Accounting Manager

JOB TITLE:   ACCOUNTING MANAGER
JOB FAMILY:   Operations -Finance/Field
JOB NUMBER:   2102
FLSA STATUS:     Exempt
RELATED POSITION TITLES: Finance Manager

ESSENTIAL FUNCTIONS:
Responsible for the management, maintenance and reporting of all financial data related to a Field office /state program of TNC.  This includes annual budget development, monitoring and maintaining all financial information, including the accounts payable system, funds received and receivable, and travel reimbursements.  Provides recommendations related to finances in the overall organizational planning, policy development and implementation.

CALIFORNIA ESSENTIAL FUNCTIONS:
Responsible for the San Francisco based day to day management of financial data including accounting and grants functions to ensure compliance with internal and external reporting requirements for California program segments and related entities. Prepares regular reports and special studies to meet the financial and analytical needs of managers.  Manages/leads preparation of financial analyses and documentation and coordinates internal and external audits.  Coordinates and compiles program annual budgets and capital plan, ensuring communication of changes and resolution of discrepancies. Trains and provides back-up coverage to staff in processing of cash receipts, bank reconciliations, cash disbursements, including travel expense reimbursements, financial reporting, and filing sales tax returns and property tax exemptions. Develops and implements local procedures to ensure compliance with overall TNC policies.

KNOWLEDGE/SKILLS:
1. Bachelor's degree in finance/accounting and 3 to 5 years related experience or equivalent combination.   
2. Expert knowledge of GAAP and understanding of grants and fund accounting principles, practices and regulations.
3. Technical expert on complex accounting/financial issues.
4. Solid knowledge and experience using and maintaining automated systems.
5. Strong organizational skills and accuracy, attention to detail and ability to multi-task.
6. Analytical and investigative skills to collect data/information, perform analysis, interpret and prepare conclusions and recommendations.

COMPLEXITY/PROBLEM SOLVING:
1. Duties may require non-routine analysis, research and follow-through.
2. May act as a resource to others to solve problems.
3. Design, implement, and direct multiple projects, prioritizing tasks with competing deadlines and ensuring program accountability.
4. Resolves complex issues independently within program area.  Experiments to find creative solutions.
5. Accurate and careful attention to detail in a high volume, interrupt-driven environment.

DISCRETION/LATITUDE/DECISION-MAKING:
1. Exercise independent judgement.  Work affords significant opportunity to act independently on assigned tasks.
2. Duties are performed under minimal supervision.
3. Makes sound decisions based on analysis, experience and judgement. 

RESPONSIBILITY/OVERSIGHT -FINANCIAL & SUPERVISORY:
1. Financial responsibility may include working within a budget to complete projects, negotiating and contracting with vendors, assisting with budget development, and meeting fundraising targets.
2. May serve as a team leader for assigned projects and coordinate the work of others.
3. May need to gain cooperation from individuals or groups over whom there is no direct authority in order to accomplish program goals.
4. Ensures compliance with internal policies and procedures and external (donor, legal, government agency) requirements

COMMUNICATIONS/INTERPERSONAL CONTACTS:
5. Provide a leadership role in integrating financial management to support conservation objectives.
6. Excellent written and verbal communication and presentation of financial data.
7. Consistently demonstrate professional, positive, and approachable attitude/demeanor and discretion. Demonstrate sensitivity in handling confidential information.
8. Provides a variety of information to staff and others to assist workflow throughout the organization.

WORKING CONDITIONS/PHYSICAL EFFORT:
1. Work requires only minor physical exertion and/or strain.  Work environment involves only infrequent exposure to disagreeable elements.
2. Willingness to travel and work flexible hours.

Please include job title in email subject header.  No phone calls please. 

The Nature Conservancy is an Equal Opportunity Employer

Operation
Conservation Operations
Region
Pacific North America Region
Location
San Francisco, California  United States

Contact Information
Human Resources

[email protected]

Job Details
Application Deadline
Deadline::12/15/04

CENTRO ESTADUAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA PAULA SOUZA
ESCOLA TECNICA ESTADUAL PREFEITO JOSE ESTEVES

Disciplina ou Atividade: Manejo do Solo
Tipo de Atividade a Exercer - Nível Superior
Docência
Professor Assistente

FORMA DE ADMISSÃO

REQUISITOS EXIGIDOS
Concurso Licenciado: ser portador de graduação superior em um dos cursos citados abaixo e do Certificado obtido em cursos regulares de programas especiais, nos termos previstos pelo Conselho Nacional de Educação, Resolução nº 02/97, ou na forma prevista pela Portaria Ministerial MEC nº 432/71, Esquema I; ser portador de diploma de curso de nível técnico em Agropecuária, com Esquema II; ou ser portador de licenciatura plena em Ciências Agrárias; Ciências Agrícolas. Graduado (Bacharel): ser portador de graduação superior em Engenharia Agrícola; Engenharia Agronômica/Agronomia; Engenharia de Produção Agroindustrial; Engenharia Florestal; Tecnologia em Agrícola.
INFORMAÇÕES COMPLEMETARES
Endereço
FAZENDA MACUCAO, S/N - CAIXA POSTAL 01 CERQUEIRA CESAR-SP 18760-000 Telefone:(14)974-9175 Fax:974-9175
Período(dd/mm/yyyy):
13/12/2004 a 15/12/2004 Horário:
08:00h às 21:00 horas Vagas:
Remuneração:(R$)
Documentação Necessária
Preencher requerimento previamente retirado na Unidade de Ensino, no qual declara possuir as condições indicadas no edital, e apresentar Cédula de Identidade (RG) ou Carteira de Identidade Profissional, ou ainda Carteira de Trabalho e Previdência Social. Juntar documento que comprove o atendimento ao requisito de titulação, conforme declarado na Ficha de Inscrição , conforme abaixo: a) Cópia do diploma ou certificado de conclusão, de curso legalmente reconhecido, para candidatos inscritos nas titulações "Licenciado" ou "Graduado".
Informações Adicionais
Inscrições na ETE Prefeito José Esteves - bairro Macucão Cerqueira César Telefone 3714-6175.
URL do Edital
Edital nº 072/02/2004, publicado no DOESP dia 10-12-2004 (http://www.imesp.com.br/jornal/e1100.htm)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
ESCOLA DE VETERINARIA


Disciplina: Patologia Veterinaria
Tipo de Atividade a Exercer - Nível Superior
Docência
Professor Assistente

FORMA DE ADMISSÃO

REQUISITOS EXIGIDOS
Concurso Mestrado em Patologia Veterinaria

INFORMAÇÕES COMPLEMETARES

Endereço
AVENIDA ANTONIO CARLOS, 6627 BELO HORIZONTE-MG 31270-010 [email protected] Telefone:(31)3499-2229 Fax:3449-2230
Período(dd/mm/yyyy):
23/08/2004 a 22/12/2004 Horário:
09:00 às 11:00 e das 14:00 às 17:00 Vagas:
1 Remuneração:(R$)
Documentação Necessária
Carteira de Identidade ou outra prova de ser brasileiro nato ou naturalizado. Se estrangeiro, ser portador do visto permanente; Declaração de que possui os seguintes documentos: prova de quitação com a justiça eleitoral e com o serviço militar,quando couber; Prova de ser portador de diploma de Mestre ou Doutor ou Título de Livre Docente. Em qualquer hipótese tratando-se de graus obtidos em instituição estrangeira deverá ser comprovada a revalidação ou o reconhecimento pela UFMG, até 05 dias úteis antes do início do concurso. Os graus obtidos em cursos não credenciados podem ser considerados, desde que sejam também reconhecidos pela UFMG; Guia Única de recolhimento da taxa de inscrição de R$ 2,40; curriculum vitae em sete cópias, acompanhados dos correspondentes documentos comprobatórios em uma unica via, abrangendo: graus, diplomas universitarios e certificados de cursos de especialização e de aperfeiçoamento;experiência docente; experiência científica ou técnica; experiência em administração acadêmica; publicações; distinções obtidas em reconhecimento de atividade intelectual .
Informações Adicionais
As inscrições serão feitas na Secretaria do Departamento de Fisioterapia. O concurso compreenderá o julgamento de títulos e a realização de provas, escrita e didática. A realização do concurso será 75 dias após o encerramento das inscrições .
URL do Edital
D.O.U. Seção 3 - 23/08/2004 página 23

 

 

 

Conservation Internacional seleciona em Belo Horizonte (MG)
14 de Outubro de 2004

A Conservação Internacional está recrutando profissional para atuar na área de coordenação nacional de comunicação, em Belo Horizonte (MG). O trabalho consiste no planejamento participativo das estratégias de comunicação, capacitação de parceiros na disciplina, ampliação da visibilidade da organização e de suas mensagens de conservação para públicos-chave e gestão do processo de monitoramento e avaliação das ações de comunicação. É exigido que a pessoa interessada tenha graduação nas áreas de comunicação, marketing ou jornalismo (de preferência, mestrado ou doutorado em áreas afins), experiência prévia de pelo menos cinco anos em atividades diversas de comunicação, com especial ênfase nas áreas ambiental e de ciência e tecnologia, excelente redação jornalística e capacidade de síntese, conhecimento básico de informática, fluência oral e escrita em inglês e disponibilidade para viagens. Os currículos com pretensão salarial devem ser enviados para o correio eletrônico [email protected] até 12 de novembro. No campo "assunto" deve-se escrever "Coordenador de Comunicação".

 

EDITAL DE CONTRATAÇÃO

Cargo: Assessor de Orçamento Público

  Atividades desenvolvidas:

•  Acompanhamento do Ciclo Orçamentário;

•  Monitoramento do Orçamento Público Federal;

•  Análise de política pública, conjuntura e relacionamento com o orçamento federal;

•  Produção de textos

•  Relacionamento com a Sociedade Civil e assessoramento desta junto ao Congresso Nacional.

Pré-requisitos:

•  Formação superior com conhecimentos nas áreas de orçamento e políticas públicas;

•  Domínio do “office” principalmente Excel e Access

•  Conhecimentos da língua inglesa e redação própria

•  Capacidade de trabalhar em equipe

•  Disponibilidade para viagens

Salário compatível com a função

Os interessados deverão enviar Curriculum vitae para [email protected] até 28 de novembro de 2004.

