCIOS E ECONEGÓCIOS
O Projeto B.E.C.E. - Bolsa Brasileira de Commodities Ambientais.
Amyra El Khalili, economista, presidente da ONG CTA - Consultants, Traders and Advisors - Geradores de Negócios Sociambientais nos Mercados de Commodities; membro do Conselho Editorial do Jornal do Meio Ambiente.

PLANTIO DIRETO, BIOTECNOLOGIA, SUSTENTABILIDADE - A VISÃO DO AGRICULTOR
Almir José Rebelo de Oliveira, engenheiro agrônomo, produtor rural, presidente do Clube Amigos da Terra de Tupanciret ã - RS.

BIOTECNOLOGIA: ELA JÁ MUDOU SUA VIDA E VAI MUDAR MUITO MAIS
O que a sociedade, o país e a humanidade podem ganhar ou perder com a Biotecnologia.
Ruth Helena Bellinghini, jornalista, especialista em biotecnologia, bolsista do MIT - Massachussetts Institute of Technology (EUA).

57ª Reunião Anual da SBPC, que acontecerá entre os dias 17 e 22 de julho de 2005, na Universidade
Estadual do Ceará, Fortaleza/CE.

O tema da Reunião é: "DO SERTÃO OLHANDO O MAR CULTURA & CIÊNCIA"

O site com o link para as inscrições e informações gerais do evento é
www.sbpcnet.org.br/eventos/57ra <http://www.sbpcnet.org.br/eventos/57ra>.

Em fevereiro de 2005 estará disponível os procedimentos para envio das
propostas de atividades (Conferências, Simpósios, Minicursos, etc), que
serão analisadas pela
Comissão de Programação Científica da Reunião.

Quaisquer esclarecimentos contatar:

Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência
Fernanda Rodrigues: fernanda@sbpcnet.org.br <mailto:fernanda@sbpcnet.org.br>
Secretária - 57ª Reunião Anual Rua Maria Antonia, 294 - 4º andar
01222-010 São Paulo - SP
http://www.sbpcnet.org.br
tel: 11 3259-2766
fax: 11 3106-1002


BIOCONSTRUÇÃO
Pau-a-pique Zen
Monge Enjo
“A arte de construir com as próprias mãos
é o caráter sagrado do lugar em que vivemos”
04 a 08/02/05
Sítio Anhangá Cotia - SP


ProgramaçãoSexta 04/02
18:00h Chegada e acomodação


Abertura
Sábado 05/02
Teórica Introdução a Bioconstrução.


Os componentes


Localizacao da obra


Preparo da área
Domingo 06/02
Teórica Estrutura da construção
MisturaPrática Trabalhando com barro
Confecção do gradil de bambu


Segunda 07/02
Teórica Barreando as paredes Reboco e acabamentoPrática Terminar gradil Preparar mistura
Barreamento




Terça 08/02
Teórica Piso
Adobe corrido


Prática Preparar massa de reboco


Reboco e acabamento
Encerramento Inscrições Inclui alimentação, alojamento coletivo e apostila.
R$ 400,00


Pode ser dividida em 2 x R$ 200,00, sendo a 1a até 25/01 e a 2a com cheque pré para 15/01 na data do curso.


Ou


R$ 450,00 em 3 x R$ 150,00,


sendo a 1a até 25/01, a 2a e a 3a com cheque pré para 15/02 e 15/03 na data do curso.



Até 25/01 o pagamento deve ser feito via depósito


Bradesco


Ag.0031 díg. 0


Conta-poupança 3011900 díg. 2


Amanda Frug

A FUNÇÃO DO GEL DA ALOE VERA (babosa)
PARA O EQUILÍBRIO "AUTO-ECOLÓGICO"
DOS HUMANOS E DOS ANIMAIS
Pois
Se a célula é a unidade da vida


e os tecidos conjuntivos são seu habitat,


a preservação, a despoluição e o equilíbrio ecológico desse habitat


determinam a qualidade de vida de tudo que nele habita - as células -


e de seus “portadores” ­ as plantas, os animais e os Seres humanos.

PALESTRA ABERTA AO PÚBLICO
4ª FEIRA - 26 DE JANEIRO - 14:30 hs
Rua São Clemente, 284 - Botafogo - Rio
(estacionamento no local)


PAX!
Mônica Lacombe Camargo
Difusão Auto-Ecologia
(21) 3392 0083
www. aloeforeverbrasil.com.br


IV Ecoconstrução, II Encontro Latino Americano de Ecoconstrução


De 05 a 12 de Fevereiro de 2005 (Carnaval), no IPEP (Bagé/RS)


Palestrantes confirmados
------------------------
João Rockett e Equipe IPEP - www.permacultura.org.br/ipep
Lucio Ventania (Bambuzeria Cruzeiro do Sul) - www.bamcrus.com.br
Allan Zito (Geobiologia) - www.geobiologia.com.br
Sociedade do Sol - www.sociedadedosol.org.br


Aproveitando a enorme força gerada pela mobilização em torno do Fórum Social
Mundial em Porto Alegre, iremos nos reunir para ajudar a concretizar, a
partir de técnicas construtivas aliadas à um necessário enfoque
ecológico/permacultural, "Um Novo Mundo Possível". Visando a
auto-sustentabilidade demonstraremos alternativas viáveis como banheiros
compostáveis, biodigestores, aquecedores solares de baixo custo, coleta e
armazenamento de água de chuva, e mais técnicas de bioconstrucão como
geobiologia, construções em terra, bambu, palha e outros
materiais. Imperdível!


Com a presenca confirmada de participantes da Espanha, Portugal, Chile,
Uruguai,
Argentina e de todo o Brasil...

Tecnologias apropriadas
-----------------------
- Coleta de água de chuva
- Cisternas de ferrocimento
(incluindo a construcão de uma cisterna em um assentamento rural do MTD)
- Banheiro compostável (seco)
- Tratamento natural de águas servidas
- Energias renováveis (biodigestores, aquecimento solar de baixo custo)

Bioconstrucão
-------------
- Design da casa sustentável
- Geobiologia
- Bambu
- Taipa de pilão
- Taipa de mão (COB)
- Adobe
- Tijolos de solocimento
- Superadobe
- Telhado vivo
- Rebocos naturais
- Pinturas naturais


Mais informacoes em:
www.permacultura.org.br/ipep/cursoecoconstrucao2005.html


* Mensagem melhor vista em formato texto (txt)


/////////////////////////////////////////////
IPEP
Instituto de Permacultura e Ecovilas da Pampa
/////////////////////////////////////////////
Estrada Higienópolis, 17 - Zona Rural
Bagé/RS - CEP 96410-490


fone: (53) 241-0665
(53) 9977-1220


http://www.permacultura.org.br/ipep (em construção)


membro da Rede Brasileira de Permacultura (RBP)
e Permacultura America Latina (PAL)

Curso de Agrofloresta* *com Ernst Götsch - Ano IV* ** *

31/Jan a 4/Fev de 2005* *Na Oca Brasil* *Chapada dos Veadeiros, Goiás*
    *Ernst Götsch*     Agricultor e pesquisador radicado no Brasil a mais de vinte anos. Em     sua fazenda no sul da Bahia reflorestou uma área superior a 100 ha     utilizando uma nova visão de agricultura que concilia o ser     humano com o meio ambiente.  Em suas próprias palavras: "/Estou     tentando criar, em cada parte do mundo onde intervenho como     agricultor, agroecossistemas que sejam parecidos, na sua estrutura (     ou sua forma de funcionar ) e na dinâmica, ao ecossistema natural e     original do lugar. Ao mesmo tempo, tento deixar como resultado de     todas as minhas intervenções (operações), um resultado positivo no     balanço de vida e de energia complexificada em carbono, tanto no     sub-sistema da minha intervenção, quanto no macroorganismo Planeta     Terra. Ou em outras palavras; para cada passo que ando e para tudo     em que intervenho, previamente me pergunto: o que posso fazer para     que como resultado da minha presença e das minhas intervenções     nasçam e se desenvolvam sistemas mais prósperos, mais vida com toda     a sua abundância e mais complexidade em todos os seus aspectos no     Planeta Terra, do qual somos parte, e não mais importantes do que     todas as outras espécies/."
    *Oca Brasil*
    A Oca é uma Ong que atua no entorno do Parque Nacional da Chapada     dos Veadeiros e se dedica a agrofloresta, dentre outros projetos. O     Ernst já vem acompanhando esse trabalho a mais de 4 anos. Ela está     localizada no município de Alto Paraiso de Goiás, na Chapada dos     Veadeiros. ( www.ocabrasil.org.br <http://www.ocabrasil.org.br> )     *O curso*     Os cursos terão duração de 5 dias inteiros (as pessoas deverão     chegar um dia antes e poderão sair um dia após o encerramento). O     tempo será concentrado em torno da prática de implantações e manejos     de agroflorestas. Aulas teóricas e vídeos também acontecerão     diariamente.     *Data*: 31 de Janeiro a 4 de Fevereiro de 2005 (Chegada no dia 30)     *Vagas*: 20 participantes     *Local*: Sede da Oca Brasil, Alto Paraiso, Goiás. Conjunto de     chácaras bem na saída da cidade (a menos de 2km da rodoviária).     *Tópicos*:     . Princípios de sistemas agroflorestais (SAFs)     . Estratégias na manutenção de SAF's     . Quintais produtivos (exemplos na prática)     . Produção de hortaliças na agrofloresta     *Investimento*:     R$ 550 por pessoa incluindo todas as refeições naturais e     vegetarianas e lugar para acampar. A inscrição deve ser confirmada     com o depósito de 50% em conta corrente, o restante deverá ser pago     no dia da chegada.     *Maiores informações*:     Fone/fax 62-446-1166 (horário comercial)     email: comunidade@ocabrasil.org.br < mailto:comunidade@ocabrasil.org.br >     trazer: barraca, agasalho, lanterna, capa de chuva e facão.     Conta para depósito do sinal (confirmar o depósito através de email     ou fax):     Banco do Brasil     Oca Brasil ac     ag. 4546-2     c/c: 5001-6     CGC: 02.938.238/0001-98     *Na internet*:     Registro fotográfico dos cursos anteriores     em www.agrofloresta.net/fotos/ < http://www.agrofloresta.net/fotos/ >     Veja também uma matéria com Ernst no Reporter Eco - TV Cultura:     Especialista em agrofloresta recupera área no sul da Bahia     < http://www2.tvcultura.com.br/reportereco/materia.asp?materiaid=128 >     e a entrevista que ele deu ao Jornal da Biosfera     < http://www.agrofloresta.net/artigos/jbio/index.htm > durante um dos     cursos.   

 

 

Inpa realizará curso sobre mudanças na paisagem da Floresta Amazônica

Estimular uma reflexão profunda sobre os impactos da ocupação humana na floresta. Esta será a tônica do /Curso de Fragmentação na Paisagem Amazônica/, que está sendo organizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), instituto vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia. As inscrições vão até o dia 31 de janeiro de 2005. O curso é destinado a profissionais da área ambiental, alunos de graduação e técnicos que atuam em instituições da região e terá duração de três semanas, no período de 14 de fevereiro a 04 de março de 2005. Durante a programação, será debatida a disseminação do conhecimento gerado pela pesquisa científica na região, tendo como base os resultados obtidos por meio das pesquisas. Esses dados servirão de ponto de partida para as discussões sobre o manejo de reservas e unidades de conservação. A intenção é diminuir os impactos ambientais sobre o funcionamento da floresta, para o planejamento da ocupação de terra, além do desenvolvimento de políticas públicas que tenham como guia os conhecimentos científicos gerados na Amazônia. O curso será divido em três etapas: num primeiro momento, os alunos receberão conceitos teóricos e a familiarização com a literatura disponível. As aulas acontecerão nas dependências da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Na segunda etapa, os estudantes irão permanecer durante uma semana na Reserva Dimona no Inpa, onde aplicarão as técnicas de investigação científica para diagnosticar e interpretar os efeitos de fragmentação de florestas sobre ecossistemas. Na última semana, serão estudados a fragmentação urbana, em igarapés e parques, e o planejamento regional, por meio de uma introdução aos aspectos socioeconômicos relevantes da cidade de Manaus. O objetivo maior é formular estratégias de manejo e gerenciamento florestal, apresentando soluções para o gerenciamento das áreas degradadas, improdutivas e abandonadas, a partir das conseqüências da fragmentação florestal. Também visa cruzar as barreiras institucionais, fomentar a integração dos alunos participantes em redes científicas nacionais e internacionais, além de permitir a colaboração técnica durante o desempenho de suas funções e ao longo de suas carreiras profissionais. As inscrições podem ser feitas pelo site: http://pdbff.inpa.gov.br < http://pdbff.inpa.gov.br/ >. Vanderlan Vasconselos Coordenação MCT/FINEP/RS www.mct.gov.br < http://www.mct.gov.br > - www.finep.gov.br < http://www.finep.gov.br > vcv@finep.gov.br <mailto: vcv@finep.gov.br > Tel. (51)32872199 ou (51)99985504

Curso Cosecha y acondicionamiento de semillas forestales

Dictado por: Ing. Ftal. Mariela Pasquini, (UNPSJB- CIEFAP), Ing. Ftal. Víctor Mondino (INTA) y Tec. Ftal. Martín Honorato (INTA)

Objetivos del curso:
Concientizar al operario sobre la importancia de la calidad de las semillas.
Capacitar al personal en:

Destinatarios: operarios forestales o rurales, sin necesidad de experiencia específica en el tema.

Modalidad: un día de encuentro teórico-práctico, con salida de campo para las prácticas en el terreno.

Fecha: 10 u 11 de Febrero de 2005 (se repite el curso)
Horario: 9-17 horas
Lugar: Estación Forestal INTA Trevelin (camino a la Presa, frente a Aldea Escolar)
Arancel: 5$, incluyendo un almuerzo ligero, material bibliográfico, y provisión de herramientas y equipo necesario para las prácticas. Se extenderá certificado de asistencia.

Informes y preinscripción:
En el CIEFAP de 10 a 12 hs. TE 45-3948 - Patricia
En la Secretaría del INTA- Esquel - Estefanía de 14 a 16 hs- Te: 45-1558

* CURSO SOBRE PADRÕES DO CERFLOR PARA FLORESTAS TROPICAIS *

O projeto ITTO PD 140/02 - Desenvolvimento dos Padrões Nacionais para o Manejo Sustentável das Florestas Tropicais Brasileiras - está em sua fase final. Ao longo do período de execução do projeto todas as atividades previstas foram satisfatoriamente implementadas. Os padrões nacionais de manejo foram amplamente discutidos dentro do Programa Nacional de Certificação Florestal, CERFLOR. Foram realizados seminários de divulgação, cursos de formação de auditores e elaborado um Manual para aplicação dos padrões. O projeto ITTO PD 140/02 previu a realização de cursos de treinamento de profissionais no uso do Manual de aplicação dos padrões nacionais para manejo de florestas tropicais brasileiras. Esses cursos têm como objetivo orientar os profissionais interessados no uso do Manual e na aplicação da NBR 15789 - Manejo Florestal, Princípios, Critérios e Indicadores para Florestas Nativas. Estão programados 3 cursos em janeiro e fevereiro, com número limitado de vagas (Rio Branco/AC, Cuiabá/MT e Belém/PA). O primeiro curso de treinamento organizado pela equipe técnica do projeto em parceria com o Instituto Natureza Amazônica - INAM, conta com o apoio local do SEBRAE – AC, onde será realizado nos dias 19, 20 e 21 de janeiro. Interessados poderão obter informações através dos e-mails inam@inamweb.com.br e schmid@abimci.com.br ou ainda no próprio SEBRAE - AC, pelos telefones (68) 216-2172 ou 216-2100. Fonte: SBS

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MANEJO DO SOLO

A partir do próximo dia 04 de fevereiro, o Departamento de Solos e Nutrição de Plantas da ESALQ/USP ofecerá o Curso de Especialização em Manejo do Solo, todas sextas-feiras à noite e sábados, a cada 15 dias. O objetivo do curso é fornecer as informações necessárias para que se possa manejar adequadamente os solos e promover um intercâmbio de conhecimento entre profissionais ligados aos setores de pesquisa e produção agropecuária. Informações podem ser obtidas pelo site http://www.solos.esalq.usp.br/cemanej.html, telefone (19) 3417-6604 ou e-mail cdt@fealq.org.br.