 

 

La Asociación de Organizaciones de Productores Ecológicos de Bolivia requiere:
“GERENTE GENERAL”
CONTEXTO

La Asociación de Organizaciones de Productores Ecológicos de Bolivia (AOPEB) es una Asociación Nacional hecha por pequeños productores que se representan a través de 51 organizaciones afiliadas. La esencia de AOPEB es promocionar la agricultura ecológica en Bolivia y mejorar la calidad de vida de los pequeños productores agroecológicos, para ello cuenta con estrategias definidas que logran la producción, transformación comercialización y consumo de productos de alta calidad.

AOPEB dentro sus capacidades y necesidades desarrolla varios proyectos sociales de apoyo a su sector y en especial a sus organizaciones afiliadas. Dentro su proceso de reestructuración y optimización del accionar de la organización, AOPEB busca un profesional relacionado con instituciones publicas y privadas a nivel nacional e internacional dentro el rubro de la producción y promoción ecológica que sea idóneo, dinámico y con pensamiento estratégico para lograr su autosostenibilidad en el mediano plazo.


MANDATO

Bajo la tuición del Directorio Nacional, el Gerente General es responsable de:

  • La dirección ejecutiva de la organización; operativa y financiera.
  • La formación y aprendizaje del personal subalterno con miras al logro de los objetivos institucionales y de proyectos.
  • Velar por la optimización de los procedimientos internos y de relacionamiento con el micro entorno de la Asociación.
  • Satisfacer las necesidades de capacitación, asistencia técnica, fortalecimiento institucional, mercadeo nacional / internacional, difusión, comunicación / información y otros a las organizaciones afiliadas.
  • Implementar estrategias y acciones con miras a la autosostenibilidad de la organización en el mediano plazo.
  • Representar a la organización ante entidades públicas y privadas a nivel nacional e internacional.
  • Gestionar y mantener a nombre de la organización, financiamiento externo de apoyo al desarrollo y promoción de la agricultura ecológica en Bolivia.
DESCRIPCIÓN GENERAL

En coordinación con el Directorio Nacional y el personal Técnico / Administrativo tendrá las siguientes actividades principales:

  • Planificar, programar, controlar, coordinar y supervisar planes (estratégicos y operativos), programas y actividades de la Asociación.
  • Presentar a instancias superiores (internas y externas), informes de actividades, estados financieros y toda información referente al accionar de la institución.
  • Formular y gestionar proyectos para el beneficio del sector ecológico, en especial para el beneficio de los afiliados de AOPEB.
  • Supervisar y controlar el manejo administrativo y financiero con pensamiento estratégico.
  • Coadyuvar la gestión del personal Técnico – Administrativo.
    Realizar contactos y representar ante entidades e instituciones.
  • Impulsar temas transversales acerca de género, cultura, ecología, sostenibilidad y coyuntura.
  • Hacer cumplir con los procedimientos, normas y determinaciones adoptadas por la Asociación.
  • Buscar y asegurar la sostenibilidad institucional.
EXIGENCIAS PROFESIONALES
  • Formación profesional y académica orientada al mejoramiento del desempaño institucional, formación empresarial y desarrollo social.
  • Egresado de Universidad de reconocido prestigio a nivel nacional.
  • Título en Provisión Nacional en carreras afines y con clara orientación a la Alta Gerencia y el trabajo coordinado con grupos de alto desempeño.
  • Registro en el Colegio de Profesionales correspondiente.
  • Post Grado a nivel de Diplomado o Maestría en Administración, Gestión Social de Organizaciones y/o Asociaciones y Planificación Estratégica.
  • Estudios y experiencias orientados al Desarrollo Rural Participativo.
  • Experiencia como Consultor en campo de análisis y fortalecimiento institucional.
  • Mínimo siete años de experiencia en el ejercicio de la profesión, cuatro de los cuales con experiencia probada en el sector ecológico de Bolivia.
  • Mínimo tres años de experiencia laboral en Organizaciones No gubernamentales u Organizaciones dedicadas a la promoción de la agricultura ecológica y el mejoramiento de la calidad de vida de pequeños productores rurales (deseable).
  • Probado conocimiento de trabajo con organizaciones de producción ecológica y su entorno social / empresarial.
  • Probada experiencia en el Manejo de Asociaciones con incidencia de Directorio de Productores rurales y empresarios.
  • Experiencia en desarrollo de organizaciones y redes de organizaciones; asociaciones, cooperativas, ONG´s y pequeñas empresas.
  • Experiencia en la planificación, organización, monitoreo y evaluación de proyectos de desarrollo social.
  • Probado relacionamiento con Donantes y ONG´s nacionales e internacionales de cooperación al desarrollo con experiencia en la gestión y logro de financiamiento externo.
  • Experiencia en el relacionamiento interinstitucional a nivel local, nacional e internacional.
  • Experiencia en análisis de necesidades, fortalecimiento de capacidades, capacitación y satisfacción de necesidades de los grupos meta de una Asociación Nacional.
  • Dominio de las Tecnologías de Información y Comunicación necesarias para el relacionamiento institucional y la gestión de proyectos; dominio del Internet, medios electrónicos y software apropiados para la optimización del trabajo gerencial.
  • Experiencia de trabajo con comunidades y organizaciones de producción ecológica de diferentes sectores rurales en Bolivia y el exterior del país.
  • Edad comprendida entre los 30 y 40 años.
  • Dominio escrito y oral del español con excelente capacidad de redacción.
  • Conocimiento del idia ingles.
CONDICIONES DE EMPLEO
Fecha prevista para el comienzo del empleo: 18 de octubre de 2004
Lugar de trabajo: Sede en la ciudad de La Paz.
Desplazamientos: Al interior del país, en especial zona rural.
Salario y ventajas sociales: Remuneración de acuerdo a la profesionalidad, las responsabilidades del Cargo, cumplimiento de objetivos y con prestaciones de ley vigentes en Bolivia.
INTERESADO/AS

Enviar un resumen documentado de su Currículum Vitae, con fotografía reciente y una carta de presentación de una página explicando su interés en el puesto y su pretensión salarial (imprescindible), hasta el miércoles 13 de octubre a Hrs 18:00 , a la siguiente dirección:

AOPEB
Landaeta No. 554 esq. Luis Crespo
Tel.: 2 249 0686 (91)
Fax: 2 212 9286 (87)
Émail: [email protected]

 

DURATEX S.A - Diretoria Florestal

A Duratex, empresa do segmento industrial do Grupo Itaúsa e líder no mercado de produção de painéis de madeira reconstituída, está selecionando Engenheiros Florestais Trainees para atuação no Estado de São Paulo.

Perfil desejável:

Os currículos devem ser enviados para [email protected] até o dia 30.10.2004.

Atenciosamente,

Antonio Joaquim de Oliveira

Diretor Florestal - Duratex S. A

Coordenadoria de Proteção de Recursos Naturais da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo

Abriu vagas para:
- estágiários - na área de geoprocessamento;
- contratado - na área de análise de EIA/RIMAs para parcelamento do solo/loteamentos.
Enviar currículo para [email protected] .

(Elisabete Kono, fone: 3030-6875)

Divulgado em 05/10/2004

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E
FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA
NO CARGO DE ANALISTA AMBIENTAL
EDITAL N.º 1/2004 – MMA, DE 28 DE SETEMBRO DE 2004

ANALISTA AMBIENTAL
REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior,
fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: planejamento ambiental, organizacional e estratégico
afetos à execução das políticas nacionais de meio ambiente formuladas no âmbito da União.
REMUNERAÇÃO: R$ 2.573,86.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.
ÁREA DE CONCENTRAÇÃO I: ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO EM MEIO
AMBIENTE
VAGAS: 60, sendo 3 vagas reservadas aos candidatos portadores de deficiência.
ÁREA DE CONCENTRAÇÃO II: POLÍTICAS E GESTÃO EM MEIO AMBIENTE
VAGAS: 40, sendo 2 vagas reservadas aos candidatos portadores de deficiência.

DAS INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO
As inscrições poderão ser efetuadas nas agências da CAIXA listadas no Anexo I deste edital ou via
Internet, conforme procedimentos especificados a seguir.
5.2 DA INSCRIÇÃO NAS AGÊNCIAS DA CAIXA
5.2.1 PERÍODO: de 25 de outubro a 5 de novembro de 2004 .
5.2.2 HORÁRIO: de atendimento bancário.
5.2.3 TAXA: R$ 60,00.
5.2.4 Para efetuar a inscrição nas agências da CAIXA, o candidato deverá:
a) preencher e entregar o formulário fornecido no local de inscrição;
b) pagar a taxa de inscrição.

Maiores Informações

Vacante: Asesor/a en Agroecologia con > Especialidad en Agroforesteria Tropical y Desarrollo Comunitario

Estimadas y estimados colegas, CIIR/CID tiene una vacante para un/a Asesor/a en agroecología con > Especialidad en Agroforestería Tropical y Desarrollo Comunitario, > basada > en la Provincia de Salcedo, República Dominicana. > El Instituto Católico de Relaciones Internacionales (CIIR) / > Cooperación > Internacional para el Desarrollo (CID) es una Organización No > Gubernamental Británica que ha estado trabajando más de 30 años > para > promover el desarrollo y desafiar la pobreza a través de la > asistencia > técnica y de la incidencia política en países en vías de > desarrollo. > CIIR/CID, contrata profesionales que aportan sus conocimientos > técnicos > a los esfuerzos de las comunidades para mejorar su nivel de vida. > Actualmente tiene alrededor de 100 cooperantes en América Latina, > el > Caribe, Asia, África y el Medio Oriente. > Agradeceremos circular a toda las personas interesadas en el tema > el > anuncio que enviamos adjunto al presente mensaje. > Para mayor información y obtener el Formulario de Aplicación, > consultar > nuestro sitio web: www.ciir.org (en la sección "jobs @ CIIR").

Muchas gracias por vuestra cooperación.

Le saluda muy cordialmente, >

Ricardo Tomaz > Recruitment & Selection Coordinator > Catholic Institute for International Relations > Unit 3, Canonbury Yard > 190a New North Road > London N1 7BJ > Web: www.ciir.org >    < http://www.ciir.org/images/ciir_logo.gif > > El Instituto Católico de Relaciones Internacionales (CIIR) es una > Organización No Gubernamental Británica que ha estado trabajando > más de > 30 años para promover el desarrollo y desafiar la pobreza a través > de la > asistencia técnica y de la incidencia política en países en vías de > > desarrollo. En algunos países CIIR es conocido por Cooperación > Internacional para el Desarrollo (CID). CIIR/CID contrata > profesionales > que aportan sus conocimientos técnicos a los esfuerzos de las > comunidades para mejorar su nivel de vida. Actualmente tiene > alrededor > de 100 cooperantes en América Latina, el Caribe, Asia, Africa y el > Medio > Oriente. >    _____ > Asesor/a en Agroecología con Especialidad en Agroforestería > Tropical y > Desarrollo Comunitario > CAFESA y JUNACAS > Provincia de Salcedo, Republica Dominicana >    _____ > La persona cooperante tiene como objetivo desarrollar las prácticas > de > producción agroecológica con comunidades campesinas de la > cordillera > septentrional de la provincia de Salcedo. La persona cooperante > trabajará con dos organizaciones, CAFESA y JUNACAS, que comparten > características muy similares en cuanto a membresía, área > geográfica y > objetivos de trabajo. > Buscamos un/a profesional en el área de agronomía o agroforestería. > La > persona postulante deberá contar con dos años de experiencia en > programas de agricultura orgánica, en procesos de certificación y > en > prácticas agroforestales tropicales. Es esencial que tenga > experiencia > de trabajo con organizaciones de base, en programas de > fortalecimiento > institucional y en programas de capacitación. > La capacidad para la aplicación de diagnósticos con metodologías > participativas y para transmitir conocimientos y experiencias son > esenciales. También es esencial tener un excelente dominio del > español, > y experiencia en formación e integración de equipos de trabajo. > La persona cooperante debe contar con la capacidad de integración > de la > familia en programas socioeconómicos con equidad de genero y con el > > manejo de programas de producción permaculturales con vistas a la > seguridad alimentaría. > Es esencial destreza en el manejo de computadoras y del Internet. > El puesto es por dos años. La fecha de cierre para presentar > solicitudes > es el 15 de octubre del 2004. Las entrevistas serán realizadas en > finales de octubre o principios de noviembre del 2004, previa > confirmación a las personas pre-seleccionadas. > Si usted está interesado/a en el puesto, debe enviar el Formulario > de > Aplicación por correo electrónico, antes de la fecha indicada. > Favor > incluir una dirección, teléfono o fax y e-mail donde puede ser > contactado/a. > Para mayor información y obtener el Formulario de Aplicación, > consultar > nuestro sitio web: www.ciir.org (en la sección "jobs @ CIIR"). > CIIR/CID requiere que las personas interesadas llenen el Formulario > de > Postulación y lo envíen a:  < mailto:[email protected] > > [email protected] > Por favor note que CID tiene una política de no contratar > nacionales > para trabajar en su propio país. > El Consorcio para el Desarrollo Sostenible de la Ecorregión Andina > (CONDESAN)realiza y facilita acciones concertadas en investigación, > > capacitación, desarrollo e iniciativas de políticas para el avance > socioeconómico sostenible, a fin de contribuir a la equidad y > bienestar > de la población de la ecorregión andina y a la conservación de los > recursos naturales. www.condesan.org   < http://www.condesan.org > > Av. La Molina 1895. La Molina - Perú - tel. 511 3496017 / fax 511 > 3175326

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO
FACULDADE DE CIENCIAS DA ADMINISTRACAO

Grande Área: CIENCIAS AGRARIAS

Disciplina ou Atividade: Gestão Ambiental
Tipo de Atividade a Exercer - Nível Superior Docência- Professor Assistente

FORMA DE ADMISSÃO

REQUISITOS EXIGIDOS
Processo Seletivo Próprio da Contratante Doutorado
INFORMAÇÕES COMPLEMETARES
Endereço
AVENIDA ENGENHEIRO ABDIAS DE CARVALHO, 252 RECIFE-PE 50750-360 [email protected] Telefone:(81)3445-6181 Fax:3445-4915
Período(dd/mm/yyyy):
15/09/2004 a 08/10/2004 Horário:
Vagas:
1 Remuneração:(R$)
Documentação Necessária
Informações Adicionais
URL do Edital
Edital publicado no doe dia 04/09/2004

UNIVERSIDADE DE SAO PAULO
FACULDADE DE SAUDE PUBLICA

Departamento/Laboratório: DEPARTAMENTO DE NUTRICAO

Grande Área: CIENCIAS AGRARIAS Área: MEDICINA VETERINARIA

Disciplina ou Atividade: Nutrição e Alimentação Animal, Produção de Suínos e Bromatologia para Veterinária
Tipo de Atividade a Exercer - Nível Superior Docência- Professor Titular

FORMA DE ADMISSÃO

REQUISITOS EXIGIDOS
Concurso Portador do título de livre-docente
INFORMAÇÕES COMPLEMETARES
Endereço
AVENIDA DR. ARNALDO, 715 SAO PAULO-SP 01246-904 [email protected] Telefone:(11)3066-7705 Fax:3062-6748
Período(dd/mm/yyyy):
27/05/2004 a 23/11/2004 Horário:
08:00 às 17:00 Vagas:
1 Remuneração:(R$)
6.865,37
Documentação Necessária
As inscrições serão feitas no Serviço de Apoio Acadêmico da FMVZ, Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, no. 87 - Butantã - SP, devendo o candidato apresentar requerimento dirigido ao Diretor da FMVZ, contendo dados pessoais e área de conhecimento (especialidade) do Departamento a que concorre, acompanhado dos seguintes documentos: I _ memorial circunstanciado, em dez copias, no qual sejam comprovados os trabalhos publicados, as atividades realizadas pertinentes ao concurso e as demais informações que permitam avaliação de seus méritos; II _ prova de que e portador do título de livre-docente outorgado pela USP, por ela reconhecido ou de validade nacional; III _ título de eleitor e comprovante de votação da ultima eleição, prova de pagamento da respectiva multa ou a devida justificativa. IV - prova de quitação com o serviço militar para os candidatos do sexo masculino.
Informações Adicionais
Maiores informações bem como as normas pertinentes ao concurso encontram-se à disposição dos interessados na Assistência Técnica Acadêmica da FMVZ/USP
URL do Edital
DOESP 1 - 27/05/2004 (http://www.imesp.com.br/jornal/e1100.htm)

Coordenação de serviços, na Fundação Avina
31 de Maio de 2004


Coordenação de projetos de desenvolvimento, na Bolívia
31 de Maio de 2004

Instituição sem fins lucrativos está procurando profissional para coordenação de projetos de desenvolvimento integral com famílias camponesas na Bolívia. A tarefa envolve o planejamento, o monitoramento e a avaliação dos projetos, além do gerenciamento de recursos humanos. É necessário ter experiência de 3 a 5 anos com famílias camponesas, inglês e espanhol fluentes e disponibilidade imediata. As pessoas interessadas devem enviar, até o dia 11 de junho, currículo com pretensão salarial para [email protected]

Inglês Fluente, terá necessidade de um treinamento na Europa e trabalhará dentro de uma equipe internacional; Disponibilidade para Viagens; Engenheiro Florestal com Nível Superior Completo; (recém formado). Fará parte de uma equipe responsável pela abertura e expansão do negócio na América do Sul. Irá realizar atividades como: elaboração e administração do planejamento estratégico de projetos, atendimento aos clientes, planos de lançamentos de novos produtos. Irá atuar na área florestal. É desejavel flexibilidade, bons conhecimentos em Management Information Systems, GIS-packages (ArcView, Map Info or Microstation), Office package. Faixa Salarial: A combinar.

maiores informações: [email protected]


UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSOES - CAMPUS DE ERECHIM
URI - CAMPUS DE ERECHIM
DEPARTAMENTO DE CIENCIAS AGRARIAS

Disciplina ou Atividade: Processamentos de produtos agricolas
Tipo de Atividade a Exercer - Nível Superior Docência
Professor Titular Pesquisa
Coordenador de Projeto de Pesquisa

FORMA DE ADMISSÃO

REQUISITOS EXIGIDOS
Concurso Graduado em Engenharia Agronômica ou Engenharia Agrícola Doutorado em Engenharia Agrícola Área de Concentração em Processamento e Armazenamento de Produtos Agrícolas ou áreas afins
INFORMAÇÕES COMPLEMETARES
Endereço
AVENIDA SETE DE SETEMBRO, 1621 ERECHIM-RS 99700-000 [email protected] Telefone:(054)321-1943 Fax:
Período): 17/05/2004 a 11/06/2004 Horário:comercial Vagas: 1 Remuneração:(R$)
Documentação Necessária
Informações Adicionais
054 520-9000 ou 054 321-1943
URL do Edital
EDITAL 005/2004, de 10 de maio de 2004 - http://www.reitoria.uri.br/show.php?fi=editais&cod=38

Heifer Bolivia - REQUERIMIENTO DE PERSONAL

COORDINADOR NACIONAL DE PROYECTOS

Institución de servicio sin fines de lucro requiere los servicios de un Coordinador de Proyectos de Desarrollo Integral, para trabajar con familias campesinas de Bolivia, incluye Planificación, Seguimiento y Evaluación de los mismos, además de manejo de personal de diferentes niveles de capacitación y decisión.

Requisitos:

Experiencia mínima de 3 a 5 años de trabajo con familias campesinas y manejo de personal.
Idioma español / inglés imprescindible
70% de trabajo en el campo
Disponibilidad inmediata
Enviar currículo y pretensiones salariales a la casilla 1439 Santa Cruz – Bolivia o vía e mail a [email protected] hasta el día viernes 11 de junio de 2004.


CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO

Atividade: ANALISTA PLENO I – ÁREA: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Tipo de Atividade a Exercer - Nível Superior Gestão
Gestor em Atividades de C

FORMA DE ADMISSÃO

REQUISITOS EXIGIDOS
Concurso diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Áreas Agrárias, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e experiência profissional mínima de três anos na execução de atividades de gestão, planejamento e infra-estrutura em Ciência e Tecnologia ou diploma de pós-graduação em nível de mestrado em áreas afins.
INFORMAÇÕES COMPLEMETARES
Endereço
AV.W3 NORTE - QUADRA 507 BRASILIA-DF 70740-901 [email protected] Telefone:(61)348-9000 Fax:274-1950
Período: 24/05/2004 a 04/06/2004 Horário: Vagas: 6 Remuneração:(R$) 2.138,82
Documentação Necessária
Para efetuar a inscrição nas agências da CAIXA, o candidato deverá: a) preencher o formulário fornecido no local de inscrição, onde será emitido o comprovante de inscrição; b) pagar a taxa de inscrição; c) apresentar cópia legível, recente e em bom estado do documento de identidade, a qual será retida
Informações Adicionais
O documento de arrecadação e o boleto bancário estão disponíveis no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/cnpq2004 e devem ser impressos para o pagamento da taxa de inscrição (R$50,00) após a conclusão do preenchimento da ficha de solicitação de inscrição online .
URL do Edital
EDITAL N.º 1/2004 – CNPq, DE 19 DE ABRIL DE 2004 - CORREIOWEB

O IPAM está selecionando um(a) Pesquisador(a) em Ecologia Vegetal.

Formação Profissional e experiência

Doutorado em ecologia vegetal ou áreas afins;
Conhecimento profundo de análises estatística;
Habilidades em conceber, executar, e publicar pesquisas ecológicos;
Habilidade em trabalhar em equipe;
Outros critérios favoráveis:
(a) experiência cientifica na Amazônia;
(b) experiência em pesquisa de ecologia de fogo, de produtividade, de modelagem, ou em fisiologia vegetal;
(c) interessa na conservação de recursos naturais.

Funções a desempenhar

A pessoa escolhida coordenará dois grandes experimentos ecológicos: Seca Floresta e Projeto Savanização.
O primeiro experimento visa entender o efeito da redução de chuva sobe a floresta Amazônica e localiza-se na Floresta Nacional do Tapajós, perto de Santarém.
O segundo experimento está contemplado para iniciação em julho, em Mato Grosso, e busca entender o efeito de incêndios repetidas sobe a floresta da região.
A pessoa tomara frente de uma linha de pesquisa no contexto desses dois experimentos.

Regras de Contratação e Remuneração

Os interessados devem enviar curriculum vitae; uma carta de apresentação e pretensão salarial para o endereço ou e-mail abaixo.
A Remuneração será de acordo com as qualificações do(a) candidato(a) e a política salarial do IPAM.

Processo de Seleção

Os candidatos deverão enviar o currículo até o dia 11.06.2004, para o seguinte endereço:
IPAM - Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia
Av. Nazaré, 669 - Nazaré
Belém - Pará
CEP: 66035-170
A/C: Seleção para Ecólogo
Fone: 091 241 6700 ou através do e-mail [email protected]

O IPAM está selecionando um(a) Assistente de Pesquisa.

Formação Profissional e experiência

Graduação na área de geografia, ciências sociais, direito ou áreas afins;
Conhecimento profundo na área de informática;
Habilidade em pesquisa de campo;
Habilidade em trabalhar em equipe;
- Outros critérios favoráveis:
(a) experiência de trabalho de campo na Amazônia;
(b) interesse na conservação de recursos naturais.


Funções a desempenhar

A pessoa escolhida, fará parte da equipe que trabalha nos municípios do Baixo Amazonas junto aos movimentos sociais, especificamente em parceria com o CEFTBAM. As atividades previstas para a pessoa escolhida serão: apoio na elaboração de relatórios, organização de eventos, preparação de material para pesquisa de campo, organização de arquivos documentais e fotográficos além de acompanhar a agenda de trabalho da equipe. A pessoa também terá a função de articular as ações da equipe com os demais programas do IPAM para facilitar a comunicação interna da instituição.

Regras de Contratação e Remuneração

Os interessados devem enviar:
(1) um curriculum vitae;
(2) carta de apresentação;
(3) pretensão salarial.
A remuneração será de acordo com as qualificações do (a) candidato(a) e a política salarial do IPAM.

Processo de Seleção

Os candidatos deverão enviar o currículo até o dia 11.06.2004, para o seguinte endereço:
IPAM - Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia
Av. Nazaré, 669 - Nazaré
Belém - Pará
CEP: 66035-170
A/C: Assistente de Pesquisa Projeto BR-163
ou através do e-mail [email protected]

UNIVERSIDADE DE BRASILIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL

Disciplina: Manejo e Conservação dos Recursos Naturais
Tipo de Atividade a Exercer - Nível Superior Docência Professor Substituto

FORMA DE ADMISSÃO

REQUISITOS EXIGIDOS
Prestação de Serviço por Tempo Determinado Doutorado
INFORMAÇÕES COMPLEMETARES
Endereço
CAMPUS UNIVERSITARIO BRASILIA-DF 70910-900 [email protected] Telefone:(61)307-2579 Fax:347-5458
Período: 01/06/2004 a 18/06/2004 Horário: Das 8.30 às 11.30h e das 14.30 às 17.30h Vagas: 1 Remuneração:(R$) 1.738,97
Documentação Necessária
Curriculum Vitae devidamente comprovado
Informações Adicionais
Regime de trabalho: 40h sendo que, de acordo com a necessidade da Instituição, a jornada poderá ser cumprida nos turnos diurno e/ou noturno. Maiores informações poderao ser obtidas no prédio da Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal ou pelos telefones: (61) 307-2700/2707.
URL do Edital - http://www.unb.br/srh/Editais/Edital_101_25_MAIO_2004.htm#edital

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

FUNDAÇÃO NACIONAL DO ÍNDIO

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

EDITAL Nº 01/2004 - MJ/FUNAI, DE 19 DE MAIO DE 2004

O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO NACIONAL DO ÍNDIO - FUNAI, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com a Constituição Federal, Portaria nº 103, de 12 de maio de 2004, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e demais disposições atinentes à matéria, TORNA PÚBLICA a realização de CONCURSO PÚBLICO para provimento de vagas em cargos de nível superior, o qual reger-se-á pelas condições estabelecidas neste Edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O presente concurso público será regido por este Edital, em conformidade com as disposições legais pertinentes, e será executado pela Fundação Universa - FUNIVERSA, entidade civil de direito privado, instituída União Brasiliense de Educação e Cultura - UBEC, mantenedora da Universidade Católica de Brasília - UCB.

1.2. A seleção para os cargos de que trata este Edital compreenderá o exame de habilidades e de conhecimentos gerais e específicos mediante aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório.

1.3. Os candidatos aprovados na etapa de qualificação técnica serão convocados, conforme necessidade e conveniência da FUNAI, para comprovação de requisitos, de caráter eliminatório.

1.4. As provas objetivas e a comprovação de requisitos serão realizadas em Brasília-DF.

1.5. O presente concurso público visa ao preenchimento das vagas nos cargos informados no item 2.

1.6. Será feito cadastro de reserva para o preenchimento das vagas que venham surgir durante o período de validade do concurso.

2. DOS CARGOS, VAGAS, REMUNERAÇÃO E BENEFÍCIOS

2.2. ENGENHEIRO

2.2.1. REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia, fornecido por instituição de ensino credenciada pelo órgão competente.