ProNatura 2005 - 7ª Feira Internacional de Fitoterápicos, Orgânicos e Produtos Naturais
Realização:
Francal Feiras e Empreendimentos
Data: 30 de Março a 03 de Abril de 2005
Local: Bienal do Parque Ibirapuera – São Paulo
Contato: Telefone: (11) 4689-3100 - Fax: (11) 4191-0200
Homepage: www.feirapronatura.com.br
E-mail: lucia@francal.com.br

Seminário Nacional sobre Extensão Florestal
Realização:
SIF - Sociedade de Investigações Florestais
Data: De 29 e 30 de abril de 2005
Local: Viçosa, Minas Gerais
Contato: Fone: 31 3899 1185 , Fax: 31 3891 2166
Homepage: www.sif.org.br
E-mail: sifeventos@ufv.br

Conferencia Internacional: Educación para un Futuro Sustentable
18 al 20 de enero de 2005. Ahmadabad – India

Al iniciar la década de la Educación para el Desarrollo Sustentable se realiza esta conferencia, que reunirá en un foro las experiencias a nivel mundial, a través de gobiernos, educadores, ONG's, y otras personas relacionadas. Entre las conferencias destacadas está: Medios de Comunicación en el Desarrollo Sostenible.
Contacto: esf@ceeindia.org o www.ceeindia.org/esf/


 

° Enuentro Latinoamericano de estudiantes de ciencias forestales (Latin american regional meetting) a realizarse en las ciudades de Santigo, Talca y Valdivia, entre los días 21 y 30 de Marzo. Información preeliminar del encuentro en la siguiente dirección web http://www.gaf.cl/larm05.htm Consultas en Línea en http://www.ffm.cl/viewforum.php?f=3 Sin otro particular, les saluda. Alexis Vargas P. Director - Grupo de Acción Forestal. Miembro comisión organizadora.

Curso que será realizado em Curitiba entre os dias 13 > à > 17 de dezembro. > Uma lembrança importante, somente este curso terá esta taxa de R$ > 700,00. Os outros cursos, que iniciarão em 2005, terão seus preços > conforme > mercado. Este custo é fruto de muito trabalho e negociação entre Tecpar, > APEF e ATSG. > Aproveitem o máximo, e enviem suas fichas de inscrição para a ATSG e > com > cópia para mim, para garantirem suas vagas, que serão somente 20 > participantes. > Desde já lhe agradeço e fico a disposição para qualquer esclarecimento. > Saudações Florestais > Rodrigo Ritzmann Feijó > Eng Florestal - Certificação Florestal > TECPAR - Instituto de Tecnologia do Paraná > Tel: (41) 316 3062/Fax: 316 3061/Cel: (41) 9117 1697 >

Curso de Difusão: "III Curso de Aplicações de GPS de Navegação na Agricultura"

Docente Responsável (s): Prof. Dr. José Paulo Molin - Departamento de Engenharia Rural

Período: de 08/01/2005 à 08/01/2005 Carga Horária: 8 horas Nº Vagas: 23
Período de Inscrição: de 01/12/2004 à 30/12/2004
Valor: R$ 120,00

Público Alvo: Estudantes e profissionais

Objetivo: Apresentar o funcionamento do sistema de posicionamento global e trabalhar com técnicas de receptores de anvegação e softwares para a manipulação de dados, especialmente voltados para aplicações de campo como demonstração de perímetros, monitoramento e amostragens.

Local: Sala de Treinamento do CIAGRI - Av. Pádua Dias, 11 - ESALQ/USP

Maiores Informações: FEALQ – Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz
Fone: (0xx19) 3417-6604
e-mail: cdt@fealq.org.br (Maria Eugênia)


JORNADES TÈCNIQUES DE PRODUCCIÓ AGRÀRIA ECOLÒGICA DE VINYA
Dies 15 i 16 de desembre al CFEA de Reus (Tarragona)
Vegeu programa
Més informació:
Anton Boronat: anton.boronat@gencat.net

GMO FREE REGIONS, BIODIVERSITY AND RURAL DEVELOPMENT IN EUROPE
Conferència europea.
El 22 i 23 de gener, a Berlin (Alemanya)
Preu per a representants institucionals i commercials: 80€
Preu per a representants d'ONGs: 30€
www.zs-l.de/conference
coreu_e: conference@zs-l.de


 

 

 

CONVITE Gostaríamos de convidá-lo para participar do Encontro Regional de Formação do Comitê da Bacia do Rio Paraguaçu. O Comitê do Paraguaçu está sendo formado a partir da mobilização dos 84 municípios que compõem a bacia, objetivando que todos os segmentos sociais participem democraticamente no processo. Os Encontros acontecerão em oito municípios, de acordo com a seguinte agenda: Data                        Município                                   Local 25/10 - segunda -      Ibicoara                    Posto Matos - Distrito de Cascavel 26/10 - terça -           Seabra                    Auditório da UNEB 27/10 - quarta -          Utinga                    Clube Social de Utinga 28/10 - quinta -        Itaberaba                    Auditório da UNEB 29/10 - sexta -            Ipirá                        Clube Caboronga (a confirmar) 03/11 - quarta -     Riachão do Jacuípe        STR de Riachão 04/11 - quinta -     Feira de Santana            Auditório do Colégio Santo Antônio 05/11 - sexta -       Cruz das Almas            Auditório da Escola de Agronomia da UFBA Durante os eventos, abertos à toda população, será explicado o processo de formação do Comitê na região, suas competências, os principais pontos da legislação estadual e federal de recursos hídricos, a importância da gestão participativa para a preservação das águas e a melhoria das condições de vida da população, além de serem descritas as regras do processo eleitoral para escolha dos membros do Comitê. Organizações da Sociedade Civil, como ONGs, sindicatos de trabalhadores rurais e associações, e representantes de usuários da água, como produtores rurais, indústrias, pescadores, etc., poderão se candidatar a uma das vagas do Comitê do Paraguaçu, que também terá representantes do poder público municipal e estadual. Compareça ao Encontro Regional da cidade mais próxima. Sua participação será muito importante para o sucesso desta iniciativa que representa um marco na gestão das águas na Bahia. Grupo de Recursos Hídricos Governo da Bahia

Seminário Nacional sobre Extensão Florestal Realização: SIF - Sociedade de Investigações Florestais Data: De 29 e 30 de abril de 2005 Local: Viçosa, Minas Gerais Contato: Fone: 31 3899 1185 , Fax: 31 3891 2166 Homepage: www.sif.org.br E-mail: sifeventos@ufv.br

 

======================================================================

V CONGRESO VENEZOLANO DE GEOGRAFÍA

Auspician:
Colegio de Geógrafos de Venezuela - Universidad de los Andes - CIDIAT-
Corpoandes - Cormetur - Esri de Venezuela

V CONGRESO VENEZOLANO
DE GEOGRAFÍA
Mérida, del 29 de noviembre al 3 de diciembre de 2004

"GEOGRAFÍA Y DESARROLLO: un compromiso con la ciencia y el país"

TERCERA CIRCULAR
¡ ¡ ¡ ¡NUEVO: Anuncio de extensión de plazos, hoteles, sede y agencia de viajes ! ! ! !
NOTA: A fin de apoyar la mayor participación de profesionales y estudiantes de geografía y áreas afines, nacionales y extranjeros, se extienden los plazos para envío de ponencias e inscripción.
Se agradece a todos los ponentes que ya recibieron la Carta de Aceptación, enviar desde ya los trabajos en extenso para incorporarlos en el CD. Quienes no hayan recibido carta favor comunicarlo al Comité Organizador.
Presentación
El V Congreso Venezolano de Geografía se realizará en Mérida, Estado Mérida, Venezuela, del 29 de Noviembre al 03 de Diciembre de 2004. Mediante esta Primera Circular el Comité Organizador, invita a los geógrafos venezolanos y extranjeros, y a otros profesionales y estudiantes de las áreas afines a la ciencia Geográfica, a participar en este importante evento académico-científico. El Congreso constituirá un foro de exposición y evaluación del estado de avance de la Geografía Venezolana y de los retos que tiene por delante en su contribución con el desarrollo del país. En el V Congreso Venezolano de Geografía se espera reunir a la Comunidad Geográfica Venezolana y sus áreas afines, así como distinguidos participantes provenientes del extranjero. En el evento se podrá participar a través de las siguientes modalidades:

    a.. Ponente: Implica la presentación de trabajos técnico-científicos incluidos en los temas centrales del evento, a través de la presentación oral o de posters o carteles.

    b.. Asistente: Asistencia al evento en calidad de participante sin ponencia.

    c.. Expositor: Dirigido a la participación de empresas o instituciones a través de la presentación de productos o servicios relativos con las áreas de Sistemas de Información Geográfica, Cartografía, Formación Académica, Turismo, Artesanía, y cualquier otra afín al evento y sus participantes.

    d.. Acompañante: Incluye a los acompañantes de participantes formales del evento. Podrán asistir a todas las actividades sociales del Congreso, pero no recibirán certificado de participación, ni los materiales de apoyo.
Se exhorta a todos los interesados a reservar su participación en este Congreso mediante el envío, vía fax o mail, de la planilla de preinscripción que se incluye en esta circular.

MATRÍCULA DE PARTICIPANTES NACIONALES
(Monto en Bolívares)

      Participantes    

  Antes del 15.09.2004      Del 15.09 al       15.10.04      Después De     15.10.04  

    Profesional      120.000      150.000      190.000    

   Estudiante      75.000      90.000      120.000    

   Acompañante      45.000      60.000      100.000

(*) Se agradece a los Expositores en Stand interesados (empresas o Instituciones) contactar directamente al Comité Organizador.

MATRÍCULA DE PARTICIPANTES INTERNACIONALES
(Monto en Dólares USA)

      Participantes   

   Antes del 15.09.2004      Del 15.09 al       15.10.04      Después Del     15.10.04      

Profesional      60      80      100   

    Estudiante      35      50      75   

    Acompañante      30      40      60


CUENTA BANCARIA
Los pagos podrán realizarse mediante depósitos en la siguiente cuenta bancaria:
Cuenta Corriente BANESCO No. 0134 0244 20 2441 01 735-1
A Nombre de CONGRESO VENEZOLANO DE GEOGRAFÍA

FECHAS IMPORTANTES PARA PONENTES ¡ ¡ ¡NUEVAS FECHAS! ! !

      Hasta 15 de septiembre de 2004    

   Recepción de resúmenes       Del 15.09.04       al 20.09.04     

  Evaluación de ponencias       21.05.04     

Informe de aceptación       Del 21.09.04 al 15.10.04   

   Recepción de ponencias En Extenso

Los interesados en presentar trabajos deberán enviar la planilla de preinscripción junto con el resumen.

TEMAS CENTRALES DEL CONGRESO

    1.. Geografía de los sistemas urbanos y de las áreas peri-urbanas.

    2.. Geografía del medio rural.

    3.. Amenazas naturales y riesgos ambientales.

    4.. Gestión ambiental y desarrollo.

    5.. Ordenación del territorio.
    6.. Cartografía y Sistemas de Información Geográfica.
    7.. Geografía y globalización.

    8.. Geografía política y geopolítica.
    9.. Enseñanza de la geografía y práctica social del geógrafo.     10.. Otros.
CARACTERÍSTICAS DE LOS RESÚMENES
carteles deben

  a.. Resumen de máximo 250 palabras, escrito en Microsoft Word, hoja tamaño carta, letra Arial, tamaño 11.

  b.. Márgenes de página: Superior e izquierdo 2,5 cm. Inferior y derecho 2 cm.

  c.. Título en mayúsculas y minúsculas, (máximo 25 palabras), en negritas y centrado. Debe indicarse debajo el nombre del autor(es), así como la institución, ciudad, país, teléfono-fax y correo electrónico. Por ejemplo:
Cambios del uso del suelo en La Cuenca del Río Chama debido a la expansión de las actividades turísticas
Irma Rosa Gutierrez Pérez
Instituto Geográfico de Venezuela
Caracas, Venezuala
FAX: (0212) 571 9011
e-mail: irgutie@intercable.net.ve


  a.. Después del resumen se indicarán las palabras clave y si se trata de una presentación oral o de un cartel. También debe indicarse el área a la cual corresponde el trabajo en función de los temas centrales del congreso.   b.. Se aceptará un máximo de dos resúmenes por autor. Los resúmenes serán enviados como archivo adjunto por correo electrónico a las direcciones del congreso, o por correo convencional rápido en disquete debidamente identificado.
N y sede o
DIRECCIÓN DEL COMITÉ ORGANIZADOR V Congreso Venezolano de Geografía:
Vía. Los Chorros de Milla, Oficina UFORGA, Entrada a LABONAC, Casita de Madera. Facultad de Ciencias Forestales y Ambientales. Universidad de Los Andes. Mérida, Venezuela
Telf. 0274-2401650 - 2445973
FAX. 0274- 2445973
e-mail: covegeog@ula.ve , uforga@ula.ve , WEB: www.cidiat.ing.ula.ve/covegeog ó covegeo@ula.ve

MÉRIDA, LA CIUDAD TURÍSTICA Y ESTUDIANTIL DE VENEZUELA
Mérida es una de las ciudades más bellas de Venezuela. La "Ciudad de los Caballeros", como también se le conoce, fue fundada en 1558, en medio de los más hermosos paisajes de la zona central del valle del río Chama, con vista a las imponentes Sierra Nevada de Mérida, al Sur, y Sierra de La Culata, al Norte. Mérida está asentada en una extensa terraza, con altitud promedio de 1650 msnm, y posee un agradable clima tropical con temperatura media de 19 °C.

A lo largo de su historia la ciudad ha tenido un determinante papel en el desarrollo del país, destacándose el apoyo que su noble gente dio al proceso independentista venezolano. Mérida fue el primer pueblo en otorgar el título de Libertador a Simón Bolívar, Padre de la Patria, en 1813. Su Bicentenaria Universidad de Los Andes (1785), referencia fundamental en el desarrollo científico y cultural de Venezuela, y la belleza de sus paisajes, presidido por las nieves eternas del majestuoso Pico Bolívar le han permitido a la ciudad ganarse el título de Ciudad Turística y Estudiantil de Venezuela.

SEDE DEL CONGRESO.
El congreso se realizará en diferentes instalaciones del Parque La ISLA; una antigua Hacienda Merideña fundada en 1888 y convertida desde 1968 en sede de importantes instituciones gubernamentales y académicas de la ciudad. Hoy el parque La Isla alberga al Centro de Convenciones MUCUMBARILA, la Corporación de Desarrollo de Los Andes (CORPOANDES), el Centro de Interamericano de Desarrollo e Investigación Ambiental y Territorial (CIDIAT-ULA), un Jardín de Infancia, el parque recreativo-infantil más emblemático de Mérida, áreas de estacionamiento y la vieja Casona de la hacienda, en la cual se tiene previsto el desarrollo de actividades culturales del Congreso. Todo en un entorno natural enmarcado entre los ríos Milla y Albarregas.

HOSPEDAJE EN MÉRIDA
Las posibilidades de hospedaje en Mérida son múltiples y abarcan desde hoteles 4 estrellas hasta posadas. Todos con buenos servicios y bajos costos. Los siguientes hoteles, inmediatos a la sede del Congreso, ofrecen tarifas especiales para los participantes del V COVEGEOG. Desde éstos pueden hacerse el recorrido a pie o en transporte público hasta la sede del congreso.

HOTELES RECOMENDADOS:

      HOTEL MUCUBAJÍ (2 ESTRELLAS).
      Av. Universidad. Telf. 00 58 274 2447080 2443461 FAX 2440076
      Edificio de 5 pisos. Ubicado a unas 10 cuadras del Parque la Isla. Hotel tradicional de la ciudad en la atención de turistas y visitantes de negocios o académicos. Atención amena y familiar. Estacionamiento. Restaurante Buena comida, precios solidarios. Hotel de reconocido prestigio y servicio.
     TARIFAS *
      Habitación Sencilla 15000,oo       Habitación Doble
      19000,oo       Habitación Triple 24000,oo       Las tarifas ya tienen 50% de descuento       HOTEL PRADO RÍO. (3 ESTRELLAS).
      Av. Universidad. Frente a Minfra. Telf. 00 58 274 2520704, 2520775 FAX 2520229.
      e-mail: pradorio@intercable.net.ve www.hotelpradorío.com.ve
      Edificio de dos pisos. Habitaciones y cabañas. Ubicado en medio de amplias zonas verdes y jardines. Restaurante, bar, Piscina, estacionamiento. Hotel de alto prestigio, excelente servicio y tradición.      TARIFAS *       Cabaña sencilla



      40000,oo      Habitación o Cabaña Matrimonial o Doble
      52000,oo      Cabaña Cuatro personas:

      68000,oo       Las tarifas ya tienen 20% de descuento       Otros hoteles y posadas con categorías y precios similares serán incorporados progresivamente.

* Bolívares 1920,oo x US$

AGENCIA DE VIAJES:
Occidente Viajes y Turismo (OCCIVIAJES C.A.)
La agencia de viajes ofrecerá facilidades para la reservación y adquisición de boletos, desde de cualquier ciudad de Venezuela. Además ofrece facilidades para el chequeo en los aeropuertos nacionales y reconfirmación de boletos directamente en la sede del evento.
Av. 4 Bolívar. Residencias Freddy. PB. Teléfonos 0274 2526133 2524481 252 FAX. 0274 2526031
e-mail. occiviajes@intercable.net.ve Mérida, Venezuela. (Atención Sra. Delisa Varela).

PLANILLA DE PREINSCRIPCIÓN
      Nombre:       Grado académico:       Institución:       Cargo:       Dirección:       Teléfono Hab:       Oficina:       Celular:       FAX:       E-mail:       Tengo la intención de participar como:       Ponente (Oral)      Ponente (Cartel):      Asistente:      Expositor:       Título tentativo del trabajo:

      Comité Organizador del V Congreso Venezolano de Geografía      Ceres Isabel Boada
      Elías Méndez Vergara
      Luis A. Sandia R.
      Ana Hilda Duque
      Irma Guillén
      Pedro Rondón
      Víctor Sánchez
      María Teresa Delgado
      Lourdes Vela      Presidente
      Vicepresidente
      Secretario Ejecutivo
      Tesorera
      Sec. de Relaciones Interinstitucionales
      Secretario Técnico
      Secretario de Logística
      Vocal
      Vocal


PROGRAMA TENTATIVO
V CONGRESO VENEZOLANO DE GEOGRAFÍA
Mérida, 29 de noviembre al 03 de diciembre de 2004
        Lunes 29/11      Martes 30 /11      Miércoles 01/12      Jueves 02/12      Viernes 03/12       M
      A
      Ñ
      A
      N
      A       Inscripción y Retiro de Material      Conferencia Magistral      Conferencia Magistral      Conferencia Magistral
      Plenaria Final       Mesas de Trabajo      Mesas de Trabajo      Mesas de Trabajo       Refrigerio      Refrigerio      Refrigerio       Mesas de Trabajo      Mesas de Trabajo      Mesas de Trabajo       T
      A
      R
      D
      E      Inscripción y Retiro de Material      Mesas de Trabajo      Mesas de Trabajo      Mesas de Trabajo       Refrigerio      Refrigerio      Refrigerio       Acto de Instalación      Mesas de Trabajo      Mesas de Trabajo      Mesas de Trabajo       Noche
     Brindis de Bienvenida        Noche Típica        Fiesta de Despedida

A lo largo de la semana se realizará una exposición de Artesanía.
Durante el desarrollo del V COVEGEOG se realizarán de manera paralela cursos de (duración breve), almuerzos conferencias y salidas de campo. Oportunamente se ofrecerán también actividades turísticas para el fin de semana. Ambos tipos de actividades son opcionales y tendrán costos adicionales módicos para los interesados.
FORMATO DE LAS PONENCIAS (TRABAJOS EN EXTENSO).
Las ponencias (trabajos en extenso) tendrán un máximo de 10 páginas tamaño carta, incluidas figuras, mapas, gráficos y bibliografía. Serán escritas en Microsoft Word, letra Arial 11, a espacio simple, alineación justificada y con márgenes superior e izquierdo de 2,5 cm., e inferior y derecho de 2 cm. Los párrafos serán separados por una línea y sin sangría. Las páginas serán numeradas en el borde inferior derecho. Los gráficos, figuras y mapas deberán estar insertos en el texto con formato JPG. Los trabajos podrán ser enviados por correo electrónico a las direcciones del congreso siempre y cuando el tamaño de los archivos puedan ser transferidos por esa vía. Las ponencias cuyos archivos excedan el tamaño de transferencia electrónica deberán enviarse por correo convencional rápido en CD o diskette a la dirección del comité organizador. Los ponentes comunicarán al Comité Organizador del envío de la(s) ponencia(s) y verificarán que la misma sea recibida sin inconvenientes.
Se aclara que todos los ponentes, tanto con presentación oral o con cartel (póster) deben enviar su ponencia en extenso cumpliendo con las especificaciones de formatos aquí presentadas.
PRESENTACIÓN DE LAS PONENCIAS
Presentación oral:
Los trabajos podrán ser presentados mediante el uso de video beam, retroproyectores de transparencias o proyectores de diapositivas. Con el envío de la ponencia en extenso, se debe indicar cuales de estos equipos serán requeridos para la presentación del trabajo. Los ponentes con presentaciones mediante video beam deberán entregar el archivo con antelación a la coordinación de la mesa que corresponda, a fin de que esté almacenada en el equipo antes del inicio de cada jornada.
Presentación en cartel:
Los carteles deben ser elaborados en una lámina de 120 cm. de alto por 90 cm. de ancho. El contenido y diseño artístico de la misma es libre, pero se debe procurar cubrir las distintas fases del desarrollo técnico presentado en el documento en extenso.
Nota: Quienes presentan sus trabajos en cartel deben enviar igualmente el trabajo en extenso cumpliendo con el formato indicado.

IV Encontro Paraibano de Apicultores

Se realizará de 15 á 16 de Outubro de 2004  em Cajazeiras no Colégio Diocesano (tel. 531-4277). As caravanas de apicultores estarão chegando no dia 14/10 para o jantar e iniciarmos no dia 15 conforme o previsto. Esse encontro tem o objetivo de reunir os vários apicultores do estado para trocar experiências, se capacitar e encaminhar ações estaduais conjuntamente.

Rede Abelha Paraíba
REDE ABELHA PARAÍBA             -         

     Apoio: AS-PTA/PB, PATAC, Cáritas Brasileira Regional NE II, UTOPIA.
                                                             

14 á 16 de Outubro de 2004  - Colégio Diocesano - Cajazeiras - PB.

Programação do Encontro:          

   15/10/04 - Sexta-feira             

M  a  n  h  ã

08:00 h - Acolhida e apresentação (Gilvan e Hélio);         

8:30 h - A abelha e o meio ambiente (João Macedo);

10:30 h  - Lanche;

11:00 h -  Mutirão de novidades apícolas- por micro- regiões (João Macedo).

12:00 h - Almoço;

    16/10/04 - Sábado

08:00 h - Mística (Pádua).

08:30 h - Oficinas temáticas: * Novos apicultores- Biologia das abelhas; manejo apícola (Valterlândio, Gilvan, Pádua e Angineide) * Apicultores com mais experiência - Manejo apícola; Melhoramento de rainhas (Ir.Urbano, Raimundo, João, Jailço, Hélio, Ronildo)       

11:00 h - Concluindo o Encontro. (João e Ronildo)  

  - Informes; - Encaminhamentos; - Avaliação

. 12:00 h - Almoço;  

T  a  r  d  e 14:00 h - Mel com qualidade/mel orgânico/comercialização - Experiência de Simplício Mendes/PI              (Raimundo) .

Apresentação Ronildo.

15:30 h - Lanche 1

7:00 h - Organização dos apicultores (Jailço)
  N  o  i  t  e Vídeos: Apicultura     Semente da paixão Confraternização (Hélio e Gilvan)

 

Apreciados amigos y amigas
El programa de Ingeniería Agroecológica de la Universidad de la Amazonia, tiene el gusto de invitarlos al II SEMINARIO INTERNACIONAL Y I ENCUENTRO NACIONAL DE AGROECOLOGIA EN COLOMBIA a realizarse en la Ciudad de Florencia, los dias 16 al 19  de noviembre de 2004; evento que se realizará en las instalaciones de la Universidad de la Amazonía, por lo que estamos convocando a todos los profesionales, estudiantes y productores del sector agropecuario, que estén interesados en direccionar y profundizar sus conocimientos hacia el enfoque agroecológico. En esta segunda versión internacional y primera nacional se abordará como temática principal los Sistemas Agroecológicos como una alternativa de producción sostenible para la agricultura.
Posteriormente se confirmará la fecha, la programación y los invitados especiales nacionales e internacionales para el evento. Se cuenta con la participación de conferencistas internacionales como ANA PRIMAVESI - BRASIL Interacciones Suelo-Agua-Planta-Animal SEBASTIÃO PINHEIRO ­ BRASIL Remineralización de Suelos en la Amazonia PEDRO PABLO DEL POZO ­ CUBA             Ganadería Agroecológica
Y conferencistas Nacionales JAIRO RESTREPO RIVERA La Agroecologia como base para la trancicon a una Agricultura Ecologica UITA
HECTOR JULIO SASTRE Ganaderia Ecologica Fundacion Amanecer
CARLOS ARANGO Perspectiva de Investigación en Agroecología
LUIS ALEJANDRO PEDRAZA Organización de Agricultores en Colombia
MARTIN PRAGER Universidad Nacional de Palmira
PEDRO IZQUIERDO IICA. Bogotá
MARINA DE PRAGER Universidad Nacional de Palmira
EXPERIENCIAS DE INVESTIGADORES Y PRODUCTORES LOCALES

I ENCUENTRO ANDINO DE DERECHO FORESTAL AMBIENTAL CON ENFOQUE COMUNITARIO < http://www.rds.org.co/eventos-cuadro.htm?x=13008 > Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales - FLACSO. Páez N19- 26 y Avenida Patria. (esq). Quito- Ecuador Conocer los puntos de vista de los sectores involucrados en el tema, como las comunidades, el sector Estatal y la empresa privada o el sector productivo. Fecha del Evento: 13, 14 y 15 de octubre del 2004 Contacto: Centro Ecuatoriano de Derecho Ambiental  - info@ceda.org.ec

"Simpósio sobre conhecimento tradicional e conservação da agrobiodiversidade"

Realização

Departamento de Ciências Biológicas - ESALQ/USP

Departamento de Ciências Florestais - ESALQ/USP

Departamento de Genética - ESALQ/USP

__________________________________________________________________________

Coordenação

Prof. Flavio Bertin Gandara - ESALQ/USP

_________________________________________________________________

Organização

Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais - IPE F

_________________________________________________________________

Data

11 e 12 de novembro de 2004 _

Local

Anfiteatro do Pavilhão da Engenharia - ESALQ/USP, Piracicaba, SP.

_________________________________________________________________

OBJETIVOS:

- Divulgar a importância do conhecimento tradicional na conservação da diversidade em todos os níveis e o papel dos pesquisadores em resgatar e conversar esse conhecimento;

- Levantar discussões sobre as questões éticas intrínsecas a essas pesquisas, bem como a legislação referente ao acesso aos recursos genéticos e ao conhecimento tradicional.

Público Alvo

- Estudantes de graduação dos cursos de Ciências Biológicas, Engenharia Agrícola, Engenharia Florestal e outros cursos relacionados ao tema;

- Estudantes de pós-graduação das áreas de Genética, Ciências Biológicas, Ciências Florestais, Ecologia, Etnobiologia e outras relacionadas ao tema;

- Professores e demais profissionais trabalhando direta ou indiretamente com a biodiversidade e sua conservação;

- Formadores de políticas públicas;

- Curadores de bancos de Germoplasmas;

- Administradores de Unidades de Conservação;

- Profissionais do Terceiro Setor, Empresas trabalhando direta ou indiretamente com bioprospecção.

PROGRAMAÇÃO DETALHADA

- 11 DE NOVEMBRO

09:00 - 10:00 Entrega de material.

10:00 - 10:30 Cerimônia de Abertura.

10:30 - 12:00 Conferência "Cultural memory and biodisersity".

Virginia Nazarea, Universidade da Geórgia.

12:00 - 14:00 Almoço.

14:00 - 15:00 Palestra "Manejo tradicional de sementes e diversidade genética".

Dominique Louette, CONAMA.

15:00 - 15:30 Intervalo para café.

15:30 - 17:30 Mesa redonda "Conhecimento tradicional e diversidade genética".

Moderador: Nivaldo Peroni, NEPAM/UNICAMP.

"Variedades tradicionais de milho: diversidade genética e importância cultural na comunidade Guarani-Mbyá da Ilha do Cardoso, SP".

Adriana Felipim, Centro de Trabalho Indigenista (CTI).

"Diversidade genética e conhecimento tradicional associado a cultivares de mandioca no Vale do Ribeira, SP".

Nivaldo Peroni, NEPAM/UNICAMP.

"Diversidade genética de inhame e batata-doce associada à agricultura tradicional no Vale do Ribeira, SP".

Elizabeth Ann Veasey, ESALQ/USP.

"Manejo e conservação da agrobiodiversidade na agricultura familiar via bancos comunitários de sementes".

José Maria Tardin, AS-PTA, PR.

"Valor da diversidade para os agricultores do vale do Ribeira, SP".

José de Moura, Agricultor - Iporanga, SP.

17:30 - 19:00 Apresentação de painéis.

19:00 Happy Hour.

- 12 DE NOVEMBRO

08:30 - 09:30 "Diversidade da floresta tropical e práticas tradicionais da agricultura itinerante".

William Baleé, Tulane University.

09:30 - 10:00 Intervalo para café.

10:00 - 12:00 Mesa redonda "Conhecimento tradicional e diversidade de espécies".

Moderador: Renato Veiga, IAC.

"Etnomicologia dos índios Yanomami".

Noemia Ishikawa, INPA.

"Conhecimento tradicional na identificação e uso de plantas medicinais".

Lin Chau Ming, UNESP.

"Conhecimento tradicional sobre plantas medicinais do cerrado".

Representante da Articulação Pacari.

12:00 - 14:00 Almoço.

14:00 - 15:45 Mesa redonda "Acesso à biodiversidade e repartição de benefícios".

Moderador: Paulo Kageyama, MMA.

"Extração de Fitoterápicos".

Representante da ALANC (Associação dos Laboratórios farmacêuticos Nacionais).

"Extração de Fitocosméticos: uso comercial e repartição de benefícios".

Fer nanda Fer raz, Natura.

"Biodiversidade, bioprospecção e genômica aplicada".

Paulo Arruda, Alellyx Applied Genomics.

15:45 - 16:15 Intervalo para café.

16:15 - 17:15 Conferência "Questões éticas relacionadas à pesquisa envolvendo acesso a conhecimento tradicional". (Palestrante a confirmar)

17:15 - 18:15 Conferência "Legislação relacionada ao acesso a conhecimento tradicional".

Cristina Maia Azevedo do Amaral, CGEN/MMA.

18:15 Happy Hour.