2.2.2. ATRIBUIÇÕES: proceder levantamentos bibliográficos e documentais, visando obter informações cartográficas e fundiárias sobre os grupos indígenas e seus territórios; realizar investigação em campo, junto aos grupos indígenas, dos seus territórios e da região que os circunscreve, objetivando levantar dados sobre a localização dos grupos e de seus territórios; acompanhar, apoiar e subsidiar o desenvolvimento dos estudos e levantamentos antropológicos, através dos levantamentos técnico-cartográficos realizados em campo; acompanhar e apoiar o desenvolvimento dos relatórios circunstanciados de identificação e delimitação decorrentes dos estudos acima referidos; acompanhar e fiscalizar trabalhos de demarcação e aviventação de terras, elaborando laudos e pareceres de fiscalização das obras, em campo; elaborar estudos e pareceres a respeito de peças técnicas referentes à demarcação e aviventação de terras, tais como: verificação, conferência e aprovação de: 1) cadernetas de campo de medição topográfica; 2) relatórios de cálculos topográficos; 3) relatórios de rastreamento de satélites geodésicos; elaborar memoriais descritivos referentes aos trabalhos de delimitação e de demarcação de terras indígenas, auxiliando e subsidiando na confecção dos mapas respectivos; acompanhar, supervisionar e subsidiar a elaboração dos mapas de delimitação e de demarcação; elaborar análises e pareceres técnico-cartográficos a respeito de processos referentes a concessão de Atestados Administrativos; analisar os manuais de normas técnicas, softwares, equipamentos e métodos de trabalho da FUNAI, referentes à delimitação, demarcação e aviventação de terras, procurando sempre melhorá-los, com base em novas teorias e em experiências pessoais vividas na prática; elaborar mapeamento através de softwares de cartografia digital e de sensoriamento remoto; executar vistorias, perícias, avaliações e arbitramentos referentes a assuntos de cartografia; elaborar, coordenar, controlar, orientar, implantar e executar projetos de desenvolvimento da agricultura e pecuária, realizando estudos da flora da região, pesquisas de solo, orientando na elaboração e execução de programas e projetos de irrigação e drenagem, elaborando projetos de experimentação agrícola, introduzindo técnicas sobre plantio e trato culturais; elaboração de pareceres e acompanhamento de projetos referentes às atividades produtivas com os povos indígenas; realização de diagnósticos com análise de tratamento institucional das demandas dos povos indígenas; assessorar os povos indígenas em sua organização, para credenciá-los como beneficiários de programas de financiamento; elaborar e acompanhar a execução de programas e projetos a serem implementados, organizando a avaliação dessas ações e propondo encaminhamentos, de forma a corrigir distorções; propor metodologias de identificação de indicadores, segundo dos conceitos de sustentabilidade; orientar índios e técnicos de campo para trabalharem com tais indicadores; desenvolver trabalhos voltados à gestão ambiental e etnodesenvolvimento; acompanhar e apoiar o desenvolvimento dos trabalhos fundiários pelos grupos técnicos de identificação e delimitação de terras indígenas; proceder à aplicação de formulário de diagnósticos fundiário e socioeconômico, por meio de entrevistas aos ocupantes não índios localizados em terras indígenas; realizar pesquisas de valores visando ao diagnóstico de avaliação de benfeitorias implantadas em terras indígenas; proceder a estudo cartorial e documental das ocupações de não índios localizados em terras indígenas; proceder estudos fundiários das ocupações de não índios em terras indígenas por meio análise de imagens de satélites referentes as benfeitorias reprodutivas; elaborar pareceres técnicos sobre as questões fundiárias no processo de reconhecimento das terras indígenas; executar vistorias, perícias, avaliações e arbitramentos referentes a assuntos de engenharia agronômica; promover ações de levantamento de campo de possíveis benfeitorias, efetuar a base de cálculo para possíveis indenizações, e controlar o patrimônio territorial indígena; coletar e analisar os dados necessários à consolidação e acompanhamento de planos, programas e projetos com vistas à elevação do nível de subsistência das populações indígenas; promover o conhecimento das políticas e tecnologias de uso tradicional; elaborar, coordenar, controlar, orientar, implantar e executar projetos de desenvolvimento da agricultura e pecuária, realizando estudos da flora da região, pesquisas de solo, orientado na elaboração e execução de programas e projetos de irrigação e drenagem, elaborando projetos de experimentação agrícola, introduzindo técnicas sobre plantio e trato culturais; promover orientação técnica às comunidades indígenas referente ao desenvolvimento de atividades produtivas, avaliando e acompanhando a suas execução; elaborar de pareceres e acompanhamento de projetos referentes às atividades produtivas com as comunidades indígenas; assessorar as comunidades indígenas em sua organização, para credenciá-las como beneficiárias de programas de financiamento; elaborar e acompanhar a execução de programas e projetos a serem implementados, organizando a avaliação dessas ações e propondo encaminhamentos, de forma a corrigir distorções; propor metodologias de identificação de indicadores, segundo dos conceitos de sustentabilidade.

2.2.3. VAGAS: 08 (oito)

2.2.4. VAGAS DESTINADAS A PORTADORES DE DEFICIÊNCIA: 01 (uma)

2.2.5. REMUNERAÇÃO: R$ 1.000,25 (Vencimento Básico + GAE + GDATA + Vantagem Individual)

2.2.6. BENEFÍCIOS: Auxílio Alimentação e Transporte

.7. GEÓGRAFO

2.7.1. REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Geografia, fornecido por instituição de ensino credenciada pelo órgão competente.

2.7.2. ATRIBUIÇÕES: realizar pesquisas sobre as características físicas e climáticas de uma determina zona ou região, fazendo estudos de campo e aplicando o conhecimento de ciências correlatas, como a física, geologia, oceanografia, meteorologia e biologia, a fim de obter dados subsidiários que possibilitem o desenvolvimento econômico-político-social da área em questão; estudar as populações e as atividades humanas, coletando dados sobre a distribuição étnica, a estrutura econômica e a organização política e social de determinadas regiões ou países, para elaborar comparações sobre a vida sócio-econômica-política das civilizações; assessorar organismos governamentais ou privados em assuntos referentes à delimitação de fronteiras naturais e étnicas, zonas de exploração econômica, possibilidades de novos mercados e de rotas comerciais mais favoráveis, efetuando pesquisas e levantamentos fisiográficos, topográficos, toponímicos, estatísticos e bibliográficos, sobre geográfica econômica, política, social e demográfica, para proporcionar melhor conhecimento desses assuntos; elaborar mapas, gráficos e cartas, coletando dados e informações e fazendo pesquisas locais, para ilustrar os resultados de seus estudos; proceder levantamentos bibliográficos e documentais, visando obter informações cartográficas e fundiárias sobre os grupos indígenas e seus territórios; elaborar estudos e pareceres a respeito de peças técnicas referentes à demarcação e aviventação de terras, tais como: verificação, conferência e aprovação de: 1) cadernetas de campo de medição topográfica; 2) relatórios de cálculos topográficos; 3) relatórios de rastreamento de satélites geodésicos; elaborar memoriais descritivos referentes aos trabalhos de delimitação e de demarcação de terras indígenas, auxiliando e subsidiando na confecção dos mapas respectivos; acompanhar, supervisionar e subsidiar a elaboração dos mapas de delimitação e de demarcação; elaborar análises e pareceres técnico-cartográficos a respeito de processos referentes a concessão de Atestados Administrativos; analisar os manuais de normas técnicas, softwares, equipamentos e métodos de trabalho da FUNAI, referentes à delimitação, demarcação e aviventação de terras, procurando sempre melhorá-los, com base em novas teorias e em experiências pessoais vividas na prática; elaborar mapeamento através de softwares de cartografia digital, de geoprocessamento e de sensoriamento remoto; elaborar projetos através do desenvolvimento de Sistemas de Informações Geográficas; e executar vistorias, perícias, avaliações e arbitramentos referentes a assuntos de cartografia.

2.7.3. TOTAL DE VAGAS: 04 (quatro)

2.7.4. VAGAS DESTINADAS A PORTADORES DE DEFICIÊNCIA: 01 (uma)

2.7.5. REMUNERAÇÃO: R$ 1.000,25 (Vencimento Básico + GAE + GDATA + Vantagem Individual)

2.7.6. BENEFÍCIOS: Auxílio Alimentação e Transporte
3

 

4. DOS REQUISITOS BÁSICOS EXIGIDOS

4.1. Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1º, artigo 12, da Constituição Federal e do Decreto n.º 70.436/72.

4.2. Estar em dia com as obrigações eleitorais.

4.3. Ter certificado de reservista militar ou de dispensa de incorporação, em caso de candidato brasileiro, do sexo masculino.

4.4. Ter idade mínima de dezoito anos completos, na data de admissão.

4.5. Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

4.6. Ser aprovado no concurso público e possuir o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo, conforme estabelecido no item 2 deste Edital.

4.7. Cumprir as determinações deste Edital.

4.8. Nos últimos cinco anos, na forma da legislação vigente:

a) não ter sido responsável por atos julgados irregulares por decisão definitiva do Tribunal de Contas da União, do Tribunal de Contas do Estado, do Distrito Federal ou de Município, ou, ainda, por Conselho de Contas de Município;

b) não haver sofrido sanção impeditiva do exercício de cargo público;

c) não ter sido condenado em processo criminal por sentença transitado em julgado, pela prática de crimes contra a Administração Pública, capitulados no título XI da Parte Especial no Código Penal Brasileiro, na Lei n.º 7.492, de 16 de junho de 1985, e na Lei n.º 8.429, de 2 de junho de 1992.

5. DAS INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO

5.1. A inscrição no concurso público implica, desde logo, o conhecimento e a tácita aceitação pelo candidato das condições estabelecidas neste Edital.

5.2. As inscrições poderão ser realizadas em duas modalidades: Via Internet ou Presencial.

5.3. O valor de taxa de inscrição para todos os cargos será de R$ 50,00 (cinqüenta reais).

5.4. Da Inscrição via Internet

5.4.1. Período: 26/05 a 12/06/2004, até às 20h. (horário de Brasília)

5.4.2. Endereço Virtual: http://www.funiversa.org.br

5.4.3. A FUNIVERSA não se responsabiliza por solicitação de inscrição via Internet não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamentos de linha, ou outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados.

5.4.4. Após o preenchimento do formulário eletrônico, o candidato deverá imprimir o documento para o pagamento da taxa de inscrição. Este será o seu registro provisório de inscrição.

5.4.5. A impressão do boleto correspondente a taxa de inscrição será feita pela Internet e o pagamento deverá ser efetuado em qualquer agência bancária ou terminal de auto-atendimento, até o dia 14 de junho de 2004, com o boleto bancário impresso (NÃO será aceito pagamento por meio de depósito em conta).

5.4.6. A FUNIVERSA, em nenhuma hipótese, processará qualquer registro de pagamento com data posterior ao dia 14 de junho de 2004.

5.4.7. As solicitações de inscrições realizadas com pagamento após esta data não serão acatadas.

5.4.8. O candidato terá sua inscrição homologada somente após o recebimento pela FUNIVERSA, através do banco, da confirmação do pagamento de sua taxa de inscrição no valor estipulado no item 2.

5.4.9. O candidato inscrito via Internet não deverá enviar cópia de documento de identidade, sendo de sua exclusiva responsabilidade a informação dos dados cadastrais no ato de inscrição, sob as penas da lei.

5.4.10. O candidato inscrito via Internet fica responsável pelas informações dos dados cadastrais fornecidos no ato de inscrição, sob pena de cancelamento de sua inscrição, além das cominações legais.

5.5. Da Inscrição Presencial

5.5.1. Período: 26/05/2004 a 11/06/2004.

5.5.2. Local e Horário: De segunda à sexta-feira, das 9h às 17h, no seguinte endereço: SCS Quadra 3 Bloco A No 260 Térreo - Ed. José Barros - Brasília - DF.

5.5.3. Para inscrever-se, na modalidade presencial, o candidato deverá:

5.5.3.1. comparecer no local das inscrições para preencher e entregar formulário de inscrição;

5.5.3.2. pagar o valor correspondente à taxa de inscrição a título de ressarcimento de despesas com material e serviços;

5.5.3.3. apresentar-se munido de documento de identidade (ORIGINAL), para simples conferência pelo atendente, no ato da inscrição;

5.5.3.4. No caso do pagamento da taxa de inscrição ser realizado com cheque bancário que venha a ser devolvido por qualquer motivo, a FUNIVERSA reserva-se o direito de tomar as medidas legais cabíveis, bem como, acarretará no cancelamento automático da inscrição.