Submissão de trabalhos

- Serão selecionados trabalhos para apresentação em forma de pôster no primeiro dia do evento por meio do envio de resumos.

- Prazo para envio dos resumos 11/10/2004.

- O resumo do trabalho deverá ser enviado somente via online, no e-mail afolivei@esalq.usp . br .

- Encaminhe somente resumo de trabalho inédito (não publicado).

- O autor apresentador do trabalho deverá estar inscrito no simpósio.

- A submissão do trabalho somente será considerada após a realização do preenchimento da ficha de inscrição (via online) e a efetivação do pagamento, via fax (19) 3436-8603, indicando nome do participante e a que evento se refere.

Normas para elaboração de resumos

1) O resumo deverá ser escrito de maneira clara e objetiva, contendo título, autores, introdução, métodos, resultados e conclusões ;

2) O resumo deverá ser editado em Word for Windows 6.0 e apresentar a seguinte formatação: Arial, tamanho 10, cor preta, espaçamento simples e utilizar itálico nos nomes científicos;

3) Os resumos deverão ter, no máximo, 500 palavras de texto, excluindo-se o cabeçalho (título, autores e seus endereços) e a fonte financiadora, quando for o caso.

4) O cabeçalho deverá conter: título do trabalho e autores com os dados de sua situação profissional e instituição de trabalho.

4.1) O título do trabalho deverá ser curto, objetivo e compatível com o texto do resumo, escrito em caixa alta (exceto os nomes científicos) e em negrito;

4.2) Após o título do trabalho deverão ser citados os autores. Os nomes dos autores deverão ser escritos por extenso, iniciando com o sobrenome principal, em maiúsculas, seguidos de número-índice, em sobrescrito, que servirá para identificar os dados dos autores (a situação profissional - graduando, pós-graduando, docente, pesquisador etc - e vinculação institucional) explicitados em seguida. O autor responsável pela apresentação do trabalho dever ter seu nome sublinhado e seu endereço eletrônico incluído ao final do cabeçalho. Se os dados de dois ou mais autores forem os mesmos, usar o mesmo número-índice.

5) O texto do resumo deverá ter um único parágrafo justificado, sem figuras, gráficos ou tabelas e não deverá conter citações bibliográficas. Instituições financiadoras deverão ser citadas ao final do texto, entre parênteses.

A área reservada para cada painel será rigorosamente de 1m x 1m. O painel que estiver fora do padrão estipulado para o evento será excluído.

Os autores dos resumos aprovados serão notificados um mês antes do evento.

Concurso fotográfico: "Um olhar sobre a agrobiodiversidade"

Durante o simpósio será realizado um concurso fotográfico com o tema "Um olhar sobre a agrobiodivesidade". Para participar é necessário que o autor da foto esteja inscrito no evento. Cada autor poderá concorrer com até três fotos. As fotos deverão ter 25 x 20 cm, na qual deverá constar o título e devem ser enviadas ao IPEF - Setor de Eventos , juntamente com uma cópia da ficha de inscrição preenchida diretamente na home page do IPEF. A comissão se reserva o direito de realizar uma seleção prévia de fotos, sendo que as pré-selecionadas serão expostas durante o evento. As fotos serão avaliadas pelos organizadores do evento, sendo seu julgamento soberano e irrecorrível. Os quesitos a serem avaliados serão: originalidade, adequação ao tema e arte. Os originais não serão devolvidos após o evento. As fotos deverão ter data do correio até 11/Out.

Endereço para envio das fotos e cópia da ficha de inscrição:

- Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais - IPEF

Setor de Eventos

Att .: Aline Formággio

Av. Pádua Dias, 11 - ESALQ/USP

13400-970 - Piracicaba - SP

NÚMERO DE VAGAS: 280

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES NO ENDEREÇO:

http ://www. ipef . br /eventos/2004/agrobiodiversidade.asp

IV Ciclo de Palestras sobre a Heveicultura Paulista
Período: 24 e 25/11/2004
Local: Bebedouro, SP
Promoção: Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo - SAA e Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha - APABOR
Informações: apabor@apabor.org.br ou (17) 235-1088

SEMINARIO DE BIOCOMERCIO SOSTENIBLE, LEGISLACION Y NACIONAL E INTERNACIONAL PARA CERTIFICACION DE PRODUCTOS AGROPECUARIOS ECOLÓGICOS < http://www.rds.org.co/eventos-cuadro.htm?x=14678 > Barranquilla, AUDITORIO "GLORIA OROZCO DE ALVEAR" Producción Agropecuaria Ecológica y biocomercio sostenile Fecha del Evento: Octubre 28 de 2004 Contacto: sarita.guzman@cotecna.com.co

DIVULGADA A PROGRAMAÇÃO TÉCNICA DO 2º SRGSR


Já está disponível a programação técnica final do 2º Simpósio Regional de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto, que será realizado de 10 a 12 de novembro, no Auditório da Universidade Tiradentes, em Aracaju (SE). O evento é uma promoção da Embrapa Tabuleiros Costeiros - unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - em parceria com a Rede Sergipe de Geotecnologias (Resgeo). Os interessados podem conferir a programação completa do simpósio no site http://srgsr.cpatc.embrapa.br/programa.html .

A abertura do evento será no dia 10, às 20 horas, com uma palestra do Chefe da Divisão de Processamento de Imagens do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Antônio Miguel Vieira Monteiro. Durante o simpósio, serão realizadas várias mesas redondas sobre os temas: agropecuária e agrometeorologia; planejamento territorial; cartografia e direitos autorais de produtos digitais; recursos hídricos; GIS aplicado à indústria de petróleo; monitoramento ambiental; e educação e ensino de geotecnologias. Também serão apresentados trabalhos, em exposição de painéis, que farão parte dos anais do evento.

O objetivo do simpósio é promover o intercâmbio técnico-científico nas áreas de geoprocessamento e sensoriamento remoto entre as diferentes instituições de pesquisa e ensino da Região Nordeste do Brasil. O evento visa atingir pesquisadores, professores, profissionais em geral e estudantes das áreas de Agronomia, Arquitetura, Biologia, Engenharia Florestal, Engenharia Agrícola, Engenharia Cartográfica, Engenharia Civil, Geologia, Geografia e áreas afins. Maiores informações estão disponíveis no endereço http://srgsr.cpatc.embrapa.br/ .

Eduardo Pinho Rodrigues
edpinho@cpatc.embrapa.br

Fonte : Embrapa Tabuleiros Costeiros

Cursos de Agrofloresta com Ernst Götsch - Ano III

15 a 20 e 22 a 27 de Novembro de 2004 Na Oca Brasil Chapada dos Veadeiros, Goiás Ernst Götsch Agricultor e pesquisador radicado no Brasil a mais de vinte anos. Em sua fazenda no sul da Bahia reflorestou uma área superior a 100 ha utilizando uma nova visão de agricultura que concilia o ser humano com o meio ambiente.  Em suas próprias palavras: " Estou tentando criar, em cada parte do mundo onde intervenho como agricultor, agroecossistemas que sejam parecidos, na sua estrutura ( ou sua forma de funcionar ) e na dinâmica, ao ecossistema natural e original do lugar. Ao mesmo tempo, tento deixar como resultado de todas as minhas intervenções (operações), um resultado positivo no balanço de vida e de energia complexificada em carbono, tanto no sub-sistema da minha intervenção, quanto no macroorganismo Planeta Terra. Ou em outras palavras; para cada passo que ando e para tudo em que intervenho, previamente me pergunto: o que posso fazer para que como resultado da minha presença e das minhas intervenções nasçam e se desenvolvam sistemas mais prósperos, mais vida com toda a sua abundância e mais complexidade em todos os seus aspectos no Planeta Terra, do qual somos parte, e não mais importantes do que todas as outras espécies ."

Oca Brasil

A Oca é uma Ong que atua no entorno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e se dedica a agrofloresta, dentre outros projetos. O Ernst já vem acompanhando esse trabalho a mais de 4 anos. Ela está localizada no município de Alto Paraiso de Goiás, na Chapada dos Veadeiros. ( www.ocabrasil.org.br ) Os cursos Os cursos terão duração de 5 dias inteiros (as pessoas deverão chegar um dia antes e poderão sair um dia após o encerramento). O tempo será concentrado em torno da prática de implantações e manejos de agroflorestas aproveitando que estaremos no início da época de chuvas. Aulas teóricas (e vídeos - no primeiro curso em Alto Paraiso) também acontecerão diariamente. Curso 1 Data : 15 a 20 de Novembro de 2004 (Chegada no dia 14 e saída no dia 21) Vagas : 20 participantes Local : Sede da Oca Brasil, Alto Paraiso, Goiás. Conjunto de chácaras bem na saída da cidade (a menos de 2km da rodoviária). Tópicos :
. Implantação de sistemas agroflorestais (SAFs)
. Estratégias na manutenção de SAF's
. Quintais produtivos (exemplos na prática)
. Produção de hortaliças no quintal agroflorestal Curso 2 Data : 22 a 27 de Novembro de 2004 (Chegada no dia 21 e saída no dia 28) Vagas : 20 participantes Local : Fazenda São Miguel, Alto Paraiso, Goiás. Área de proteção de propriedade da Oca situada as margens do rio São Miguel próximo ao povoado de São Jorge, entrada do parque nacional da Chapada dos Veadeiros. Estrutura bem rústica sem luz elétrica. Tópicos :
. Cerrado o lugar dos frutos
. Passos na transformação de áreas improdutivas e empobrecidas em agroflorestas ricas e biodiversas, sob inclusão de fruteiras e madeiras nativas e de outros recursos do próprio lugar, sem ou com uso baixo de insumos
. Recuperação de áreas alteradas e abertas próxima a um rio, mediante ao estabelecimento de jardins florestais Investimento :
R$ 650 por pessoa cada curso incluindo todas as refeições naturais e vegetarianas e lugar para acampar (6 noites). A inscrição deve ser confirmada com o depósito de 50% em conta corrente, o restante deverá ser pago no dia da chegada. Maiores informações :
Fone/fax 62-446-1166 (horário comercial)
email: comunidade@ocabrasil.org.br ou decio@agrofloresta.net
trazer: barraca, agasalho, lanterna, capa de chuva e facão.
Conta para depósito do sinal:
Banco do Brasil
Oca Brasil ac ag. 4546-2
c/c: 5001-6
CGC: 02.938.238/0001-98 Na internet :
Registro fotográfico dos cursos anteriores em  www.agrofloresta.net/fotos/
Veja também a entrevista que ele deu ao Jornal da Biosfera durante um dos cursos em  www.agrofloresta.net/artigo/jbio/ E mais informações  sobre agrofloresta. Ajude-nos a divulgar estes cursos!

Pirmer Congreso Binacional en Agroecología e Innovación Tecnológica

     Red de Acción en Alternativas al uso de Agroquímicos
      Primer Congreso Binacional Perú-Ecuador
      En Agroecología e Innovación Tecnológica
      Piura 25, 26 y 27 Nov. 2004         CONVOCATORIA
       Presentación
      Existe toda una corriente mundial de preocupación por los problemas ambientales que agobian a nuestro planeta. Una de las tantas fuentes de contaminación, de nuestros recursos naturales, es la actividad agropecuaria convencional , que está basada principalmente en el uso intensivo de insumos externos; entre ellos, productos químicos que afectan la vida en el ecosistema.
      La producción de alimentos orgánicos crece a una tasa bastante elevada, en todo el mundo, y ello es solo el reflejo de la toma de conciencia ambiental de los consumidores, quienes quieren estar seguros de que los alimentos que ingieren, realmente los nutran y no les causen daño a su salud.
      En la región norte del Perú, desde hace ya varios años, se vienen cultivando productos orgánicos, como son los casos del café, el banano, el mango etc.
      En este afán de limpiar la agricultura, la RAAA viene desarrollando, desde el año 1994, en Piura y Tumbes, al igual que en el resto del Perú, su Programa de  Investigaciones Agroecológicas; principalmente en lo que se relaciona con el Manejo Ecológico de  Suelos y el Manejo Ecológico de Plagas. Estas investigaciones se han realizado, principalmente, como tesis de los estudiantes de agronomía de las Universidades Nacionales de Piura y Tumbes, pero también como trabajos de investigadores de otras Instituciones regionales.
      Otras Universidades e Instituciones de Investigación, de nuestro país y del vecino país hermano del Ecuador, también viene realizando investigaciones sobre alternativas tecnológicas para una agricultura sostenible, que no degrade los recursos naturales, no contamine el ambiente ni afecte a la salud e las persona y del ecosistema en general, sin dejar de ser económicamente rentable y socialmente equitativa.
      En este entendido, la RAAA, la Universidad Nacional de Piura, La Dirección Regional Agraria Piura, la Gerencia de Recursos Naturales y Gestión Ambiental del Gobierno Piura, el Centro Binacional de Formación Profesional Mallares, y el CIPCA (Centro de Investigación y Promoción del Campesinado, han convenido en realizar el Primer Congreso Binacional, Perú-Ecuador, de Investigaciones Agroecológicas, para brindar a los investigadores de estos dos países, la oportunidad de presentar sus trabajos de investigaciones, en esta área,  realizados en los últimos años.
       Objetivo  General:       Presentar a los agricultores, instituciones, autoridades y personas interesadas, en general, resultados de investigaciones que significan alternativas ecológicas para el desarrollo de una agricultura sostenible.
       Objetivos Específicos:       - Presentar los resultados de las investigaciones agroecológicas, realizadas en los últimos años en Ecuador y   Perú.       - Fortalecer al movimiento agroecológico, a través del aporte de alternativas tecnológicas,   productos de la investigación científica,  para el desarrollo del agro.
       Dirigido a:
      Investigadores, agricultores, técnicos, estudiantes e instituciones  interesados en el desarrollo de la agricultura sustentable.
       Metodología
      CONFERENCIAS MAGISTRALES
      -  Análisis de la agricultura convencional y la innovación de tecnologías ecológicas para   el agro- RAAA       -  Investigación y Agroecología, Visión y Misión de la RAAA       -  Situación de las Investigaciones agroecológicas en el  Ecuador       -  Situación de las investigaciones agroecológicas apoyadas por la RAAA en el norte del   Perú.      
      PRESENTACIÓN DE TRABAJOS DE INVESTIGACIÓN
      La presentación de trabajos tendrá dos modalidades:       A)  Exposiciones orales       B)  Exposición en paneles       Se invita a todos los investigadores del Perú y Ecuador, a presentar sus trabajos de investigación, que hayan sido realizados en los últimos 5 años y que aun no hayan sido publicados o presentados en otros eventos.
      MESA REDONDA        "Perspectivas de las Investigaciones Agrocológicas en el Desarrollo de la  Agricultura Sostenible"
       Panelistas:                          Ø      Facultad de Agronomía de la Universidad Nacional de Piura                          Ø      Facultad de Agronomía de la Universidad Nacional de Loja                          Ø      INCAGRO                          Ø      SENASA                          Ø      RAAA
       Normatividad:
      a)  PARA LAS EXPOSICIONES ORALES DE INVESTIGACIONES:
      Máximo 15 páginas, incluyendo cuadros y gráficos. Adjuntar un Resumen en una sola página, donde figure    el nombre del o los autores
      - Deberá incluirse  la exposición en un diskett en versión windows 98.       - Cada expositor dispondrá de 15 minutos para su exposición mas 5 minutos para preguntas y Respuestas.       - El plazo para la recepción de los trabajos destinados a estas presentaciones, es el 12 de noviembre del presente año.
      b)  PARA LAS EXPOSICIONES DE INVESTIGACIONES EN PANELES:
       - Los expositores dispondrán de paneles de 1 m por 1.1 m, en los cuales presentarán los trabajos,       debiendo mantenerse el siguiente formato:        - Título y nombre del autor en el encabezamiento y en sentido horizontal.        - Luego, el resto del contenido se distribuirá en tres columnas del panel, manteniendo el siguiente  orden:       Resumen, Introducción, Hipótesis, Objetivo, Materiales, Métodos, Resultados, Conclusiones y Recomendaciones.        - El plazo para la recepción de los trabajos destinados a estas presentaciones, es el 12 de noviembre       del presente año.
      c)  PARA LAS CONFERENCIAS MAGISTRALES:
       - El expositor deberá remitir el resumen de su exposición, 15 días antes de la  fecha de inicio del evento,          en un máximo de 3 hojas        - Este documento formará parte del material a entregar a los asistentes.        - Documento, en extenso, deberá ser entregado, en versión impresa, por lo menos un día antes del inicio          del evento, a fin de poder ser fotocopiado y entregado a quienes lo soliciten, previo pago del costo de          la fotocopia.        - Tiempo por cada expositor: 30 minutos, mas 10 minutos para la absolución de preguntas.         
      d)  PARA LA MESA REDONDA
      - Se designará a un Director de Debates quien conducirá la Mesa.       - Cada panelista dispondrá de 10 minutos para el uso de la palabra, en una primera rueda, y 5 minutos adicionales en una segunda ronda.       - Así mismo, se designará a un relator, quien tomará nota de todas las intervenciones y prepará un         documento resumen final.  
      Certificación
       Se expedirá un certificado de asistencia a quienes hayan participado por lo menos en el 80 % de las actividades
      Fecha y lugar:                                 25, 26 y 29 de octubre de 2004                                 Auditorio- Universidad Nacional de PIURA/Campus Universitario                                 Piura -Perú                                 Teléfonos:
      Informes e inscripciones:
      Costo       Inscripción general:   S/. 35,00 soles, ó 10 dólares       Estudiantes:              S/  25,00  soles u  8 dólares.
      La inscripción les da derecho a recibir los resúmenes de los trabajos presentados y a los correspondientes refrigerios, durante los 3 días del evento.
      Coordinación Macro Regional       Norte de la RAAA: CIPCA       rpineda@raaa.org       rpineda@cipca.org.pe       Teléfono (51) 073 -342860       Cel. 992 1257
      RAAA : Jr. Julio Rodavero 682       Urb. Las Brisas, Lima 1       Teléfono: (51) 1-4257955       Telefax: (51) 1- 3375170/3375386       investigacion@raaa.org       hvelasquez@raaa.org http://www.raaa.org
      Loja Ecuador:       Universidad Nacional de Loja       e-mail: jivgl@yahoo.es 

      Red de Acción en Alternativas al Uso de Agroquímicos.       Jr. Julio Rodavero 682 Urb. Las Brisas, Lima 1       Telefax: (511) 4257955-  3375170- 3375386 e-mail: raaaperu@raaa.org http://www.raaa.org

PALESTRA SA 8000 ­ RESPONSABILIDADE SOCIAL NA EMPRESA

*         Data e hora: 26 de Outubro de 2004 ­ 3ª feira ­ 9:30 às 11:30 horas
*        Local: Auditório da Séc. Estadual de Desenvolvimento Social ­ Rua Bela Cintra, 1032 ­ térreo (próximo ao Metrô Consolação) ­ São Paulo/SP.
*        Informações: (011) 3257-9660/ 3259-1846
*        Inscrições: < http://www.maisprojetos.com.br/agenda/inscricao_gmga.htm > http://www.maisprojetos.com.br/agenda/inscricao_gmga.htm


RESUMO: A SA 8000 é a norma que especifica requisitos para a responsabilidade social. É o certificado que constitui a materialização de um consenso ético-normativo sobre a responsabilidade social das empresas, sob as prerrogativas da Declaração dos Direitos Humanos das Nações Unidas. A SA 8000 aplica-se universalmente a qualquer empresa interessada na melhoria contínua das questões relacionadas com a responsabilidade social, independentemente de sua localização geográfica, de seu ramo de negócios ou de seu tamanho. De 1998 (surgimento da norma) até o momento, tivemos 310 empresas certificadas no mundo, sendo que no Brasil 41 empresas já foram certificadas pela SA-8000


PALESTRANTE: Mona Abdelnur Chamma, pós-graduada em Administração Hospitalar, Qualificada pela American University Washington em implantação de Programa de Saúde e Qualidade de Vida. Participante dos Cursos de Gestão Empresarial em Qualidade de Vida no Trabalho da USP e Princípios e Práticas de Responsabilidade Social nas Empresas pela Fundação Getúlio Vargas. Atuação como coordenadora em níveis gerenciais e diretivos na área de Qualidade de Vida e Responsabilidade Social da Givaudan do Brasil (empresa certificada SA-8000). Desenvolve trabalhos de conscientização junto a grandes empresas, divulgando experiências bem sucedidas com implantações e processos para a necessária transformação organizacional.

IMPORTANTE:

Garanta já sua vaga para o 3º Encontro Multidisciplinar de Gestão Ambiental no link: http://www.maisprojetos.com.br/agenda/programacao_eventos.htm

(*) Evento Corporativo de Atualização Profissional pago.
Grade de conteúdo construída a partir do resultado da enquete < http://www.maisprojetos.com.br/agenda/enquete_gmga_2004.htm >  realizada com mais de 200 profissionais atuantes e/ou com interesse na área sócioambiental


Atenciosamente,

Marilena Lino de Almeida Lavorato
  < http://www.grupos.com.br/grupos/gmga > Coordenadora do GMGA - Grupo Multidisciplinar de Gestão Ambiental
  < http://www.maisprojetos.com.br/ > Diretora Executiva da Mais Projetos Gestão Sócio-Ambiental

 

CBBC_Historia_Brasil
     Ecologia Quantitativa (Bioestatística)

      O Curso de Ecologia Quantitativa (Bioestatística) aplicada à Biologia da Conservação tem como objetivo abordar os conceitos de estatística e a aplicação dos testes estatísticos em trabalhos desenvolvidos pelos próprios participantes alem de gerar uma discussão profunda sobre metodologia científica, assegurando aos participantes as bases filosóficas necessárias para uma postura crítica em relação aos métodos. Ao lado desta abordagem teórica busca-se também dar aos participantes um domínio dos softwares mais comuns na área, de forma a facilitar seu trabalho e encurtar o caminho entre a coleta de dados em ecologia, história natural e biologia da conservação e sua publicação em periódicos científicos e de divulgação. Será dado também um cuidado especial a aspectos da comunicação cientifica, o que auxiliará os alunos na produção de seus trabalhos, inclusive teses de mestrado e doutorado.
      Ao final do curso, acompanhados dos professores, todos os alunos irão redigir um artigo científico sobre seus trabalhos, visando a praticidade e a forma correta de apresentar os resultados e as análises estatísticas em trabalhos científicos.
      Conteúdo:
      .  A lógica da estatística inferencial
        a.. .  Tipos de variáveis e testes estatísticos         b.. .  Elaboração de hipóteses         c.. .  Poder de teste e delineamento amostral         d.. .  Utilização de softwares estatísticos         e.. .  Qui-quadrado         f.. .  Teste para amostras dependentes         g.. .  Análise de variância (ANOVA): simples, fatorial e medidas repetidas         h.. .  Testes não-paramétricos (Teste U, Kruskall-Wallis,Teste de Wilcoxon)         i.. .  Regressão linear simples e múltipla         j.. .  Análise de covariância (ANCOVA)         k.. .  Regressão logística         l.. .  Análise de regressão não linear         m.. .  Estimativa de riqueza de espécie a partir de técnicas de reamostragem (Jackniffe)         n.. .  Análise multivariada aplicada a estudos de morfometria         o.. .  Estimativa de abundância por marcação e recaptura e por transecto linear      Prof. Dr. Paulo De Marco Jr.
      do Laboratório de Ecologia Quantitativa da Universidade Federal de Viçosa e membro do Conselho Didático do Centro Brasileiro de Biologia da Conservação/IPÊ
      Dr. Adriano Pereira Paglia
      Analista de Biodiversidade, Conservation International do Brasil.

      Inscrições: Até 02 de novembro       Dias: 10 a 20 de novembro

      À Vista: R$1.200,00       Parcelado: R$1.260,00 (6 X R$210,00)       Hospedagem e Alimentação inclusos

      IPÊ - Instituto de Pesquisas Ecológicas       Rod. D. Pedro I, Km 47 - Bairro Moinho - Nazaré Paulista (SP) (a 100 km de São Paulo) www.ipe.org.br ou cbbc@ipe.org.br       Tels: 11-4597-1327 (horário com.)Cel: 11-9634-3574




      Apoio:




         O QUE É O CBBC:
      O CBBC é um centro de treinamento interdisciplinar do IPÊ, sediado em Nazaré Paulista, e criado com o objetivo de multiplicar as experiências adquiridas em seus quase 20 anos de pesquisa e desenvolvimento socioambiental.
      No CBBC, além de Biologia da Conservação, são realizados cursos multidisciplinares nas áreas de Medicina da Conservação, Manejo da Vida Silvestre, Desenvolvimento Sustentável e Educação Ambiental. O centro busca atingir diversos públicos que incluem estudantes, universitários, educadores, profissionais de governo, setor privado e organizações não-governamentais. O objetivo é treinar multiplicadores que atuem em conservação e modelos de sustentabilidade oferecendo treinamento especializado e oportunidades iguais para todos.
      Desde 1996, o CBBC já capacitou mais de 730 alunos, envolvendo pessoas de diversos países da América Latina e Central. Para se ter uma idéia do alcance de ação do CBBC, nos últimos cinco anos, o aprendizado destes alunos já atingiu direta e indiretamente mais de 3.800 pessoas, segundo pesquisa realizada por nosso Centro. Mais de 60% dos profissionais treinados trabalham no Terceiro Setor ou em universidades.       Alguns dos cursos que o CBBC oferece já se tornaram referência em suas áreas de atuação como o Curso Latino Americano de Biologia da Conservação e Manejo da Vida Silvestre, Ecologia Quantitativa, Sensoriamento Remoto e Medicina da Conservação. Em avaliação geral das experiências dos ex-alunos com os cursos oferecidos pelo CBBC, 56% avaliaram como excelente e cerca de 43% como muito bom. Muitos desses cursos têm sido possíveis graças a acordos com instituições estrangeiras como o Programa Natureza e Sociedade - WWF/SUNY, a Smithsonian Institution, o Instituto Internacional de Educação do Brasil IIEB e o Wildlife Preservation Trust. Profissionais brasileiros e estrangeiros de alto nível e com grande experiência têm também colaborado para assegurar a qualidade dos cursos oferecidos.

Seminario Microbiología de los Abonos Orgánicos Fermentados  (AOF)

Tunja 6 de Octubre de 2004.

Nos permitimos informarles que el seminario Microbiología de los Abonos Orgánicos Fermentados  (AOF) se realizará durante los días 28 y 29 de Octubre de 2004  en Tunja; este seminario pretende profundizar en la actividad de los microorganismos presentes en el suelo y en los AOF, reconocer las especies bacterianas y fúngicas presentes de los mismos, buscar alternativas de optimización de los procesos microbiológicos y observar la correspondencia que existe entre los microorganismos de los AOF y los del suelo.
El seminario será orientado por los profesores Lucia Lozano, Investigadora del CIMIC de la Universidad de los Andes; David Gómez, Director de la Carrera de Microbiología Agrícola y Veterinaria  de la Pontificia Universidad Javeriana; Camilo Rodríguez, profesor de la cátedra de Microbiología de la Fundación Universitaria Juan de Castellanos y Francisco García, profesor del área de suelos de Fundación Universitaria Juan de Castellanos
Nos parece muy importante establecer un diálogo más directo entre agricultores y productores de abonos orgánicos fermentados, por lo cual consideramos que su participación enriquece la profundización científica y académica del seminario.




Atentamente,
José Francisco García Molano Fabio Aldemar Gómez Sierra Director del Programa de Agrozootecnia Director  de INICIEN

PROGRAMA

 

J ueves 28 de Octubre

 

7:00

Inscripción e instalación del seminario

 

8:00

El mundo de los microorganismos y su evolución

Rodríguez Camilo

 

9:00

Ecología Microbiana

Gómez David

 

10 : 30 .

Refrigerio

 

11 : 00

Microorganismos de los A.O.F.

Lozano Lucia

 

13 : 00

Almuerzo libre

 

14 : 00

Observación en medios de cultivo de los A.O.F.

Lozano Lucia

 

16 : 00

Refrigerio

 

16 : 30

Conversatorio

 

Viernes 29 de Octubre

 

8 :00

S uelo y ambiente del suelo

Gómez David

 

10 :00

Refrigerio

 

10 :30

Evolución de los microorganismos en los procesos de descomposición, fermentación y humificación .

Rodríguez, Camilo

 

12 :30

Almuerzo libre

 

14 : 00

Proceso de elaboración de los A.O.F.

García Francisco

 

16 : 30

Refrigerio

 

17 :00

Clausura del Seminario Taller

 

LUGAR

Auditorio Sede Álvaro Castillo Dueñas FUJC

Calle 17 No 9 - 03 Tunja.

INVERSIÓN

Estudiantes FUJC $ 80.000

Estudiantes externos $ 100.000

Profesionales y productores $ 150.000

Incluye : Seminario - taller, memorias, refrigerios, certificado y

transporte a la práctica (Tunja - Soracá - Tunja)

 

  INFORMES

Fundación Universitaria Juan de Castellanos

Instituto de Investigaciones Científicas. Inicien

Escuela de Ciencias Agrarias

e.mail: inicien@hotmail.com

CALLE 17 Nº 9-03 TUNJA Teléfonos: (0x8) 74381 38 - 7438139 - 7423668 Fax: (0x8) 740 15 41

Água e os Desafios das Co-existências no Semi-Árido
Diálogos Interdisciplinares sobre o manejo descentralizado da água

14 a 19 de novembro de 2004

Recife (PE) e Xingó (AL)

A BAN , Rede de Ex-Bolsistas de Berlim (Berlin Alumni Network), irá promover um Workshop Internacional em Xingó, a partir de diálogos sobre o manejo descentralizado da água do Nordeste Semi-Árido brasileiro.
Data: 14 a 19 de novembro de 2004
Tema: Água e os Desafios das Co-existências no Semi-Árido
Local: Companhia Hidroelétrica do São Francisco, Xingó ? AL
Informações Gerais: O Workshop apresenta uma estrutura que possibilita uma discussão interdisciplinar e científica de acordo com o tema, incentivando o intercâmbio entre os participantes e instituições diretamente envolvidas, além de traçar estratégias de melhorias para os programas de desenvolvimento da problemática ligados ao tema.
Este Workshop tem a intenção de estreitar os laços de cooperação internacional nas Instituições de Ensino Superior como base da manutenção da Rede. Dessa forma, os participantes terão a oportunidade de discutir projetos, parcerias, estratégias de desenvolvimento, e perspectivas, sempre sob uma ótica interdisciplinar e integrada.
Para tanto, as contribuições científicas (apenas uma proposta de participação) deve estar relacionada a um dos eixos temáticos que estarão mais detalhados a frente.  Estes trabalhos devem ser claros, objetivos, com abordagens atuais, contento exemplos e estudos de caso.
Os Eixos Temáticos são os seguintes:

? Estratégias para a co-existência no semi-árido: Conhecimento, Técnicas e Tecnologias;
? Variáveis Sócio-Econômicas e Culturais: Desafios e Potenciais;
? Conteúdo, Técnicas e Processos de Disseminação da Informação: Articulação entre o Saber Formal e Informal;
? Políticas-Administrativas e Aspectos Legais: Direitos, Deveres e Responsabilidade Social.
Os Eixos Temáticos serão compostos a partir de uma revisão dos Resumos e dos Trabalhos Completos até o último dia do prazo estipulado.