5.5.4. Inscrição por procuração: deverá ser apresentado documento de identidade do procurador e entregue o instrumento de mandato outorgado através de instrumento público ou particular, com apresentação dos documentos indispensáveis à inscrição, contendo poder específico para a inscrição no concurso público. Não há necessidade de reconhecimento de firma pelo outorgante, por verdadeira, em cartório.

5.5.5. É obrigação do candidato ou seu procurador conferir as informações contidas na Ficha de Inscrição, bem como tomar conhecimento do local, data e horário de realização de cada fase do concurso público, ficando sob sua inteira responsabilidade as informações prestadas, arcando com as conseqüências de eventuais erros de preenchimento da ficha ou sua entrega.

6. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE A INSCRIÇÃO NO CONCURSO PÚBLICO

6.1. A inscrição poderá ser feita por procuração, sem necessidade de reconhecimento de firma, acompanhada de cópia legível do documento de identidade do candidato.

6.2. É vedada a inscrição condicional, a extemporânea, a via postal, a via fax ou a via correio eletrônico.

6.2.1 É considerada inscrição extemporânea a que tem o pagamento efetuado após as datas e prazos estabelecidos neste Edital.

6.3. Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o Edital e certificar-se de que preencherá todos os requisitos exigidos no momento da nomeação. Uma vez efetivada a inscrição, não será permitida, em nenhuma hipótese, a sua alteração no que se refere à opção de cargo.

6.4. É vedada a transferência do valor pago a título de taxa para terceiros, assim como a transferência da inscrição para outrem.

6.5. Para efetuar a inscrição, é imprescindível o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) do candidato.

6.6. O candidato que não possuir CPF deverá solicitá-lo nos postos credenciados, localizados em qualquer agência do Banco do Brasil S.A., da CAIXA e dos Correios, ou na Receita Federal, em tempo hábil, isto é, de forma que consiga obter o respectivo número antes do término do período de inscrição.

6.7. Terá a sua inscrição cancelada e será automaticamente eliminado do concurso o candidato que usar o CPF de terceiro para realizar a sua inscrição.

6.8. O candidato obrigatoriamente deverá indicar, no formulário de inscrição ou na solicitação de inscrição via Internet, uma única opção de cargo.

6.9. As informações prestadas no formulário de inscrição ou na solicitação de inscrição via Internet serão de inteira responsabilidade do candidato, dispondo a FUNIVERSA do direito de excluir do concurso público aquele que não preencher o formulário de forma completa, correta e legível.

6.10. O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma, salvo em caso de cancelamento do certame por conveniência da Administração.

6.11. Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição.

6.12. O comprovante de inscrição deverá ser mantido em poder do candidato e apresentado nos locais de realização das provas.

6.13. O candidato, portador de deficiência ou não, que necessitar de condição especial para a realização das provas deverá solicitá-la, por escrito, no ato de inscrição, indicando claramente, no formulário de inscrição ou na solicitação de inscrição via Internet, quais os recursos especiais necessários (materiais, equipamentos etc.). Após esse período, a solicitação será indeferida, salvo nos casos de força maior e nos que forem de interesse da Administração Pública.

6.14. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança. A candidata que não levar acompanhante não realizará as provas.

6.15. A solicitação de condições especiais será atendida segundo os critérios de viabilidade e de razoabilidade.

6.16. O candidato deverá declarar, no formulário de inscrição ou na solicitação de inscrição via Internet, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da nomeação.

. DAS PROVAS OBJETIVAS

7.1. Serão aplicadas provas objetivas abrangendo os objetos de avaliação constantes deste Edital, conforme o quadro a seguir:

Áreas de Conhecimento

Quantidade de Questões

Peso - Pontuação por Questão - Total de Pontos -Conhecimento Específico da Área de Atuação

20 - 1 - 1,25 - 25

Conceitos de Administração Pública e Legislação relacionadas a FUNAI

18- 1- 1,25 - 22,5

Língua Portuguesa

16 - 1- 1,25 - 20

Matemática

10 - 1 - 1,25- 12,5

Informática

8 -1 -1,25 -10

Atualidades

8 - 1 - 1,25 - 10

TOTAL

80 - 100

7.2. As provas objetivas terão a duração de 4 horas e serão aplicadas no dia 11 de julho de 2004, no turno da tarde.

7.3. Os locais e os horários de realização das provas objetivas serão publicados no Diário Oficial da União e divulgados na Internet, no endereço eletrônico http://www.funiversa.org.br. São de responsabilidade exclusiva do candidato, a identificação correta de seu local de realização das provas e o comparecimento no horário determinado.

7.4. A FUNIVERSA poderá enviar, como complemento às informações citadas no subitem anterior, comunicação pessoal dirigida ao candidato, para o endereço constante no formulário de inscrição ou na solicitação de inscrição via Internet, informando o local e o horário de realização das provas, o que não o desobriga do dever de observar o Edital a ser publicado, consoante o que dispõe o subitem 7.3 deste Edital.

7.5. Os candidatos inscritos via Internet poderão receber esse comunicado via e-mail, sendo de sua exclusiva responsabilidade a manutenção/atualização de seu correio eletrônico.

7.6. Não serão dadas, por telefone, informações a respeito de datas, de locais e de horários de realização das provas. O candidato deverá observar rigorosamente os editais e os comunicados a serem divulgados na forma do subitem 7.3 deste Edital.

7.7. O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta preta, de comprovante de inscrição e de documento de identidade original.

7.8. Não será admitido ingresso de candidato no local de realização das provas após o horário fixado para o seu início.

7.9. O candidato que se retirar do ambiente de provas não poderá retornar em hipótese alguma.

7.10. Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente o modelo aprovado pelo artigo 159 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997).

7.11. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, trinta dias, da ocasião em que será submetido à identificação especial, compreendendo coleta de assinaturas e de impressão digital em formulário próprio.

7.12. A identificação especial será exigida, também, ao candidato cujo documento de identificação apresente dúvidas relativas à fisionomia ou à assinatura do portador.

7.13. Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, CPF, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade nem documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados.

7.14. Não será aceita cópia de documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo de documento.

7.15. Por ocasião da realização das provas, o candidato que não apresentar documento de identidade original, na forma definida no subitem 7.10 deste Edital, não poderá fazer as provas e será automaticamente eliminado do processo seletivo público, à exceção do disposto no item 7.11.

7.16. Não serão aplicadas provas em local, em data ou em horário diferentes dos predeterminados em Edital ou em comunicado.

7.17. Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos nem a utilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de consulta. O descumprimento da presente instrução implicará a eliminação do candidato, caracterizando-se tentativa de fraude.

7.18. No dia de realização da prova, não será permitido ao candidato entrar e/ou permanecer com armas ou aparelhos eletrônicos (bip, telefone celular, relógio do tipo data bank, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador etc). Caso o candidato leve alguma arma e/ou algum aparelho eletrônico, estes deverão ser entregues à Coordenação e somente serão devolvidos ao final da prova. O descumprimento da presente instrução implicará a eliminação do candidato, caracterizando-se tentativa de fraude.

7.19. A FUNIVERSA não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos ou de equipamentos eletrônicos ocorridos durante a realização das provas, nem por danos neles causados.

7.20. Não haverá segunda chamada para as provas. O não comparecimento a estas implicará a eliminação automática do candidato.

7.21. O candidato somente poderá retirar-se do local de realização das provas levando o caderno de provas no decurso dos últimos trinta minutos anteriores ao horário previsto para o seu término.

7.22. Terá suas provas anuladas e será automaticamente eliminado do concurso público o candidato que, durante a sua realização:

7.22.1. for surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução das provas;

7.22.2. utilizar-se de livros, máquinas de calcular e/ou equipamento similar, dicionário, notas e/ou impressos que não forem expressamente permitidos e/ou que se comunicar com outro candidato;

7.22.3. for surpreendido portando telefone celular, gravador, receptor, pagers, notebook e/ou equipamento similar;

7.22.4. faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, com as autoridades presentes e/ou com os demais candidatos;

7.22.5. fizer anotação de informações relativas às suas respostas no comprovante de inscrição e/ou em qualquer outro meio, que não os permitidos;

7.22.6. recusar-se a entregar o material das provas ao término do tempo destinado para a sua realização;

7.22.7. afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

7.22.8. ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de respostas;

7.22.9. descumprir as instruções contidas no caderno de provas, na folha de respostas e/ou na folha de rascunho;

7.22.10. perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido;

7.22.11. utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer etapa do processo seletivo público.

7.23. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em razão do afastamento de candidato da sala de provas.

7.24. No dia de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação destas e/ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao seu conteúdo e/ou aos critérios de avaliação e de classificação.

7.25. A prova escrita será composta de 80 (oitenta) questões de múltipla escolha, com valor individual de 1,25 (um vírgula vinte e cinco) pontos. O valor total da prova escrita será de 100 (cem) pontos.

7.26. Na hipótese de anulação de alguma questão da prova escrita, todos os candidatos terão direito a pontuação da questão (1,25 pontos) para que seja feito o cálculo da pontuação final.

7.27. Para obter pontuação no item, o candidato deverá marcar um, e somente um, dos campos da folha de respostas.

7.28. O candidato deverá transcrever as respostas das provas objetivas para a folha de respostas, que será o único documento válido para a correção das provas. O preenchimento da folha de respostas será de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas neste Edital e na folha de respostas. Em hipótese alguma haverá substituição da folha de respostas por erro do candidato.

7.29. Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos do preenchimento indevido da folha de respostas. Serão consideradas marcações indevidas as que estiverem em desacordo com este Edital e/ou com a folha de respostas, tais como marcação rasurada ou emendada e/ou campo de marcação não-preenchido integralmente.

7.30. Não será permitido que as marcações na folha de respostas sejam feitas por outras pessoas, salvo em caso de candidato que tenha solicitado condição especial para esse fim. Nesse caso, se necessário, o candidato será acompanhado por um agente da FUNIVERSA devidamente treinado.