Idioma do Workshop: Português
Informações Adicionais: Serão enviadas juntamente com os Aceites dos Resumos.
Informações sobre apresentações: Serão enviadas juntamente com a Aceitação Final dos Trabalhos.
Fundos e Patrocínio: O orçamento disponível para os custos dos participantes é bastante limitado, e destinar-se-á apenas, aos ex-bolsistas da Rede. Estes custos dependerão da aprovação prévia do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico) e da Comissão Organizadora do Evento.
Valor de Inscrição: R$ 130,00.
Coordenador da BAN na Alemanha:
Sr. Patrik Simon Humboldt-University of Berlin ? LGF Invalidenstr. 42, 10099 Berlin, Germany Tel.: +49-30-20938435   Fax: +49-30-20938425 E-mail: admin@ban-hu.de
Coordenadora do Escritório Regional e do Evento
Profª Drª. Edvânia Torres Aguiar Gomes Universidade Federal de Pernambuco Centro de Filosofia e Ciências Humanas Avenida Moraes Rego S/N ? 4º andar - Cidade Universitária  Recife ? PE CEP. 50670.900 Telefone: 55 (081) 2126.7350 / Fax: 55 (081) 2126.8260 E-mail: ban2004@ufpe.br
Trabalhos do Workshop: Espera-se obter trabalhos de excelente nível para o evento. A Comissão Avaliadora dos Trabalhos irá procurar obter trabalhos de qualidade da forma mais precisa e eficiente possível. Todas as apresentações dar-se-ão de forma oral podendo utilizar transparências e / ou ?datashow?. Todos os trabalhos aceitos serão revisados e editados, a fim de serem publicados em forma de ?Proceedings?.
Calendário para Aceite de Trabalhos:
1ª Circular: 20 de agosto de 2004 Envio de Resumos: 20 de outubro de 2004 (Prazo Extendido) Aceites: 22 de outubro de 2004 (Prazo Extendido) Envio dos Trabalhos Completos: 29 de outubro de 2004
Visite: http://www.ufpe.br/ban2004 para obter informações atualizadas sobre o Workshop.

CONGRESSO BRASILEIRO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PARA AS INDÚSTRIAS DE BASE FLORESTAL E DE GERAÇÃO DE ENERGIA

O 2º Congresso Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável para as Indústrias de Base Florestal e de Geração de Energia ocorrerá do dia 13 a 15 de outubro de 2004, no Hotel Ouro Minas, em Belo Horizonte (MG). Os aspectos ambientais, econômicos e sociais do setor de base florestal brasileiro e o uso sustentável de florestas são algumas das pautas de discussão do encontro. O evento discutirá os temas: "Mobilização para o Fortalecimento do Setor Florestal"; "Sustentabilidade X Exigências do Mercado Atual e Futuro"; "Pólos de Desenvolvimento da Indústria de Base Florestal"; "Financiamento da Sustentabilidade do Setor Florestal"; "Complexo Florestal Industrial: Crescimento e Entraves", "A Terceirização como Modelo de Inclusão Social", "Gestão de Florestas Públicas e Privadas" e "Competitividade nos Limites da Tecnologia". O Dr Adhemar Villela Filho, vice-presidente da SBS estará debatendo o tema "Complexo Florestal Industrial: "Crescimento e Entraves", no dia 15 de outubro. Informações e inscrições pelo telefone (31) 3226-2900 ou no site www.besceventos.com.br.

 

DIA-DE-CAMPO SOBRE TECNICAS SOBRE UTILIZACÃO DE SILAGEM DE CAPIM

Embrapa Pecuária Sudeste Promotora
Objetivo: Demonstrar aos participantes técnicas sobre o uso de silagem, abertura dos silos, acondicionamento, qualidade da silagem armazenada e retirada do silo. Ano de realizacao: 2004
Local de realização: Rodovia Washington Luiz, km 234 - Fazenda Canchim

Início: 06/08/2004
Término: 06/08/2004





[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]


IV Conferencia de Geografía Crítica

Local - Ciudad de México

Período: de 8 y el 13 de enero de 2005.
Maiores informações: Cordialmente. Nicolas Rodriguez - www.geoamerica.org



      Fórum Mineiro Intersetorial
       Belo Horizonte MG - 07 de outubro 2004
Data confirmada: 18/10/2004 - Segunda Feira, às 14 horas.
      Local: Sede da AMMP- Associação Mineira do Ministério Público
      Rua Timbiras, 2928 - Barro Preto.

      Os interessados  podem confirmar presença pelo telefone: 31 3250-5008 ou pelo e-mail: caotscomunica@mp.mg.gov.br

--------------------------------------------------------------------------


      Expediente
      Boletim Eletrônico CAOTS Comunica Especial       Coordenador do CAOTS: Procurador de Justiça, Tomáz de Aquino Resende.       Jornalista responsável, redação e edição: Valéria Flores - Registro Profissional MG 06107JP       Assessora de Planejamento: Daniela Gerhard       Estagiário de Jornalismo: Rodrigo Saturnino       Parceiros: UNIFENAS/ / FUNDAÇÃO ACESITA / CEBRAF/ ONG PONTO TERRA/ EMATER/  INSTITUTO ETHICA / PBH - NUPP e CIEDS. 


CURSO - CONSTRUINDO COM BAMBU De 9 a 12 de Outubro, no IPEP (Bagé/RS) http://www.permacultura.org.br/ipep/cursobambu.html
De alimento à andaime de arranha-céus chineses, passando por elemento-chave em sistemas de tratamento natural de águas servidas, o bambu é de fato uma das plantas mais versáteis conhecidas pelo homem. Em nosso país, apesar das utilizações pontuais, temos a benção de possuir uma das maiores áreas de florestas naturais de bambu, contando ainda com um sem-número de espécies nativas. Sob a coordenação de Guillermo Gayo, arquiteto e professor de bioarquitetura especializado em bambu, e diretor do "Takuara Renda", organização sem fins lucrativos dedicada ao ensino de tecnologias apropriadas para o uso sustentável do bambu, vamos estudar seu uso ao longo da história, aplicações atuais, reconhecimento, seleção, corte, tratamento, reprodução, manejo e reprodução na mata e em viveiro. Faremos também práticas de sua utilização para a construção da nova estufa do IPEP, construção de estruturas geodésicas, utilização de técnicas construtivas baseadas no bambu (pau-a-pique, telhado vivo) e construção de móveis.

Programação
Modulo 1: Dia 09/Out (manhã)
- Quem somos? Que queremos fazer? Por quê estamos aqui? - Introdução ao conhecimento do Bambu - Importância do bambu sob os aspectos sócio-econômico-ambientais - O bambu na América
Modulo 2: Dia 09/Out (tarde)
- Conhecendo o bambu na mata: espécies, classificação, critérios de remoção, preservação orgânica, preparação de caldos preservantes - Como preparar e manejar uma mata de modo sustentável - Florestamento
Modulo 3: Dia 10/Out
- Fazendo um viveiro de bambus - Técnicas de reprodução e manejo - Trabalho de campo: Construindo uma estrutura para viveiro - Princípios de design: como resolver a problemática do que fazer no momento da transformação da matéria, como manifestar uma intenção na terceira dimensão
Modulo 4: Dia 11/Out
- Trabalho de campo: Construindo uma estrutura de vigas recíprocas modulares (geodésica simples sem encaixes) - Trabalho de campo: Construindo uma geodésica com encaixes - Trabalho de campo: Construção de nossa nova estufa, paredes em pau-a-pique e telhado vivo
Modulo 5: Dia 12/Out
- Móveis, design e construção na prática: técnicas de tratamento, encaixe e curvado com uso de Phillostachis

Desconto especial para grupos!

Maiores informacões em: http://www.permacultura.org.br/ipep/cursobambu.html - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
///////////////////////////////////////////// IPEP Instituto de Permacultura e Ecovilas da Pampa ///////////////////////////////////////////// Estrada Higienópolis, 17 - Zona Rural Bagé/RS - CEP 96410-490
fone: (53) 241-0665       (53) 9977-1220
http://www.permacultura.org.br/ipep (em construção

CURSO DE COMPENSAÇÃO AMBIENTAL

O curso promovido nos dias 27 e 28 de setembro pela Sociedade Brasileira de Silvicultura - SBS e Escola de Altos Estudos em Direito - Muiraquitã abordou o Instituto de Compensação Ambiental, Licenciamento na Atividade Florestal e sua Regulação pelo IBAMA. Na avaliação dos participantes, o curso deveria ser replicado em diferentes locais devido à complexidade do tema e ao ainda pouco domínio do assunto, tanto por parte dos agentes de órgãos públicos, como do setor privado. A compensação ambiental surge nos dispositivos legais relativos à reposição florestal, áreas de reserva legal e unidades de conservação (Lei do SNUC) com critérios questionáveis dos pontos de vista jurídico e prático. A SBS e a Muiraquitã, sensíveis aos desdobramentos deste polêmico assunto, se propõem a promover outras edições do curso para atender a demanda e esclarecer os profissionais que atuam no setor, inclusive com turmas fechadas ou "in company". Interessados podem entrar em contato com a SBS via e-mail: sbs@sbs.org.br, pelo telefone (11) 3719-1771 ou Fax: (11) 3714-4941

CONGRESSO INTERNACIONAL DE BIOENERGIA
Será realizado no Centro de Convenções - Parque dos Poderes em Campo Grande - Mato Grosso do Sul, nos dias 18 a 21 de outubro de 2004, o Congresso Internacional de Bioenergia. O congresso tem como principal objetivo congregar em um só local pesquisadores, empresários, dirigentes de empresas governamentais, professores e todos os interessados na produção de energia a partir da biomassa. Informações no site www.porthuseventos.com.br, telefone (41) 345-1431, fax (41) 30266668 ou e-mail secretaria@porthuseventos.com.br.

SEMINÁRIO EM ALTA FLORESTA - MT

A Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, por meio do Instituto de Ciências Naturais e Tecnológicas (ICNT) e da Pró-reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), promove o Seminário de Educação para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Matogrossense - II SEDESUS, nos dias 11 a 15 de outubro de 2004, no Campus Universitário de Alta Floresta. O seminário tem como objetivo levar até a comunidade pesquisas, estudos e propostas de trabalho no sentido de promover a educação para a sustentabilidade da agricultura familiar na região norte matogrossense, bem como chamar a atenção da sociedade para os problemas existentes e as soluções que podem ser geradas pelo desenvolvimento. O seminário abordará a necessidade do desenvolvimento que promova e possibilite a utilização dos recursos naturais, sociais, econômicos, políticos, e culturais de forma sustentável, apontando caminhos para que isso ocorra com menor grau de impacto ambiental.Informações e inscrições pelos telefones (66) 521-2041 / 4991, no site http://www.unemat.br/sedesus/index.php ou e-mail: sedesus@unemat.br.

CURSO DE EIA RIMA
PERÍODO 16,23 E 30 DE OUTUBRO E 06 E 13 DE NOVEMBRO NA UECE REALIZAÇÃO AGB/APPROGEO
INSCRICÕES E VALORES 9131-9549/491-4705

TRILHAS INTERPRETATIVAS & VIVÊNCIAS NA NATUREZA
Docente convidada: Prof. Dra. Solange T. de Lima Guimarães
[Ver Currículo Plataforma Lattes/CNPq:  http://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/consultapesq.prc_querylist ]


Período de Realização: 19,20 e 21 de novembro/2004.


Local: Usina-Parque do Corumbataí, Fundação do Patrimônio Histórico da Energia de São Paulo [ www.fphesp.org.br; http://www.fphesp.org.br/corumbatai/corumbatai.htm ]


Carga horária: 20 horas


Modalidade: curso de atualização


Público-alvo: estudantes de graduação, pós-graduação, professores, monitores e educadores ambientais, terapeutas alternativos, terapeutas ocupacionais, guias, e outros profissionais interessados.


Pré-inscrições: de 11 a 16 de outubro/2004 pelo e.mail: olam_educambiental@olam.com.br.  Vagas limitadas. Solicite sua ficha de inscrição e outras informações [valores, etc] pelo e.mail indicado.


Conteúdo Programático:
1.   Interpretação Ambiental. Trilhas Interpretativas e Vivências na Natureza como atividades de sensibilização e integração; [08 horas]
2.   Roteiros de Interpretação; [04 horas]
3.   Trilhas Interpretativas em Ambientes Naturais e Construídos; [04 horas]
4.      Vivências na Natureza; [04 horas]

Promoção: ALEPH - Engenharia & Consultoria Ambiental; Revista OLAM; Karmel - Estudos Ambientais Integrados

INSTITUTO DE ZOOTECNICA PROMOVE CURSO PARA AUMENTAR A PRODUÇÃO DO BOI ORGÂNICO

O Brasil com um rebanho bovino superior a 160 milhões de cabeças, tem um grande potencial em colocar a carne orgânica num mercado mundial, que procura cada vez mais a carne certificada. A vantagem não é somente nos preços mais elevados, como pela maior segurança na comercialização, reduzindo os riscos da atividade pecuária. A produção brasileira ainda é pequena, não sendo suficiente para atender esse mercado crescente. Para dar condições ao Brasil adotar as técnicas adequadas á produção da carne certificada, o Instituto de Zootecnia de Nova Odessa e a ONG F&P Agrorganica, estarão realizando um curso avançado de bovinocultura orgânica, para capacitar técnicos, produtores e demais interessados. O objetivo do curso é apresentar as técnicas de implantação e manejo de criações bovinas orgânicas, onde serão abordados os seguintes assuntos: Conceitos e Fundamentos da Criação Orgânica, Rastreabilidade, Certificação, Normas, Sanidade Animal, Manejo e Sistemas de Criação, Formação e Rotação de Pastagens, Alimentação na Seca e Formulação de Rações Saudáveis. As aulas teóricas e práticas serão realizadas na Estação de Zootecnia e na Fazenda Nata da Serra em Serra Negra.SP. O curso será ministrado por especialistas e consultores que atuam na área de produção e pesquisa da produção da carne orgânica, como o Eng. Agr. Flávio de Resende e Zoot. José Victor de Oliveira (Instituto de Zootecnia- Estação de Colina.SP); Eng. Agr. Sergio Pimenta (Consultoria Ecologia Aplicada); Eng. Agr. Luiz Henrique Hizler (Certificadora SBC), Méd. Vet. Maria do Carmo Arenales (Consultora em Fitoterapia e Homeopatia ), Eng. Agr. Nelson Hadler Pupo (Cati/SAA), Eng. Agr. Ricardo Schiavinatto (Fazenda Nata da Serra), Eng. Agr. Flávio Serafini(Consultor de rações saudáveis). O evento ocorrerá nos dias 18 a 23 de outubro de 2.004, das 8:00 as 18: horas, no Instituto de Zootecnica de Nova Odessa.SP, num total de 48 horas de aulas. Serão aceitos reservas de vagas até o dia 18 de outubro.). Contatos e Reservas pelo e-mail: cursoextensao@uol.com.br e Fone: (19) 3466.9455 ou pelo email: comunicacao@iz.sp.gov.br. Maiores informações: www.agrorganica.com.br/cursoiz.htm

RUMOS DA SILVICULTURA NO RS

A Fundação Zoobotânica do RS promove, no próximo dia 22, o Projeto Verdes Debates, com o tema Rumos da Silvicultura no RS, às 14h30min, no auditório do Jardim Botânico de Porto Alegre. O debate visa a discussão das ações, em fase de implantação, de projetos de grandes maciços florestais na metade sul do estado. 

No momento em que o mundo vem se debruçando em inúmeras tratativas que visam a CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE, e visto  que o século XXI vem sendo considerado como o século da biotecnologia, cuja base de sustentação é a biodiversidade como o elemento primordial para a manutenção da qualidade de vida do planeta e das populações humanas que o habitam, cabe uma reflexão sobre as tipologias de empreendimentos que  vêm sendo  implantadas nos distintos locais, e suas consequências  no contexto sócio-econômico, e também ambiental e cultural,  devendo-se, neste caso,  considerar  eventuais efeitos a médio e longo prazos (DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL ) e não só numa visão de efeitos imediatos .

A elaboração e implantação de atividades de florestamentos requer ampla base de estudos prévios  e  multidisciplinares, os quais deverão abranger as inúmeras interfaces existentes,   considerando as  condições necessárias, a fim de avaliar corretamente os riscos envolvidos e que deverão conduzir à correta percepção das possibilidades de êxito destes novos empreendimentos.

Atualmente, há cerca de seis milhões de hectares de plantações florestais no Brasil e  a imensa maioria destas áreas vem sendo cultivada com Pinus e Eucaliptos, espécies exóticas introduzidas no Brasil , com fins sócio-econômicos diversos . ----------------------------------------------
Comunicação Social FZB/RS
Salvador França, 1427
Jardim Botânico
(51) 33363281

Primer Festival de la Tierra Junio 2005


Una semana para celebrar, juntos, la TIERRA y la solidaridad entre los pueblos
  El Festival Mundial de la Tierra es una grande celebración para honrar el Planeta Tierra, que se desarrollara durante una semana en Junio del 2005. Esta manifestación permitira a todos los pueblos del planeta, en toda su diversidad, de reunirse para celebrar su nueva relación con la Tierra. El Festival sera una vitrina mundial para todas las iniciativas en favor de la Ecología, la Paz y la Solidaridad entre las naciones.

Unos eventos y acontecimientos simbolizando los temas del Festival
La Asociación francesa Terralliance, que inició el proyecto, propone una serie de manifestaciones del lúnes 20 de Junio hasta el domingo 26 de Junio de 2005, que se llama
El Centro del Festival.. Unos eventos asociados, de dimensión internacional y con una mayor duración, llevaran los valores del Festival mas allà de las                             fronteras.
Una participación mundial
  Es preciso que cada país del Planeta pueda participar y contribuir a este evento con su propia creatividad; por esta razón, esta página web multilingua esta á disposición de todas las organizaciones, movimientos, asociaciones, ONGs, que deseen participar al Festival.
Cada país tendra la responsabilidad del búen funcionamiento de su Festival nacional y podra libremente participar a los acontecimientos inter-paises.

CARTA OFFICIAL DEL FESTIVAL DE LA TIERRA
¿Cómo funciona el Festival de la Tierra? El Festival de la Tierra está concebido para desarrollarse en todos los paises del planeta. Cada país del mundo es co-organizador del Festival de la Tierra y organiza sobre su proprio territorio su festival nacional. Cada país esta igualmente invatado a participar a las distintas Manifestaciones Internacionales. En cada nación participante, la estructura que se encarga de la organización local del festival se llama " Socio local ".
La Asociación francesa Terralliance, que inició el Festival, propone en su página web interactiva algunas operaciones ya programadas.
Cada país esta invitado a registrar sus proprias operaciones en la página web que colecta y clasifica las propuestas de los distintos eventos que vienen de todos los paises del mundo.
La página web oficial www.festivaldelaterre.org coordina y difunde los acontecimientos inter-países.
Articulo 1 : Los temas del Festival de la Tierra
Los temas defendidos por el Festival de la Tierra son los siguientes 1/ Protección de Nuestro Planeta 2/ Solidaridad entre los Seres Humanos 3/ Paz entre los pueblos
Articulo 2: Participación gratuita
Cada país del mundo esta invitado a participar al 1 er Festival de la Tierra, su participación es totalmente gratuita.
Articulo 3 : Un co-organizador oficial por país
En cada país participante al Festival de la Tierra, la estructura responsable de la organización del Festival se llama " Socio local ". Este Socio local es el único contacto oficial de Terralliance en el país concernado.
Articulo 4: Caracteristicas del Socio Local Los criterios fundamentales para la selección de un Socio Local son los siguientes: * Ser una organización humanitaria/ asociación/fundación obrando en uno o varios de los sectores definidos en el articulo 1er. * Tener una experiencia de la organización de manifestaciones nacionales y internacionales * Tener una buén conocimiento de las redes nacionales, obrando en los sectores del articulo 1er. Los Socios locales serán escogidos en cuanto sea posible con las recomendaciones de la sede local de la UNESCO.
Article 5 : Actions
LEl socio local accepta la Carta de la Asociación Terralliance así cómo la Carta del Festival de la Tierra.
Articulo 6 : Derechos del Socio Local
6.1/ organisación local del Festival El Socio Local elegido dispone de toda libertad de acción para la organización y coordenación del Festival de la Tierra localmente, bajo las condiciones que la Carta del Festival y los valores deste acontecimiento sean respetados.
6.2/ depósito de marca El Socio Local se compromete a depositar, en su país unicamente y en nombre de su organización, cómo marca nacional " Festival de la Tierra " ó su traducción en el idioma local y a informar Terralliance del exito de esta demanda. Este depósito de marca es esencial, pues constituye la garantía de la perennidad del evento.
6.3/ explotación de la marca" Festival de la TIERRA" El Socio Local dispone de toda libertad para explotar localmente la marca " Festival de la Tierra " bajo las condiciones de respeto ético del Festival de la Tierra.
Del sitio WEB: http://www.festivaldelaterre.org/festival/presentationesp.html
Contacto: Escribir a:   info@festivaldelaterre.org

Palestra de Direito Ambiental A RESPONSABILIDADE DAS EMPRESAS E SEUS ADMINISTRADORES PELO DANO AO MEIO AMBIENTE - E O NOVO LICENCIAMENTO AMBIENTAL.

www.aceti.com.br

www.mercadoambiental.com.br

Dia 16 de dezembro de 2004

Horário: 18h30 Local: Anfiteatro da UNP - Universidade Potiguar           Natal - RN - www.unp.br Palestrante: Dr. Luiz Carlos Aceti Júnior; "Advogado (OAB/SP 120.058); Professor de Pós-Graduação e Graduação em Direito e Legislação Ambiental da UNIFEOB de SÃo João da Boa Vista-SP, da FMPFM de Mogi Guaçú-SP; da ASMEC de Ouro Fino - MG; do CREUPI de Espírito Santo do Pinhal - SP; professor convidado da  ESA/GO (Escola Superior da Advocacia de Goiás); Mestrando em Direito; Pós-graduado em Direito das Empresas;  Especialista em Direito Empresarial, e especializado em Direito e Legislação Ambiental; Escritor e Palestrante na Área do Direito Empresarial Ambiental; Autor de livros em direito empresarial ambiental, e  de textos doutrinários publicados pela RT; Repertório IOB de Jurisprudência; Revista Nacional de Direito; Revista JURUA; entre outros; Palestrante e Conferencista em diversos Seminários, Congressos e Cursos, ministrados por todo o Brasil" Inscrições  mediante o envio antecipado de e-mail para  moisesesiom@unp.br  e/ou marketing@mercadoambiental.com.br , para que possamos atendê-los de forma personalizada. Tel. 19.3651.1813 Realização:  UNP - Universidade Potiguar ( www.unp.br ) Mercado Ambiental ( www.mercadoambiental.com.br ) Aceti Advogados Assessoria e Consultoria Jurídico Empresarial Ambiental ( www.aceti.adv.br )

Curso de formação de formadores em Recursos Naturais Renováveis
Janeiro 2005 (Lisboa)

Metacortex

No próximo mês de Janeiro terá ínicio, em Lisboa, um curso formação de formadores em Recursos Naturais Renováveis, acreditado pelo INOFOR e homogado pelo IEFP.

O curso terá a duração de 172h, em horário pós-laboral, 2.ªs, 4.ªs e 6.ªs das 18h00 às 22h00.

Para mais informações sobre este curso ou outros cursos relacionados com a temática dos Recursos Naturais Renováveis, vá a http://www.metacortex.pt/formacao/plano2005.htm ou contacte carla.leite@metacortex.pt

Curso de formação avançada "Métodos para o uso de líquenes como bioindicadores de poluição atmosférica"
24-29 Janeiro de 2005 (Aveiro)

Universidade de Aveiro



A Universidade de Aveiro (Departamento de Biologia) em conjunto com a Sociedade Portuguesa de Vida Selvagem e o Departamento de Biologia Vegetal da Universidade de León, organizaram um curso avançado em "Métodos para o uso de líquenes como bioindicadores de poluição atmosférica".

O curso irá realizar-se entre 24 e 29 de Janeiro do próximo ano.

Inscrições:
E-mail: capreolus@bio.uminho.pt
Correio: SPVS - Estação de Campo de Quiaios, Apartado 16
3080-991 Quiaios (Figueira da Foz)


CURSO PARA A FORMAÇÃO DE AUDITORES LÍDERES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

A responsabilidade social corporativa é hoje parte importante e estratégica na gestão de negócios das empresas, contribuindo com a sustentabilidade. Dado o crescimento do número de empresas que busca a certificação SA 8000, o mercado necessita de profissionais qualificados para a execução de auditorias que envolvam os requisitos da norma. Para atender a essa demanda, o Grupo Bureau Veritas desenvolveu o curso “Auditor Líder SA 8000”, cuja primeira edição acontece entre os dias 14 e 17 de dezembro, em São Paulo. Reconhecido pela SAI – Social Accountability International, entidade responsável pelo desenvolvimento da SA 8000, o treinamento é voltado a profissionais que tenham alguma experiência prévia em sistema de gerenciamento e conhecimentos em técnicas de auditoria e na norma de responsabilidade social.
Ao fazer o curso, os participantes terão condições de compreender as diretrizes da responsabilidade social corporativa, o desenvolvimento dos códigos de conduta no contexto da SA 8000 e as bases para a adoção da norma, além de adquirir competência nas habilidades-chave para auditar a SA 8000, o que envolve planejamento, identificação de terceiros (principalmente o relacionamento com ONG’s), interpretação dos critérios, definição do escopo de atuação, relatórios e não-conformidades. Tudo isso está relacionado ao background da responsabilidade social, que envolve o impacto da globalização e as futuras opções para negócios.
O conteúdo é composto pelos seguintes tópicos: Normas Trabalhistas – Overview; Contexto da Responsabilidade Social; Introdução à Responsabilidade Social; Introdução às Auditorias; Planejamento, Preparação e Condução das Auditorias; Técnicas de Auditorias ligadas ao Trabalho Infantil e à Discriminação Sexual; Requisitos da SA 8000; Discriminação; Práticas Disciplinares; Horas Trabalhadas; Compensação; Sistema de Gestão e Registro de Auditoria e Auditores. Ao término, os participantes passam por uma prova de duas horas de duração, além de serem também avaliados por sua participação ao longo dos exercícios em aula. Aqueles que forem aprovados na avaliação contínua e no exame receberão um certificado de aprovação da SAI.
Os interessados têm a opção de fazer a inscrição on-line com desconto especial no site www.bureauveritas.com.br. Mais informações podem ser obtidas nos telefones (11) 5070-9008 ou 5070-9052. As vagas são limitadas.

Margarete Storto
ACCESSO Assessoria de Comunicação

Palestra Projeto RENASCER


Os Professores Maria José de Sena, Pró-Reitora de Ensino de Graduação e Paulo Donizeti, Pró-Reitor de Atividades de Extensão da Universidade Federal Rural de Pernambuco, têm a honra de convidar V.Sª para um encontro que será apresentado o Programa nossa primeira terra - Projeto RENASCER, executado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário e o Governo do Estado, através do Programa de Crédito Fundiário e tem como objetivo a geração de emprego, renda e fundamentalmente conter o exôdo rural que vem se agravando na faixa etária de 18 a 25 anos de idade. Os Pró-Reitores antecedem o agradecimento e esperam contar com a presença de todos.


Data: 20.12.2004 Horário: 14h e 30m Local: Sala de Seminário do CEGOE da UFRPE - 2º andar. Maiores informações (81) 3302.1044. Público alvo: Alunos, Diretores, Coordenadores e supervisores vinculados aos Departamentos de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia da UFRPE.

Curso de Cultivo Orgânico de PLantas Medicinais
Empresa Promotora: AAO - Associação de Agricultura Orgânica
Início do Evento: 05/12/2004

Estado: SP
Cidade: São Paulo

Localização do Evento: Parque Água Branca
Informações com: AAO
Site: www.aao.org.br
Telefone: 011 3875.2625
E-mail: cursos@aao.org.br
Descrição do Evento:

A manutenção da saúde e qualidade de vida é a grande preocupação do ser humano. O uso das plantas medicinais é bastante antigo e suas "raízes" permanecem fortes até hoje. As práticas da agricultura convencional, grande consumidora de agrotóxicos e adubos químicos, não são adequadas ao cultivo da maioria das plantas medicinais, mas é preciso entender que cultivar organicamente é adotar técnicas adequadas em função das necessidades de cada espécie de plantas.

Programa Desenvolvido: introdução ao cultivo orgânico, identificação botânica, exigências climáticas e de solo, colheita, secagem e armazenamento, rendimento e comercialização.

Horário: 09:00 - 17:00 horas.
Docente: Marcos Roberto Furlan, engenheiro agrônomo, consultor e professor universitário.
Valor: R$ 45,00 para sócios/AAO - R$ 60,00 para não-sócios.

Seminário Florestal Sobre Processamento e utilização da madeira de eucalipto

Auditório Colégio Fayal

Itajaí – SC

14 de Dezembro de 2004

 

Palestras

•  Setor florestal catarinense, importância sócio-econômica e potencialidades

•  Desdobro da madeira de eucalipto

•  Secagem da madeira de eucalipto

•  Madeira de eucalipto na fabricação de móveis

Painel

•  Processamento e utilização da madeira de eucalipto

Oficinas

(15/Dezembro: 8:00 -12:00h, Estação Experimental de Itajaí)

•  Manejo florestal do eucalipto para serraria e laminação

• 

Informações

Fones: 0 xx 47-341-5251, 5253

serpa@epagri.rct-sc.br

mramos@epagri.rct-sc.br

Promoção

Governo do Estado de Santa Cataruina

Secretaria de estado da agricultura e oilitica rurakl

Epagri - empresa de pesquisa agropecuaria e extensão rural de santa cantarina s.a

Processamento primário da madeira do eucalipto

Informações

Fones: 0 xx 47-341-5251, 5253

serpa@epagri.rct-sc.br

mramos@epagri.rct-sc.br



Fórum Ecológico em Tubarão
Data: 16/10/2004

Tubarão se transformará nos dias 08, 09 e 10 de novembro no ícone Ecológico do Estado de Santa Catarina, através do I Fórum Ecológico- Perspectivas para o Sul - Turismo e Meio Ambiente, o evento, organizado pela comissão Pró- Fundação Sabor Natureza, contará com a presença de autoridades de renome nacional em temas como meio ambiente e turismo.
Nos três dias do evento, além de discutir a realidade ambiental e turística do Sul de Santa Catarina, será elaborada uma carta de intenções que servirá como metas de Ação para a Fundação Sabor Natureza (em formação).
O Fórum Ecológico, que terá entrada gratuita, realizar-se-á na Sala do Tribunal do Júri (no Fórum da Comarca de Tubarão) e será transmitido, através de telão, montado na Praça 7 de Setembro, para que a sociedade catarinense possa interagir com o evento.