7.31. Os itens das provas objetivas avaliarão habilidades mentais que vão além do mero conhecimento memorizado, abrangendo compreensão, aplicação, análise, síntese e avaliação, valorizando a capacidade de raciocínio, tudo em conformidade com o conteúdo programático descrito no Anexo I do presente Edital.

8. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO

8.1. Todos os candidatos terão suas provas objetivas corrigidas por meio de processamento eletrônico.

8.2. A nota em cada item das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a 1,25 (um vírgula vinte e cinco) pontos, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova.

8.3. O cálculo da nota em cada prova objetiva, comum às provas de todos os candidatos, será igual à soma algébrica das notas obtidas em todos os itens que a compõem.

8.4. A nota nas provas objetivas será igual à soma das notas obtidas em cada prova.

8.5. Será eliminado do concurso público o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir:

8.5.1. obtiver nota inferior a 20% (vinte por cento) dos pontos na prova objetiva de cada Área de Conhecimento;

8.5.2. obtiver nota inferior a 50% (cinqüenta por cento) do total de pontos no conjunto das provas objetivas.

8.6. Os candidatos eliminados na forma do subitem 8.5 deste Edital não integrarão a lista de ordem classificatória elaborada para os candidatos não eliminados do processo seletivo público.

8.7. Os candidatos não incluídos no subitem anterior serão ordenados por cargo.

8.8. Todos os cálculos citados neste Edital serão considerados até a segunda casa decimal, arredondando-se para cima, se o algarismo da terceira casa decimal for igual ou superior a cinco.

9. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

9.1. Em caso de empate na nota final no processo seletivo público, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem:

a) obtiver maior nota na prova objetiva de Conhecimentos Específicos;

b) obtiver maior número de acertos na prova objetiva de Língua Portuguesa;

c) obtiver maior número de acertos na prova objetiva de Matemática;

d) o candidato mais idoso.

9.2. Persistindo o empate, terá preferência o candidato já pertencente ao serviço público federal e, persistindo a igualdade, aquele que contar com o maior tempo de serviço público federal.

9.3. Se houver empate entre os candidatos não pertencentes ao serviço público federal, decidir-se-á em favor do mais idoso.

9.4. Persistindo o empate, a escolha será feita a partir da realização de sorteio por Comissão da FUNAI, especialmente designada para esse fim, com convite à presença dos candidatos empatados, que definirá o escolhido.

10. DOS RECURSOS

10.1. Será admitido recurso quanto ao gabarito oficial preliminar das provas objetivas do Concurso Público. Os recursos poderão ser interpostos no prazo máximo de 2 (dois) dias úteis, contados a partir do dia subseqüente ao da divulgação do gabarito oficial preliminar ou da data de divulgação dos resultados de cada fase.

10.2. Os recursos que não se refiram especificamente ao evento aprazado não serão apreciados.

10.3. O recurso deverá ser individual, devidamente fundamentado, estar digitado ou datilografado e conter as seguintes informações essenciais: nome do Concurso Público, nome do candidato, número de inscrição, cargo a que está concorrendo, endereço, telefone para contato e questionamento.

10.4. O recurso deverá ser endereçado a FUNDAÇÃO UNIVERSA e entregue pessoalmente no seguinte endereço: SCLN 116 Bloco G Salas 215 a 217 - Ed. Manacá - Asa Norte - Brasília - DF - CEP 70773-570, no horário das 9 horas às 17 horas.

10.5. Admitir-se-á um único recurso por candidato, que deverá entregá-lo expondo suas razões insurgindo-se contra cada ponto específico que está recorrendo.

10.6. O candidato deverá entregar o recurso em duas vias.

10.7. Recursos interpostos em desacordo com as especificações contidas neste capítulo, fora do prazo estabelecido e que não apresentarem fundamentação lógica e consistente não serão apreciados.

10.8. Não serão aceitos recursos interpostos por fac-símile, telex, telegrama, Internet, via postal ou outro meio que não seja o estabelecido no item 10.5 acima.

10.9. A interposição dos recursos não obsta o regular andamento do cronograma do Concurso Público.

10.10. A pontuação relativa à questão eventualmente anulada será atribuída a todos os candidatos.

10.11. Caso haja procedência de recurso interposto dentro das especificações, poderá, eventualmente alterar a classificação inicial obtida pelo candidato para uma classificação superior ou inferior ou ainda poderá ocorrer à desclassificação do candidato que não obtiver nota mínima exigida para aprovação.

10.12. Após a análise de todos os recursos interpostos, será divulgado o gabarito oficial definitivo, quando poderá, eventualmente alterar a classificação inicialmente obtida pelos candidatos, contra o qual não caberá mais recurso.

10.13. Depois de julgados todos os recursos apresentados, o resultado final do Concurso Público, com as alterações ocorridas em face do disposto no item 10.11 acima.

10.14. A banca examinadora constitui última instância para recurso, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

10.15. Não serão conhecidos os recursos extemporâneos e os que não atendam as exigências do subitem 10.4 ou fora de qualquer uma das especificações estabelecidas neste Edital ou em outros Editais que vierem a ser publicados.

10.16. Serão conhecidos, mas indeferidos os recursos inconsistentes, sem fundamentação, ou que expresse mero inconformismo do candidato.

10.17. Em nenhuma hipótese serão aceitos pedidos de revisão de recursos, recursos de recursos e/ou recurso de gabarito oficial definitivo.

10.18. A aprovação no Concurso Público não gera direito à nomeação, mas esta, quando se fizer, respeitará a ordem de classificação final.

10.19. A inexatidão das afirmativas e/ou irregularidades dos documentos apresentados, mesmo que verificadas a qualquer tempo, em especial na ocasião da nomeação, acarretarão a nulidade da inscrição e desqualificação do candidato, com todas as suas decorrências, sem prejuízo de medidas de ordem administrativa, civil e criminal.

10.20. Caberá à FUNAI a homologação dos resultados finais do Concurso Público.

10.21. Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos enquanto não consumada a providência ou evento que lhe disser respeito, até a data da convocação dos candidatos para a prova correspondente, circunstância que será mencionada em Edital a ser publicado.

10.22. Os casos omissos serão resolvidos conjuntamente pela Comissão do Processo Seletivo da FUNAI e pela FUNIVERSA, no que tange a realização deste Concurso Público.

10.23. Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão afixados nos quadros de avisos da FUNIVERSA e da FUNAI e divulgados na Internet, no endereço eletrônico http://www.funiversa.org.br, no dia subseqüente ao de realização das provas.

11. DA RELAÇÃO DE APROVADOS

11.1. Farão parte da Relação de Aprovados, os candidatos que não foram eliminados em conformidade com o estabelecido item 8.5 e estiveram dentro do número de vagas previstas neste edital.

11.2. A nomeação dos candidatos obedecerá rigorosamente à ordem de classificação final publicada no Diário Oficial da União. As convocações para a realização da etapa de comprovação de requisitos dar-se-ão de acordo com as necessidades de preenchimento de vagas.

11.3. O prazo de validade do concurso será de um ano a contar da data de publicação do Edital de homologação do resultado final do Concurso Público, podendo vir a ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da FUNAI.

12. DA COMPROVAÇÃO DE REQUISITOS

12.1. Os candidatos convocados para a comprovação de requisitos deverão se apresentar, até o momento da posse, pessoalmente, munidos de documento de identidade original e cópia do comprovante de escolaridade, além de cópia dos demais documentos que comprovem o atendimento aos requisitos exigidos, listados nos itens 2 e 4 deste Edital.

12.2. Quando solicitado, o candidato deve apresentar os seguintes documentos, em original e cópia:

a) documento de identidade;

b) título de eleitor;

c) CPF;

d) certidão de nascimento ou de casamento e certidão de nascimento dos dependentes, se for o caso;

e) comprovante de registro pagamento da anuidade do órgão de classe para os cargos de Engenheiro (CREA - Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura), Contador (CRC - Conselho Regional de Contabilidade), Geógrafo (CREA - Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) e Administrador (Conselho Regional de Administração);

f) PIS/PASEP (se não for o primeiro emprego);

g) foto 3x4.

12.3. Não serão aceitos protocolos dos documentos exigidos.

12.4. A não apresentação dos documentos listados no item 12.2 implica a eliminação automática do candidato da Relação de Aprovados.

12.5. A nomeação na FUNAI está condicionada ao atendimento aos requisitos da Lei 8.112/90 e suas alterações.

13. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

13.1. Os candidatos poderão obter informações referentes ao Concurso Público na FUNDAÇÃO UNIVERSA, localizada no SCLN 116 Bloco G Salas 215 a 217 - Ed. Manacá - Asa Norte - Brasília - DF - CEP 70773-570, por meio dos telefones (61) 3963-4716 / 3963-4717 / 3963-4718 e por meio da Internet, no endereço eletrônico http://www.funiversa.org.br.

13.2. A inscrição do candidato implicará a aceitação das normas para o Concurso Público contidas nos comunicados, neste Edital e em outros a serem publicados.

13.3 É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar a publicação de todos os atos, editais e comunicados referentes a este processo seletivo público no Diário Oficial da União, os quais também serão afixados nos quadros de avisos da FUNIVERSA, e divulgados na Internet, no endereço eletrônico http://www.funiversa.org.br.

13.4. A aprovação e a classificação final geram, para o candidato, apenas a expectativa de direito à nomeação. A FUNAI reserva-se o direito de proceder às nomeações, em número que atenda ao interesse e às necessidades do serviço, dentro do prazo de validade do Concurso Público.

13.5. O candidato convocado para a realização de qualquer etapa do Concurso Público e que não atendê-la no prazo estipulado pela FUNAI será considerado desistente, sendo automaticamente excluído da Relação de Aprovados.

13.6. Todas as despesas decorrentes da participação em qualquer fase do Concurso Público serão de inteira responsabilidade do candidato.

13.7. Os resultados finais nas provas objetivas serão publicados no Diário Oficial da União, afixados nos quadros de avisos da FUNIVERSA, e divulgados na Internet, no endereço eletrônico http://www.funiversa.org.br, após apreciação de recursos.

13.8. O resultado final do concurso público será homologado e publicado no Diário Oficial da União, afixado nos quadros de avisos da FUNIVERSA, no endereço citado no subitem anterior, e divulgado na Internet, no endereço eletrônico http://www.funiversa.org.br.

13.9. O candidato deverá manter atualizado seu endereço na FUNIVERSA até a publicação da homologação do concurso público. Após esta data, deverá comunicar à FUNAI qualquer alteração de endereço, enviando correspondência, via SEDEX ou A.R. (Aviso de Recebimento).

13.10. São de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos decorrentes da não atualização de seu endereço ou do extravio da correspondência.

13.11. Os casos omissos serão resolvidos pela FUNIVERSA em conjunto com a FUNAI.

13.12. Legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste Edital, bem como alterações em dispositivos legais e normativos a ele posteriores, não serão objetos de avaliação nas provas do Concurso Público.

13.13. Não será fornecido pela FUNAI nem pela FUNIVERSA qualquer documento comprobatório da classificação do candidato no Concurso Público, valendo para esse fim a homologação publicada no Diário Oficial da União.

Brasília-DF, 19 de maio de 2004.

MÉRCIO PEREIRA GOMES

ANEXO 1 - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ÁREAS DE CONHECIMENTO

CONHECIMENTOS BÁSICOS PARA TODOS OS CARGOS

LÍNGUA PORTUGUESA

1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia oficial. 4. Acentuação gráfica. 5. Emprego das classes de palavras. 6. Emprego do sinal indicativo de crase. 7. Sintaxe da oração e do período. 8. Pontuação. 9. Concordância nominal e verbal. 10. Regência nominal e verbal. 11. Significação das palavras. 12. Redação e correspondências oficiais.

MATEMÁTICA

1. Noções de lógica: proposições, conectivos, negação de proposições compostas. 2. Conjuntos: caracterização, pertinência, inclusão, igualdade. 3. Operações: união, interseção, diferença e produto cartesiano. 4. Composição de funções. 5. Função inversa. Principais funções elementares: 1o grau, 2o grau, exponencial e logarítmica. 6. Médias aritméticas e geométricas. 7. Progressões aritméticas e geométricas. 8. Analise combinatória. 9.Trigonometria. 10. Geometria. 11. Matrizes e Determinantes. 12. Regra de três simples e composta. 13. Juros e porcentagem. 14. Matemática Comercial e Financeira.

ATUALIDADES

Domínio de tópicos atuais e relevantes das áreas abaixo e suas vinculações históricas: 1. Política; 2. Econômica; 3. Sociedade; 4. Educação; 5. Tecnologia; 6. Energia; 7. Relações internacionais; 8. Meio ambiente e desenvolvimento sustentável; 9. Segurança; 10. Saúde; 11. Arte e literatura; 12. Questões indígenas no Brasil.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA

1. Conceito de Internet e Intranet. 2. Navegadores. 3. Correio eletrônico. 4. Principais aplicativos comerciais para edição de textos, planilhas e apresentações. 5. Noções do ambiente Windows. 6. Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática: tipos de computadores, conceitos de hardware e de software. 7. Procedimentos, aplicativos e dispositivos para armazenamento de dados e para realização de cópia de segurança (backup). 8. Conceitos de organização e de gerenciamento de arquivos, pastos e programas, instalação de periféricos.

CONCEITOS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E LEGISLAÇÃO RELACIONADA A FUNAI

1. Conceitos gerais de Administração Pública. 2. Artigos 116 ao 182 da Lei 8.112, de 11/12/1990 e suas alterações. 3. Artigos 231 e 231 da Constituição Federal. 4. Lei 5.371, de 5/12/1967 - Lei de criação da FUNAI. 5. Lei 6.001, de 19/12/1973 - Estatuto do Índio. 6. Decreto 1.171, de 22/06/1994 - Código de Ética do Servidor Público.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS POR ÁREA DE ATUAÇÃO

CARGO: PROGRAMADOR EDUCACIONAL

1. Educação no mundo contemporâneo: desafios, compromissos e tendências. 2. Educação escolar e qualidade de ensino: diretrizes e fundamentos legais para a educação básica, educação de jovens e adultos, educação profissional, educação especial e educação indígena. Proposta educacional e pedagógica da escola: expressão das demandas sociais, das características multiculturais e das expectativas dos alunos. Novas alternativas de gestão escolar: gestão compartilhada e integradora da atuação dos colegiados, das instituições escolares e da comunidade. Desenvolvimento curricular. Pedagogias diferenciadas. Formação profissional. Ação supervisora: a contribuição da supervisão para o desenvolvimento profissional dos educadores.

CARGO: ENGENHEIRO

1. Administração agrícola. Organização e operação das atividades agrícolas. Planejamento e desenvolvimento das atividades agrícolas. 2. Edafologia. Gênese, morfologia e classificação de solos. Capacidade de uso de conservação de solos. Fertilidade de solos, fertilizantes e corretivos. Microbiologia de solos. 3. Fitotecnia e ecologia agrícola. Recursos naturais renováveis. Grandes culturas anuais e perenes. Horticultura. Fruticultura. Recursos naturais renováveis. Desenvolvimento agrícola sustentado. Sistemas agrossilvopastoris. 4. Fitossanidade. Fitopatologia. 5. Mecanização agrícola. Máquinas e implementos agrícolas. 6. Irrigação e drenagem para fins agrícolas. 7. Geoprocessamento. 8. Geoposicionamento. 9. Cartografia. 10. Construções e energia rural. Construções rurais e suas instalações complementares. Fontes de energia nas atividades agropecuárias. 11. Sociologia e desenvolvimento rural. Extensão rural. 12. Zootecnia. Produção animal. 13. Estrutura fundiária no Brasil. 14. Avaliação dos imóveis rurais. 15. topografia - levantamentos planialtimétricos. 16. Geodésia geométrica. Conceitos introdutórios. Geometria do elipsóide. Cálculo direto e inverso. Sistema de referência em uso e usados no Brasil. Sistemas geocêntricos de referência. Tipos de coordenadas e conversões. Geodésia tridimensional. Altitudes. 17. Ajustamento de observações. Classificação dos erros. Sistema de equações lineares. Ajustamento e observações diretas. Elipse dos erros. Atualização cartográfica por sensoriamento remoto. 18. Cartografia automatizada. 19. Conceitos Básicos. Geodésia e cartografia. Sistema de projeção cartográfica. Cartografia digital. Sensoriamento remoto e fotogrametria. Modelagem digital do terreno. Banco de dados e ferramentas de geoprocessamento. Processamento digital de imagens. Posicionamento geodésico e reambulação. Banco de dados. 20. Conceitos específicos. Levantamento aerofotogramétrico. Processos de produção cartográfica digital (levantamento/aquisição de dados, compilação cartográfica, editoração cartográfica e geração de originais por reprodução eletrônica). 21. Sistemas de geoinformações. 22. Cadastro georeferenciado.

CARGO: GEÓGRAFO

1. Geodésia geométrica. Conceitos introdutórios. Geometria do elipsóide. Cálculo direto e inverso. Sistema de referência em uso e usados no Brasil. Sistemas geocêntricos de referência. Tipos de coordenadas e conversões. Geodésia tridimensional. Altitudes. 2. Ajustamento de observações. Classificação dos erros. Sistema de equações lineares. Ajustamento e observações diretas. Elipse dos erros. Atualização cartográfica por sensoriamento remoto. 3. Cartografia automatizada. 4. Conceitos Básicos. Geodésia e cartografia. Sistema de projeção cartográfica. Cartografia digital. Sensoriamento remoto e fotogrametria. Modelagem digital do terreno. Banco de dados e ferramentas de geoprocessamento. Processamento digital de imagens. Posicionamento geodésico e reambulação. Banco de dados. 5. Conceitos específicos. Levantamento aerofotogramétrico. Processos de produção cartográfica digital (levantamento/aquisição de dados, compilação cartográfica, editoração cartográfica e geração de originais por reprodução eletrônica). 6. Sistemas de geoinformações. 7. Geoprocessamento. 8. Cadastro georeferenciado. 9.Geoeconomia. 10. Regiões Administrativas da União, dos Estados, dos Territórios e dos Municípios.


UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS

Disciplina: RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Tipo de Atividade a Exercer - Nível Superior Docência Professor Adjunto

FORMA DE ADMISSÃO

REQUISITOS EXIGIDOS
Concurso DOUTORADO EM ENGENHARIA DE PESCA OU AREAS AFINS

INFORMAÇÕES COMPLEMETARES
Endereço
AV. GENERAL RODRIGO OCTAVIO JORDAO RAMOS, 3000 - CAMPUS UNIVERSITARIO MANAUS-AM 69077-000 [email protected] Telefone:(92)647-4000 Fax:644-1602
Período: 12/05/2004 a 01/06/2004 Horário: 08 as 11 e 14 as 17 h Vagas: 1 Remuneração:(R$) 3.593,00
Documentação Necessária
Requerimento de inscrição; Curriculum Vitae; Copia do Diploma de Graduação e/ou Pos; Cópia do Historico Escolar; Cópia da Cédula de Identidade; Comprovante de pagamento da Taxa de inscrição.
Informações Adicionais
URL do Edital
www.ufam.edu.br

Greenpeace Brasil busca profissional para campanha de engenharia genética
11 de Junho de 2004

O Greenpeace Brasil está contratando uma pessoa para a área de mercado da sua campanha de engenharia genética. O local de trabalho é em São Paulo e o cargo envolve desenvolvimento de ações relacionadas à temática de transgênicos para diversos públicos; identificação, construção e fortalecimento de oportunidades junto a atores do setor de agrobusiness; planejamento e execução de atividades da campanha e atividades em parceria com outras ONGs, indústrias de alimentos, varejistas e representantes do setor do agrobusiness. É necessário ter inglês fluente, experiência mínima de dois anos na área socioambiental e disposição para atuar com o público e a imprensa. Currículos com pretensão salarial devem ser enviados para [email protected], com a referência "Mercado" no assunto, até o dia 18 de junho.