I Fórum ECOLÓGICO
Perspectivas para o Sul Turismo e Meio Ambiente
Local: Sala do Tribunal de Júri ( Fórum )
Av. Wenceslau Bráz nº 560 Vila Moema
Tubarão SC Brasil

Programação Oficial:
08/11/2004 Segunda- Feira
9:00 Solenidade de abertura
9:30 Desenvolvimento Sustentável
Dr. Alexandre Franco de Faria
10:30 Debate com mesa redonda
10:45 Coffe-Break
11:00 Representante da Fatma
12:00 Debate com mesa redonda
12:15 Almoço
14:00 Turismo rural
15:00 Debate com mesa redonda
15:15 Coffe-Break
15:30 Representante da Sulcatur/Santur
16:30 Debate com mesa redonda
16:45 Encerramento
09/11/2004 Terça- Feira
9:00 Qualidade da água
Dr. Henrique de Mello Lisboa Engº Civil
10:00 Debate com mesa redonda
10:15 Coffe-Break
Patrimônio Hídrico
10:30 Dr. Carlyle de Bezerra de Menezes
11:30 Debate com mesa redonda
12:00 Almoço
14:00 Bacia hidrográfica do Complexo Lagunar
Dr Ismael Pedro Bortoluzzi
15:00 Debate com mesa redonda
15:15 Coffe Break
15:30 Representante da Casan
16:00 Debate com mesa redonda
16:15 Tratamento de dejetos de Suínos
Representante da Epagri
17:15 Debate com mesa redonda
17:30 Encerramento
10/11/2004 Quarta Feira
9:00 Turismo no Sul de Santa Catarina
10:00 Debate com mesa redonda
10:15 Coffe BreaK
10:30 A importância das Fundações, Ong’s
11:30 Debate com mesa redonda
12:00 Almoço
14:00 Direito Ambiental
Dr. Celso Antônio Três-Procurador Geral da República
15:00 Debate com mesa redonda
15:15 Coffe break
15:30 Telemática a serviço da vida
16:00 Debate com mesa redonda
16:15 Energia Renovável
Thomas Renatus Fendel Engº Mecânico
17:30 Proclamação da Carta de Intenções
Assinada por órgãos e instituições participantes do Fórum.
17:45 Encerramento.
O evento contará com a presença dos seguintes palestrantes:

Alexandre Franco de Faria - B. Sc. em Engenharia Agronômica UNESP/Jaboticabal, M. Sc. Engenharia Ambiental ; EPFL/Lausanne, Auditor Líder ISO 14000 ; ATSG/Porto Alegre, Auditor de Sistemas de Gestão ; LATU Sistemas/Montevidéu, Auditor Líder e Instrutor EUREPGAP ; FoodPlus/Colônia, Especialista APPCC ; SGS/ São Paulo. Área de Atuação: Auditorias de Sistemas de Gestão AgroAmbiental, Docência Universitária e Consultorias em Agronegócios e Meio Ambiente. Coordena o Núcleo Universitário de Desenvolvimento de Agronegócios e Meio Ambiente, Auditorias EUREPGAP, BRC e APPCC, Docência Universitária e Licenciamento Ambiental (PCA/RCA, EIA/RIMA, RIU). Trabalhou em três estações de pesquisa sobre produção animal e vegetal na Suíça e ocupou cargo comissionado de Secretário de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente em Mogi Guaçu/SP. Atualmente é auditor de sistemas agroindustriais e ambientais para uma certificadora americana e professor universitário para turmas do curso de administração da UNILINHARES. Linhares-ES

Thomas Renatus Fendel - Engº Mecânico (FEG-UNESP) Escritor do livro: "Brasil, até quando?". Na graduação fabricou um gasogênio.desenvolveu uma máquina de fazer carvão vegetal, em processo contínuo, de alto rendimento, com recuperação dos gases da destilação. Idealizador do micro-comércio de energia elétrica -ENERNET. Seus projetos se baseiam na substituição dos combustíveis ósseis como petróleo, gás natural e carvão mineral pelas bioenergias, como óleo vegetal, álcool, biogás, carvão vegetal, briquetes de resíduos vegetais, etc. -PR

Roberto Roche - Pós-Doutor em Biogeoquimica Ambiental, Universidade de Aberdeen - Escócia; Doutor em Bioquímica Ambiental, Universidade Católica de Los Angeles-USA; MBA em Gestão Ambiental, Universidade de Harvard-USA; Mestre em Química Ambiental, Universidade do Texas A&M- USA; Ecologia Matemática, Universidade de Maryland/UFRJ-USA; Conselheiro do CONAMA - Conselho Nacional do Meio Ambiente pela CNC/ Fecombustíveis; Auditor e Perito Ambiental junto ao Ministério Público de São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro e Rondônia; Membro da Comissão de Certificação Técnica Ambiental para postos de combustível - Comissão Brasileira de Certificação (INMETRO/CONAMA); Membro da Comissão de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo. Curitiba- PR

Dr. Carlyle Torres Bezerra de Menezes. Graduado em Engenheiro de Minas pela UFPE, Pós-Graduado em Valorização dos Recursos Minerais, Programa CNPq/CESMAT, Escola Politécnica de Nancy-França, 1996/1997, com pesquisa e trabalho de conclusão de
curso na área de tratamento de efluentes do Laboratório de Mineralurgia e Meio Ambiente da Escola Nacional de Geologia de Nancy. Possui Doutorado em Engenharia Mineral realizado na Escola Politécnica da USP - Universidade de São Paulo, com ênfase em Gestão Ambiental dos Recursos Minerais. Atualmente é Coordenador do Departamento de Engenharia Ambiental da UNESC - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Professor/Pesquisador do Programa de Mestrado em Ciênciais Ambientais e do Instituto de Pesquisas Ambientais e Tecnológicas da UNESC-Criciúma- SC.

Henrique de Melo Lisboa, engenheiro civil -UFSC, Graduação: Controle da Poluição Atmosférica, Hidrologia e Climatologia , Economia, Direito e Administração Ambiental professor no Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA (UFSC). Florianopolis, SC

Ismael Pedro Bortoluzzi, Químico. Graduação em Licenciatura Em Química.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Santa Maria, Brasil.
Mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Porto Alegre -Título: Estudo de Efluentes de Beneficiamento de Carvão Especialização Em Química. Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Blumenau, Brasil. Doutorado em Química- Universidade de Santiago de Compostela, USC, Espanha Título: Estudo de reações de formação de sedimentos no Rio Tubarão-SC-Brasil, Mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais. Tubarão -SC

DR. Celso Antônio Três: Procurador Geral da República do Estado de Santa Catarina

Além de contar com a presença, na mesa de debates representante dos seguintes orgãos: FATMA, Epagri, Sulcatur, Tractebel, Afubra, Casan, Unisul, FUCAP e Fopit

Assessoria de Imprensa da Comissão Pró Fundação Sabor Natureza
Rui: Rui Barbosa, 273 Centro de Tubarão
Contato: (48) 626-6648 632-3254 ou 9986- 3040 ou 91313168
e-mail: ecologico@strallos.com.br

======================================================================

Lançamento doFórum Social Nordestino na região do Brejo Paraibano

Dia 10 de novembro, na Câmara Municipal de Guarabira

Objetivos

Animar os processos de mobilização social dos diferentes movimentos sociais e populares na região do brejo para participação no FSNE.

Proporcionar uma participação mais qualitativa dos representantes da região no FSNE

Dar visibilidade ao processo de organização do FSNE como uma iniciativa de redes e fóruns da sociedade civil e movimentos sociais do Nordeste orientada para colocar em debate os distintos enfoques, análises e propostas para um outro Nordeste, democrático e sustentável - por um outro mundo possível.

Programação

8h30

Abertura - Objetivos do evento

Fórum Social Nordestino

[objetivos, programação, mobilização, participação]

Representante do Comitê Estadual Pró FSNE /Regional Campina Grande - Adeilson Tavares

Representante Sedup

Palestra:

Democracia e Poder: novos desafios para os movimentos sociais

com Irmã Maria Valéria Rezende

11h

Lançamento dos livros Vasto Mundo (ficção) e A Vida Rompendo Muros (Sociologia Religiosa) de autoria da Irmã Maria Valéria Rezende

Encaminhamentos para participação de representantes da região no FSNE

Realização: Associação Sedup

Apoio: Desenvolvimento e Paz

======================================================================

Comemoração dos 10 anos da Cáritas NE 2
> Na programação, o lançamento de um livro, oficinas, palestras e feira de
> economia popular solidária
>
>
> Assessoria de Comunicação
>
> "Lutar pela cidadania e pelo resgate da dignidade dos excluídos e excluídas
> e trabalhar por um mundo mais solidário". Este é o compromisso firmado pela
> Cáritas Brasileira que, durante o mês de novembro, estará comemorando 10
> anos de ações mais efetivas dentro do NE 2 (PB, PE, AL e RN). Para celebrar
> esta data, a entidade está preparando uma festa com atividades diversas:
> lançamento do livro dos 10 anos, feira de economia popular solidária,
> oficinas, palestras e um painel com Frei Betto e o professor Rudá Ricci (da
> PUC/Minas).
>
> As festividades acontecerão de 3 a 6 de novembro, em Recife (PE). Nos dias 3
> e 4, na Universidade Católica de Pernambuco, serão realizadas oficinas e
> mini-palestras sobre diversas temáticas trabalhadas pela Cáritas. Entre
> elas, agricultura familiar, reciclagem, políticas publicas, mística e
> espiritualidade, políticas públicas e gênero. Paralela às oficinas
> funcionará uma feira de economia popular solidária. Acessórios de porcelana,
> arte em madeira, corda e argila além de uma exposição de alimentos (mel,
> derivados de leite) serão alguns dos produtos exibidos. Todo o material da
> feira virá de projetos atendidos pela entidade ou de atividades
> desenvolvidas por parceiros. Grupos dos quatro estados do Regional (PB, AL,
> RN e PE) estarão exibindo a sua arte, tudo para valorizar ainda mais o
> trabalho desses sujeitos sociais.
>
> Outro grande momento da festa será o painel "Dois anos de Governo Lula e os
> Movimento Sociais, com a participação do assessor especial do presidente da
> República, Frei Betto, e do professor da PUC/MG Rudá Ricci. O evento
> ocorrerá no dia 4, às 19hs, no auditório da Igreja da Soledade - Boa Vista -
> Recife. Na ocasião, também será lançado o livro dos 10 anos da Cáritas
> Regional NE 2. A publicação conta, através de fotos e relatos de vários
> agentes Cáritas, a trajetória da instituição durante sua reestruturação no
> Regional.
>
> Esta programação será aberta ao público, respeitando as inscrições prévias.
> Os interessados podem enviar um e-mail para o comunicacao@caritasne2.org
> informando nome, telefone, entidade que participa e profissão. A confirmação
> da inscrição será feita pela entidade, também via e-mail. Mais detalhes (81)
> 3231 3435
>
>
> Programação
>
> Dia 03/11 - manhã
> 1.Oficina - Danças Circulares
> Palestrante - Roseane Fátima de Queiroz Moraes - Psicóloga - Coordenadora do
> Centro de Formação do MNMMR Pólo 3
>
> 2.Oficina - Agricultura Familiar e Convivências: o homem e o contexto, uma
> relação de ser e pertencer
> Palestrante - Laboratório de Observação Permanente das Transformações no
> Nordeste Rural - Departamento de Ciências Sociais - UFPE
>
> 3.Mini-Palestra - Mística e Espiritualidade
> Palestrante - Padre Eliomar Gomes da Silva - secretário da Cáritas NE3
>
> Dia 03/11 - tarde
> 4.Oficina - Papel de Gente: reciclar para construir
> Palestrante - Rosa Maria Marques- técnica do Projeto Recicladores de
> Resíduos Sólidos da Cáritas Brasileira NE2
>
> 5.Mini-Palestra - Agroecologia e Consumo Solidário: um processo de tomada de
> consciência pautado na Educação
> Palestrante - Carlos André Cavalcante - Engenheiro Agrônomo - Serviço de
> Tecnologias Alternativas - Serta
>
> 6.Mini-Palestra - Educação Contextualizada
> Palestrante - Serta - Serviço de Tecnologias Alternativas , MST - Movimento
> dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra e Projeto Convivendo com o Semi-Árido e
> Plantando Cidadania, PCSA - Regional NE2, Ouro Branco/AL
>
> Dia 04/11 - manhã
> 7.Oficina - Artesanato - uma manifestação cultural
> Palestrante - Karla de Góis - Coordenadora de Projetos - Casa da Mulher do
> Nordeste
>
> 8.Mini-Palestra - Gênero e inclusão social
> Palestrante - Centro de Educação e Assessoria Herbert de Souza
>
> 9.Mini-Palestra - Família Contemporânea - família pensada, família vivida
> Palestrante - Núcleo Unicap de Apoio aos Movimentos Populares
>
> Dia 04/11 - tarde
> 10. Oficina - Contando e Fazendo Histórias - brinquedos e brincadeiras
> populares
> Palestrante - Jeanne Siqueira - Secretaria de Educação da Cidade do Recife
>
> 11. Mini-Palestra - Economia Popular Solidária - desenvolvimento local x
> desenvolvimento humano
> Palestrante - Alzira Medeiros - Diretora de Economia Popular Solidária da
> Prefeitura da Cidade do Recife
>
> 12. Mini-Palestra - Cidadania e Políticas Públicas
> Palestrante - Ademar de Oliveira Marques - Movimento Nacional de Meninos e
> Meninas de Rua
>
> Todas essas atividades acontecerão na Universidade Católica de Pernambuco
>
> _________________________________________________________________
>
> No dia 04 de novembro - às 19 h - Painel: DOIS ANOS DE GOVERNO LULA E OS
> MOVIMENTOS SOCIAIS
>
> Com Frei Betto e Rudá Ricci (professor da PUC de Minas Gerais)
>
> Essa atividade será realizada no auditório da Igreja da Soledade, avenida
> Oliveira Lima - 1029 - Boa Vista - Recife (As inscrições também podem ser
> feitas por e-mail)
>
> =================================================================

"CURSO SOBRE MANEJO DE INVASIONES BIOLÓGICAS"

El INSTITUTO DE INVESTIGACIÓN Y RECURSOS BIOLÓGICOS ALEXANDER VON HUMBOLDT invita a participar en el "CURSO SOBRE MANEJO DE INVASIONES BIOLÓGICAS"

Las especies invasoras son consideradas en el mundo la segunda causa de pérdida de biodiversidad; su conocimiento como base para la implementación de herramientas que ayuden a prevenir, controlar y/o erradicar sus impactos, es un tema de gran importancia para la conservación de la biodiversidad en Colombia. Por este motivo: el Instituto Alexander von Humboldt con su programa de biología de la Conservación a través de la Línea de Especies Focales.

FECHA: Del 8 al 12 de noviembre de 2004

LUGAR: Bogotá

Cupo Máximo: 35 personas

Profesor:
Sergio Martín Zalba Ph.D.
Licenciado en Ciencias Biológicas (Universidad Nacional del Sur, Argentina)
Magister en Manejo de Vida Silvestre (Universidad Nacional de Córdoba, Argentina)
Doctor en Biología (Universidad Nacional del Sur, Argentina)

Expositores invitados (Por confirmar):

INST. DE CIENCIAS. UNIV. NACIONAL DE COLOMBIA

Edgar Linares
FACULTAD DE CIENCIAS. UNIV. NACIONAL DE Colombia

Orlando Vargas
UNIVERSIDAD DEL VALLE
Patricia Chacon Ph.D.

MINISTERIO DE AMBIENTE VIVIENDA Y DESARROLLO TERRITORIAL
Francisco de Paula Gutierrez

ORGANIZA:
INSTITUTO DE INVESTIGACIÓN Y RECURSOS BIOLÓGICOS ALEXANDER VON HUMBOLDT
Programa Biología de la Conservación. Línea de Especies Focales

e-mail: mpbaptiste@humboldt.org.co

MAYOR INFORMACION: www.humboldt.org.co/cursos/

 

ProNatura 2005 - 7ª Feira Internacional de Fitoterápicos, Orgânicos e Produtos Naturais Realização: Francal Feiras e Empreendimentos Data: 30 de Março a 03 de Abril de 2005 Local: Bienal do Parque Ibirapuera ­ São Paulo Contato: Telefone: (11) 4689-3100 - Fax: (11) 4191-0200 Homepage: www.feirapronatura.com.br E-mail: lucia@francal.com.br

======================================================================
SEMINÁRIO

Rio São Francisco
Perspectivas de Vida Sustentável

24 e 25 de outubro de 2004
Hotel Belmar - Av. Otávio Mangabeira, 3345
Jardim de Alá - Salvador-Ba
OBJETIVO:Mobilizar a sociedade civil na defesa da preservação permanente da Bacia do São Francisco, através da construção coletiva de propostas para sua efetiva revitalização assegurando a melhoria da qualidade de vida.